O livro

Os Cristãos e os Desafios Contemporâneos é a maior e mais abrangente obra do conhecido teólogo e escritor inglês John Stott.

Violência, direitos humanos, aborto, diversidade étnica, trabalho e desemprego, meio ambiente, casamento e divórcio, homossexualidade, globalização, entre outras, são algumas das questões sobre as quais John Stott se debruça e, com a costumeira clareza e sabedoria bíblica, responde às perguntas urgentes que os cristãos fazem todos os dias.

Com guia de estudo ao final de cada capítulo, especialmente preparado para discussão em grupo ou para reflexão individual, Os Cristãos e os Desafios Contemporâneos é uma preciosa ferramenta para a compreensão das razões e das possibilidades de envolvimento dos cristãos com as questões que tomam conta da sociedade moderna e ‘invadem’ também a igreja hoje.

concurso_ocdc_resultado

 

O maior desafio para o cristão no mundo contemporâneo é o de enfrentar o dualismo pregado por muitas igrejas e de considerar-se a si mesmo como escravo de Cristo tendo sua identidade definida por CRISTÃO.

Sorteio: http://sorteiospt.com/share/3113328b6a1b4b955b4a7015a885e542

Comentários

comentários

  1. #1 por Humberto Jr. em 4 de março de 2014 - 23:00

    Senhores, Boa noite.

    Enformo que não consta disponível para venda, onde gostaria se possível de ser enformado assim que disponibilizar.

    Com gratidão.

    • #2 por Ultimatoonline em 5 de março de 2014 - 14:31

      Caro Humberto Jr.
      Obrigado pelo seu contato. Informamos que o livro está sim disponível para venda. No entanto, está em fase de pré-venda, o que signfica dizer que o exemplar (físico) deve chegar aqui na Editora no dia 20. Na prática, você pode fazer sua compra normalmente, mas o livro será enviado a partir do dia 20.
      Abraços!

    • #3 por Eneas Norberto em 18 de março de 2014 - 11:53

      Casamento e Divórcio. Destacam-se como grandes desafios para os Cristãos na atualidade.
      Contudo saliento que temas dessa monta sempre estiveram presentes em mesas pastorais.
      Hoje o desafio se avoluma por causa flagelo da liberalidade. (Tudo posso sem nada ser)

  2. #4 por Israel Barbosa de Santana em 7 de março de 2014 - 20:57

    Fiz a assinatura de Ultimato há mais de um mês mas, até agora não recebi nenhum exemplar. Gostaria de saber algo a respeito. No amor de Cristo.

  3. #6 por leonaedo em 8 de março de 2014 - 00:06

    Vocês tem algum livro do pastor batista Russel Earl Kelly? Quero comprar os dele? Também. Quero comprar este do John stott.

    • #7 por Ultimatoonline em 10 de março de 2014 - 14:11

      Caro Leonaedo,
      Não, não temos nenhum livro do autor mencionado. Um abraço!

  4. #8 por Deivis Macedo em 9 de março de 2014 - 14:44

    Aguardando por mais uma obra do Stott.

    Obrigado equipe ULTIMATO por sempre trabalhar nas traduções e na divulgação do pensamento de Stott.
    Louvo a Deus pela vida de vocês.

  5. #9 por Antonio em 13 de março de 2014 - 14:18

    Por acaso esse livro é uma nova edição de “Ouça o Espírito, ouça o mundo”?

    • #10 por Ultimatoonline em 13 de março de 2014 - 18:18

      Não, Antonio. É outro livro mais abrangente ainda.

  6. #11 por Denício Márcio Godoy em 13 de março de 2014 - 18:15

    Creio que o maior desafio para os cristãos é ser cristão em uma sociedade pós modernismo!

  7. #12 por Breno Oliveira Perdigão em 13 de março de 2014 - 18:26

    O maior desafio para o cristão no mundo contemporâneo é o de enfrentar o dualismo pregado por muitas igrejas e de considerar-se a si mesmo como escravo de Cristo tendo sua identidade definida por CRISTÃO.

