Segundo o site http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/204387 o “Auto é uma peça de teatro curta comumente em um ato (auto), cujo assunto pode ser religioso ou profano, sério ou cômico. Os autos tinham a finalidade de divertir, de moralizar ou difundir a fé cristã. No Brasil eram apresentados, na maioria das vezes, ao ar livre – em alguns, tinha a selva por cenário; noutros, ao estilo do teatro medieval, nos átrios das pequenas igrejas. O auto teve sua origem na península Ibérica (Espanha/Portugal) e foi muito utilizado na Idade Média. O mais antigo é o auto de ‘Los Reyes Magos’, escrito talvez no século XIII (…) O auto, no Brasil, foi cultivado pelo Padre José de Anchieta em seu trabalho de catequese. Modernamente, Ariano Suasuna nos deu o já popular ‘Auto da Compadecida’. O poeta modernista Joaquim Cardozo escreveu um belo auto de Natal, ‘De uma Noite de Festa’”.

O Auto de Natal que a Igreja Presbiteriana do Lago Norte produziu é da autoria da Janice Gennari, quem também o dirige. Como os autos normalmente se utilizam da linguagem do povo – uma opereta popular – o nosso tem por nome “Santa Folia”, uma folia de reis composta por mim e gravada originalmente no CD Mata do Tumbá.

Na peça, a personagem principal está extasiada diante de uma obra de arte. As cores e formas daquele quadro revelam sua angústia existencial. Nesse êxtase, os personagens vão saindo da moldura, um a um, e dialogando com aquela que contempla o quadro. O assunto, aos poucos, é dirigido para as questões que atormentam a personagem e aponta para aquele que pode realizar a cura da angústia humana por meio de um verdadeiro encontro, o Filho de Deus. Diálogo que convergem para o nascimento de Jesus.

Essa é a quarta peça de Natal produzida pela IPLN. O processo de criação envolve muitas pessoas, de crianças a adultos. As músicas são de autoria dos próprios membros da igreja, assim como a criação do cenário, dos figurinos, os músicos, os técnicos de som e iluminação, os apoiadores etc. É sempre um projeto que marca muito a todos os participantes. Obviamente, um trabalho que exige envolvimento, e que, por isso, a cada ano é construído com mais dificuldades.

Deixo aqui minha palavra de gratidão a todos os participantes desse auto de Natal. De maneira especial, o reconhecimento pelo trabalho do Ministério de Música e Artes da IPLN, na pessoa da Janice Gennari, que coordena todo o projeto com extrema dedicação.

Que Deus seja louvado nessa Santa Folia. Que sejamos despertados a louvar a Jesus nesse Natal, numa época onde cada vez mais se exalta a cultura do consumismo e da generosidade maquiada. Adoraremos a Jesus!

  1. Gostaria de saber se é possivel a disponibilização dessa peça, sou líder do minstério de teatro da minha igreja e estou a procura de uma peça para esse ano, passando por aqui o título me chamou a atenção. Desde já, grato !!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>