[Por Zenilda Lua]

 

Ele tinha perfil de poeta

sua santidade é única e completa

instruía incultos, curava doente

alimentava famintos

generosamente…

 

Falava de amor sem titubear

gostava de vinho, de festa, de mar

sentou com os pobres

defendeu mulher

ressuscitou um morto

propagou a fé

 

Eloquente e célere

Repetia destemido:

“Venham a mim todos os que estão cansados e oprimidos.

Darei-lhes descanso. Meu jugo é suave e coração é manso”.

 

Caminho, verdade, vida e luz

Eterno, exclusivo e amado Jesus!
 

Zenilda Lua, nascida em Patos (PB), reside atualmente em São José dos Campos(SP). Atua como Assistente Social, escreveu livros de poemas e é mãe de Brisa.

 

Leia mais: 

» Ressurreição é muito mais do que sobrevida!

» Crucificar o eu

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>