  8. #13 por Álvaro Botelho em 13 de março de 2014 - 18:30

    Acredito que o maior desafio para os cristãos em nossa contemporaneidade está na preservação de uma postura ortodoxa, capaz de refletir sobre a conjuntura pós-moderna do mundo, sustentando uma ética dialógica, plural e sensível, que sintetize a mensagem do evangelho de maneira humilde, integralizada e abrangente.
    O maior desafio para os cristão se sintetiza na demanda por uma práxis sadia e libertadora, capaz de agir sobre o pecado, amando o pecador e inscrevendo no mundo a esperança daquilo que ainda está por vir, materializando em cada ato vislumbres do reino celeste.

  9. #14 por cesar oliveira em 13 de março de 2014 - 18:34

    Nosso desafios nos dias de hoje é ser cristão como Jesus foi Cristo

  10. #15 por Wellington Gomes em 13 de março de 2014 - 18:38

    O maior desafio atualmente tem sido os próprios cristãos, as igrejs estão lotadas de gente mais fraca espiritualmente. Está faltando um avivamento genuino entres nós evangelicos, é mentira quando se fala que a igreja está tendo um avivamento, pois para isso acontecer precisa ter um arrpendimento de pecado e não é o que está acontecendo. O que vem ensinando nas igreja é um envalho fraco e pobre, onde tudo vem voltado para o eu, a sua vitória, o seu crescimento, mais pouco se fala do próximo, de se entregar pelo próximo assim como Jesus se entregou por nós.
    É triste mais a realidade é que precisamos converter primeiramente os crentes para depois começarmos o nosso trabalho no mundo!!!

  11. #16 por Vini em 13 de março de 2014 - 19:11

    O maior desafio para os cristãos é amar a Deus com toda a força e entendimento, sendo seu Reino e Justiça a prioridade.

  12. #17 por Regiane de Favari em 13 de março de 2014 - 19:26

    Nestes “últimos dias” caracterizados como pós-modernos, Satanás tenta destruir os fundamentos bíblicos e depreciar os bons costumes, a ética, a moral, antes reconhecidos pela sociedade. O que antes era tido como princípios, como a preservação do casamento, a instituição da família (pai e mãe), a honestidade, a fidelidade, o caráter, hoje é tido como algo sem valor, é depreciado pela sociedade. A banalização dos costumes, da família, do caráter, da ética e da moral se tornou práticas comuns do presente século. Prova disso são os casamentos homossexuais, agora com a aprovação até da adoção (onde já não mais pai x mãe, mais mãe x mãe, ou pai x pai), a desonestidade, a esperteza (codinome da pilantragem..) a sensualidade, meninas se tornando mulheres ainda crianças… como hoje se vê.

    Neste período do pós-moderno, satanás está envidando esforços no sentido de concretizar a integração entre a Igreja e o Mundo, entre o Reino da Luz e o reino das trevas. Para que isto aconteça ele precisa destruir a Identidade da Igreja, como sendo o povo de Deus aqui na Terra, e a Identidade de cada Crente, como sendo “filho de Deus”. Neste sentido satanás trabalha com o objetivo de introduzir o mundo, com todas suas bagagens diabólicas, no seio da Igreja, bem como de atrair a Igreja para as coisas do mundo.

    E diante disso, fundamenta-se uma sociedade centrada no homem – É o que chamamos de Antropocentrismo, ou seja, o homem colocado no centro dos conhecimentos. A sociedade pós-moderna tem como base a célebre declaração de que “o homem é a medida de todas as coisas”. Isto pressupõe a predominância da filosófica humanista que o coloca como o centro do Universo, em flagrante contraste com o ensino bíblico de que todas as coisas foram criadas para a glória de Deus (Sl 73:25; I co 10:31; 1Pe 4:11).

    O mundo lá fora, ou a sociedade dos homens, rejeitou o Teocentrismo, ou seja, Deus como o centro do Universo, e que, em torno dEle, e sob o seu comando as coisas acontecem.
    No mundo antropocentrista, predomina a força do homem e tudo gira em torno daquilo que o homem é, que o homem tem, e que o homem pode. ” É possível, mesmo na igreja local, encontrar pessoas que pregam um “evangelho” que vise satisfazer a audiência, desejosa de ter riquezas e uma vida sossegada. Títulos têm valido mais que o caráter dos obreiros, valorizando o “ter em detrimento do ser .

