De todas as enchentes em que naufraguei, é da força contrária à correnteza que me lembro.   De todas as pedras que me fizeram tropeçar, é da harmonia retomada pelos passos que me lembro.   De todos os pecados que cometi, é da jangada da graça que me lembro.   De todas as frustrações que […]

Read More →

O chão é minha casa O vão mistura luzes e trevas Do horizonte, do coração, da alma A metamorfose da vida Está nos olhos, nas mãos, no corpo Mas nas raízes obscuras nasce * Na minha terra, sou Sou quem minha terra é Simbiose de ser Na minha terra onde As palmeiras são poesia E […]

Read More →