quartas

A maioria de nós pensa que é pobre, ou pelo menos que não tem um tesouro, de fácil acesso, escondido em algum lugar. Mas veja só o que Jesus diz em Mateus 6.21: “Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração.” É curioso pensar que ele não diz: “Onde estiver o seu coração, aí também estará o seu tesouro.” Por que será? Talvez seja porque a pergunta “Onde está o meu tesouro?” é mais fácil de ser respondida. Tesouro é algo concreto, algo que podemos medir.  Já o coração é bem mais difícil de sondar, mais misterioso… e enganoso! Se investigarmos como gastamos nosso tempo, nosso talento e os nossos recursos, saberemos dizer o que mais valorizamos na vida. E isto vale para todas as classes sociais. Como Jesus é sábio e como esta ideia é assustadora!

Faça um inventário:

  • Tempo. Tempo é um destes tesouros que só reconhecemos quando os indicadores de que ele está acabando começam a surgir. Você já parou para pensar que todos nós temos exatamente o mesmo tempo? São 24 horas, nem mais nem menos. Tempo é um tesouro dado por Deus e é ele também quem determina o número de nossos dias. Nossa responsabilidade como adultos é escolher como empregá-lo.  Estas escolhas revelam nossas prioridades. Com o que você gasta o seu tempo?
  • Talento. É comum ouvirmos de pessoas bem intencionadas “Não sei como ajudar, eu não sei fazer nada…” Que mentira!  A mesma desculpa de Moisés diante de Deus que desconsiderou e ordenou que fosse e libertasse mais de um milhão de escravos do Egito. Onde você usa os seus talentos? Você os usa de forma sábia ou os esconde?
  • Tesouros materiais. Faça uma avaliação não do quanto você ganha mas como de fato você gasta os recursos que Deus dá, incluindo não só o dinheiro, mas também coisas que costumamos desconsiderar como espaços e recursos aos quais você tem acesso. Por exemplo: sua casa está disponível para ser usada por Deus? Você está lembrando dos limões que se perdem no limoeiro do quintal? Seu carro, sua moto, seus equipamentos, fazem parte do reino de Deus? Como você utiliza tudo isto?

Por fim, uma pergunta muito importante: Como fica a criança e o adolescente quando você considera o uso do seu tempo, talento e recursos? Ela é de fato um tesouro para você? No caso de nossos filhos, precisamos tomar muitíssimo cuidado com a qualidade de tempo que dedicamos a eles. Dos três, tempo, talento e tesouros materiais, tempo de atenção é com certeza os que as crianças mais valorizam!

 

Veja o livro "Precious in His Sight" no Amazon.

Veja o livro “Precious in His Sight” na Amazon.com

E na Bíblia? Que espaço é dedicado às crianças nas Escrituras Sagradas?

As crianças eram vistas como um grande tesouro na Bíblia, talvez seja por isto que elas estejam tão presentes nos textos. Veja:

  • A palavra criança aparece 121 vezes
  • A palavra crianças aparece  448 vezes
  • As palavras filho, filha ou filhos aparecem  2.700 vezes (não contando as referências a Jesus como o filho de Deus)
  • A palavra primogênito aparece mais de 100 vezes
  • As palavras menino, meninos, menina ou meninas aparecem 196 vezes.
  • Existem também dezenas de histórias que falam sobre crianças ou que as inclui. Reunindo tudo – a  palavra criança e as palavras relativas aos relacionamentos delas em família – as menções ocorrem 8.000 vezes.

Fonte: Roy Zuck, Precious in His Sight, pág. 13.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>