    A arma que o cristão deve usar nestes últimos dias, para atacar os terríveis tempos que vivemos é a “espada do Espírito”, ou seja, a Palavra de Deus. Assim como Jesus lutou contra o adversário fazendo uso desta arma, a única arma de ataque é a armadura do cristão (Ef.6:17b), também não podemos, nos dias difíceis, abrir mão de usar esta arma. Não é por outro motivo que se tenta tanto desacreditar as Escrituras ou impedir que elas estejam nas mãos, mentes e corações do povo de Deus.

    O maior desafio do Cristão hoje é não se contaminar, não se corromper, ou seja, manter sua IDENTIDADE como Cristão independente das consequências que esse posicionamento trará para sua vida.

    Sejamos vigilantes, pois satanás trabalha dia e noite para descaracterizar a Igreja, como Igreja, e fazer dela uma sociedade de homens, tendo o homem no seu centro, e, assim, fazer a Integração entre a Igreja e o Mundo, apagando as diferenças existentes entre estes dois povos. Portanto, o maior desafio enfrentado pela Igreja, nestes “últimos dias”, conhecidos como pós-modernos, é não permitir que Satanás destrua sua Identidade a qual a caracteriza como sendo uma “…Igreja gloriosa, sem mácula, sem ruga, sem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível”(Ef 5:17).

  13. #18 por Hebert Ribeiro Orrico em 13 de março de 2014 - 19:55

    A bíblia aconselha ao homem como ser cristão em todas as épocas, nos dias dos nossos antepassados e nos dias contemporâneos. Cristão de ontem e de hoje, sempre terá a maior arma contra o que se opõe a CRISTO!

  14. #19 por Júnia Marchon em 14 de março de 2014 - 13:52

    Acredito que o maior desafio de ser cristão hoje é encontrar o equilíbrio, identificar o que realmente importa e aprender de fato o que é ser simples. É não se deixar levar pelas pressões do mundo moderno e até mesmo de muitas igrejas, em torno do ter, ser, fazer e sim ser guiado pelo Espírito em todas áreas de nossas vidas.

  15. #20 por Elio Junior em 17 de março de 2014 - 12:10

    Por diversas situações, a igreja vem caindo em descrédito perante os não cristãos. Resgatar a admiração, como ocorria na igreja primitiva, na minha opinião é o maior desafio para os cristãos atualmente. Se não somos pessoas que demonstram no cotidiano a ação do Espírito Santo, como iremos esperar o resgate dos que estão perdidos?

  16. #21 por Isabel Cristina F. Costa Pinto em 18 de março de 2014 - 01:13

    Não aderir a onda do relativismo moral que impera no mundo.

  17. #22 por Marcos Ramos em 18 de março de 2014 - 01:23

    O maior desafio tem sido que, contemporaneamente, diante da realidade emergente pastores e líderes brasileiros têm sido apresentados ao fenômeno da igreja emergente, que não pode ser considerado um movimento e nem mesmo uma iniciativa denominacional; assim sendo faz-se necessário afirmar que, o que necessitamos é de algo para ser vivido, não apenas falado ou escrito. E finalmente, a última coisa de que necessitamos é de um novo grupo de reformadores orgulhosos, superprotestantes, hiperpuritanos, ultrarrestaraucionistas que digam: só nós estamos certos.

  18. #23 por Dalva Frade Duarte em 18 de março de 2014 - 01:41

    Acreditando ser a familia celula matre, entendo que a mesma seja o maior desafio para nós cristaos.
    Quando a criaçao e educaçao crista é passada/adiquirida ainda na base (familia), desafios como viloencia, aborto, divorcio, entre outros, acredito eu, são consideravelmente diminuidos.
    A familia precisa de valores e ensinamentos cristãos, mas isso se torna cada vez mais difícil quando esbarramos com questões como capitalismo, o globalização e diversificação de gêneros.
    O capitalismo tem roubado tempo entre os familiares, dando conta de muitos divorcios, crianças sem limites e outros problemas que tem destruido familias.
    A globalizaçao tem trazido aos nossos lares informaçoes incontrolaveis, como a diversificaçao de generos, que tem sido imposta a nós com uma naturalidade irreal, as ordenaças de Deus.
    Nao ha como negar que a maioria dos desafios contemporaneos se encontram dentro desta celula matre.

  19. #24 por Brenda em 18 de março de 2014 - 02:11

    Par

  20. #25 por Brenda em 18 de março de 2014 - 02:29

    Para mim o maior desafio dos cristãos atualmente é se posicionar contra a religiosidade e seguir o evangelho da verdade. A ideia de que Deus é alguém que se pode negociar bençãos, que só se preocupa com quantos dias vou na igreja e quanto eu dou de dizimo mensalmente, dominou a mente de muitos ditos “cristãos”.
    Mas ser cristão é viver conforme Cristo ordenou é segui-lo, imita-lo… é saber que se não fosse a Cruz não estaríamos aqui, hoje temos a salvação porque Ele nos justificou e lavou com seu sangue. Então o maior desafio de um cristão é viver essa verdade, entregando-se a ela todos os dias.

  21. #26 por Marcele Sousa em 18 de março de 2014 - 20:05

    O termo “homofobia” aplicado na sociedade atual está sendo um dilema para os cristãos. Porque sabemos que devemos respeitar as escolhas de cada um. Mas quando vamos explicar que não é uma escolha e sim uma influência maligna espiritual que atinge a pessoa, não há aceitação. Há escândalo e o preconceito aos cristãos. Existe defesa para interesses dos gays, mas quem defende os direitos dos cristãos se a sociedade os atacam todos os dias com tremenda loucura ?

  22. #27 por Rodomar Ricardo Ramlow em 18 de março de 2014 - 20:55

    Sem dúvida o maior desafio para nós, cristãos, atualmente é a questão da família. Mediante os ataques à família, desde questionamentos e a própria desintegração, temos visto que as igrejas e seus membros tem, quando muito, tentado reagir, mas, falta uma postura ao mesmo tempo clara e firme por um lado e, misericordiosa e tolerante por outra.

  23. #28 por Robson M. Alves em 19 de março de 2014 - 16:40

    Penso que o tema divórcio e recasamento têm se mostrado como um grande desafio para o contexto eclesiástico e social contemporâneo, embora eu reconheça o dilema do assunto ao longo dos séculos.

  24. #29 por Jaquelynas em 19 de março de 2014 - 16:42

    Para mim o maior desafio do cristão na atualidade e discernir e lidar com as “misturas” feitas de evangelho com judaísmo e secularismo em muitas comunidades e que trazem confusão as verdadeiras boas novas de graça!

  25. #30 por Eliabe Lima em 19 de março de 2014 - 18:10

    Pensar vida cristã no chão da própria vida. Viemos do desembrulhar de um presente que tem como título “cristianismo”, mas que fora enviado por “religiosos” mal intencionados na procura de poder. Nossa sociedade se baseia na desconstrução do transcendente para uma nova construção denominada niilismo. Tal ideologia traz consigo a destituição do ponto final dominado por Deus, causando a desesperança de uma sociedade pós-cristã. O desafio para nós cristãos é o reconstruir das ruínas da religião o cristianismo autêntico e que traz transformação social e esperança transcendente final, por uma vida cristã que sabe viver o cotidiano em pleno acordo com o eterno.

  26. #31 por Adriel Alves em 20 de março de 2014 - 02:11

    O maior desafio para os cristãos contemporâneos é o Relativismo. A relativização da verdade no contexto pós-moderno, tornou todas as verdades certas em nome de uma falsas tolerâncias entre cosmovisões e estilos de vida conflitantes. Todas as verdades devem ser “aceitas”, pois não há mais uma verdade absoluta e consequentemente também não há mais valores morais absolutos, portanto “tudo” é permitido (desde que não infrinja as leis de tal país, ou não).
    Contraditoriamente, os valores cristãos estão cada vez mais sendo desconstruídos nas sociedades historicamente cristãs. Nesse admirável mundo novo e amoral, os cristãos tem sido cada vez mais colocados contra a parede, onde suas liberdades de ideias como cristãos estão sendo cada vez mais tolhidas de forma sutil e cruel, a fim de que o cristianismo genuíno e cristocêntrico seja substituído aos poucos por um “cristianismo” humanista e imoral se adequando as novas ideias desse novo mundo. Nesse contexto, os jovens e até mesmo as crianças são os alvos principais, sendo o jovem cristão o mais bombardeado pelo relativismo especialmente pela mídia e dentro das universidades.

  27. #32 por Willian Santos Aleixo em 20 de março de 2014 - 02:38

    Creio que o maior desafio para nós cristãos atualmente é trazer de volta a bíblia para o centro da igreja. Falta de arrependimento genuíno nos cristãos é decorrente da descentralização da palavra de Deus na igreja e no viver do cristão. Uma igreja que não leva a sério o evangelho e as palavras de Cristo e que, portanto não não vive,não ama e nem sofre por seguir a palavra. Essa igreja não será relevante para o seu tempo e nem luz para o mundo.

    • #33 por Willian Santos Aleixo em 20 de março de 2014 - 02:42

      Minha resposta foi enviada 19 de março às 23:38 e não 20 de março às 2:38. Olha a verdade hein…rsrs

  28. #34 por João em 20 de março de 2014 - 21:04

    O maior desafio para os cristãos da atualidade é saber definir o que é realmente ser cristão, pois muitos igrejas e líderes hoje nos apresentam tantas “fórmulas” para ser um crente (usa-se pouco o termo cristão) que é difícil saber o certo.

  29. #35 por Josue em 26 de março de 2014 - 19:17

    O maior desafio para nós como igreja é “fazer discípulos de todas as etnias”, começando por Jerusalém e ate aos confins da terra.

    Fazer discípulos não com base em um programa tipo G12 ou MDA ou Igreja com Proposito, mas fazer discípulos à luz da Bíblia e gerar “discípulos que sejam : discípulos-discipuladores-restauradores-equipadores, o resto é invenção nossa.

  30. #36 por Vanessa em 27 de março de 2014 - 22:52

    O maior desafio para o cristão é praticar a Palavra de Deus num mundo complicado como o nosso, repleto de egoísmo, intolerância, violência, relativismo, da ideia de que a igreja é uma empresa e de que Deus tem de nos abençoar (é nosso servo) se fizermos “nossa parte”… não é fácil ser cristão hoje – mas vale a pena!!!

  31. #37 por Nascimento em 13 de abril de 2016 - 03:14

    Sou Bíblista de carteira! Para mim, o que acontece é que; o ” o povo de Deus ” que se encontram dentro do espaço físico local, deixaram de amar a verdade de Cristo em sua essência. Rudimentos mundanos e profanos minaram nossas Igrejas, baluarte e firmeza da verdade. Infelismente, homens que no começo de suas fés, eram uma benção nas mãos de Deus, descendência de Abraão mesmo, da fé, porém, hoje estão conrrunpidos seus entedimentos e se apartaram da simplicidade que há em cristo Jesus nosso Senhor e Salvador. Muitos verbalizam seus discursos fabulosos, camuflados com uma falsa piedade, porém, negando sua eficácia. É irmãos, são sinais do fim dos tempos, a escatologia bíblica nunca esteve tão perto de tudo se cumprir. O desafio é um verdadeiro arrependimento de coração, para receber de Deus o seu perdão. Que por sinal essa palavra já sumiu do dicionário de muitos. Creio que Só vestimentas de pano de saco resolve. Entende? Preparem-se para o encontro com o noivo Igreja amada!

  32. #38 por francisco o amado em 12 de maio de 2016 - 09:07

    o Cristao leva o seu testemunho onde quer que for muito mias o seu local de trabalho onde passa muitas horas e muitos dias semanas meses e anos e onde tem muita gente que precisa se espelhar neste testemunho. nossa dedicaçao humildade obediencia e respeito em fim o nosso caracter é essencial na profissao que exercemos

(não será publicado)