O profeta Jonas: Convite e fuga

CONVITE E FUGA

 

Texto básico:  Jonas 1.1-6

Textos de apoio:  Naum 3.1-4, 19;  |  Isaías 7.17;  |  Oseias 9.3; 10.6, 7

 

Introdução

Por que às vezes não conseguimos sentir, nos preocupar, amar?

Freqüentemente, a insensibilidade é fruto do nosso afastamento de Deus e da missão. O naufrágio espiritual está ligado à resistência em obedecer, em conhecer mais o caráter de Deus, em construir com Ele os projetos novos que desafiam nossa visão de nós mesmos, do mundo, das pessoas e do reino de Deus.

Quão cegos é possível nos tornarmos por causa de nossas defesas psicológicas, sem admitir nossas nínives interiores, nossas crises existenciais, nossos abismos, que nos distanciam dos outros e de Deus! Construímos muros de indiferença, que nos tornam quase impenetráveis; quase, porque Deus não desiste de nós. Se preciso for, usará tempestades, abismos, mestres, monstro marinho ou vento oriental para nos sacudir, nos ensinar, nos redirecionar e nos convencer a obedecer e a amar. Essa é a sua misericórdia em ação.

Para entender o que a Bíblia fala

1. Qual o chamado de Deus ao profeta Jonas? (1.1-2)

2. Como Jonas recebe este chamado e qual é a sua reação? (1.3)

3. Qual a ação de Deus ante a fuga do profeta? (1.4)

4. Que diferenças podem ser observadas entre a atitude de Jonas e a dos marinheiros em meio à grande tempestade? (1.5-6)

Para conversar

A missão de Jonas colocará em xeque muito do seu espírito nacionalista exacerbado, seu temperamento destemperado e sua visão distorcida das ações de Deus para com os gentios. Por isso ele vê a fuga como única saída e a cidade de Társis como ótima opção. Ao sul da Espanha, o fim do mundo de então lhe dará a impressão de que estará longe de Deus e de seu equivocado chamado.

O maior medo do profeta é que a misericórdia de Deus seja acionada ao menor sinal de arrependimento de Nínive, podendo a Assíria vir a tornar-se carrasco de Israel (Is 7.17;  Os 9.3; 10.6-7. Então ele mergulha não no cumprimento de sua missão, e sim na fuga. Mas Deus não desiste do profeta desistente. A grande tempestade faz parte do seu plano para resgatá-lo em sua fuga.

Tendo descido a Jope e tomado um navio para Társis, agora Jonas desce um pouco mais: vai para o porão do navio e dorme o sono da fuga. Não quer enxergar as conseqüências de sua desobediência nem sua responsabilidade sobre os fatos. Desconsidera as perdas que provocou às pessoas ao seu redor. Não ouve as trovoadas nem a explosão das ondas, assim como fecha os ouvidos espirituais ao clamor da alma humana. Não ora ao único Deus, criador dos céus e dos mares, que os pode salvar. Apenas dorme. (A Septuaginta, tradução do Antigo Testamento para o grego, traduz como “ronca profundamente”.)

Então Deus usa o mestre do navio para questionar o profeta a respeito de seu estado letárgico. Neste momento, o gentio crê mais firmemente do que o próprio profeta de Deus e o chama a uma atitude espiritual de oração.

Para pensar

1. O mergulho na missão envolve três aspectos comprometedores de toda a nossa vida: a missão precisa ser forjada pela reflexão de nossas mentes, mediada pelos nossos corações e, finalmente, executada pelo labor de nossas mãos.

2. “Temos dificuldade de tirar a cera, a máscara. Com isso, não conhecemos e não somos conhecidos. Chegamos ao ponto de chamar a pessoa que se senta ao nosso lado, no culto, de “amado irmão” porque não sabemos o seu nome! Como pode ser amado, se não sabemos nada sobre ele? Sequer o nome? Só se for um amor light: baixos teores. Ou diet: sem compromissos. Ou cool: superdivertido.” (AMORESE, Rubem. Icabode. p. 145.)

Para responder

1. O chamado de Jonas, a princípio, foi um chamado para realizar algo. Porém, ele precisava compreender que o seu principal chamado não era para realizar, mas para ser. Quais os sentimentos e pensamentos que lhe ocorrem quando se apercebe do chamado de Deus para ser a pessoa que Ele quer que você seja?

2. Você se lembra de alguma situação em que você tenha sido tentado a fugir para não ter que cumprir o que sabia ser necessário?

3. Os seus relacionamentos pessoais e o labor de suas mãos expressam compromisso com a missão?

4. Existe algo dentro de você prejudicando a sua relação com Deus e com os outros? Que atitudes você precisa tomar em relação a essa circunstância?

Desafio

Confesse a Deus as suas fugas e desobediências e peça-lhe que o ajude a assumir a sua missão.

Estudo bíblico publicado originalmente em Mergulho no Ser – Estudos Bíblicos, de Soraya Cavalcanti e Sonia Barreto

Print Friendly, PDF & Email

20 Comentários para “O profeta Jonas: Convite e fuga”

  1. Elizamar silva de lima 7 de junho de 2014 at 21:08 #

    gostaria muito de parabenizar pelos estudos amo estudar a bíblia , porém é através da Palavra de Deus que crescemos espiritualmente. Gostaria de receber em meu e-mail os estudos se assim fossem possível. Graça e paz.
    Eliza

    • Marcos Bontempo 9 de junho de 2014 at 9:23 #

      Oi Eliza,
      Obrigado pelo seu comentário. Por enquanto, não temos como enviar os estudos bíblicos por e-mail. A cada semana temos novos estudos e você pode encontrá-los por assunto-tema. Por falar nisso, na próxima semana vamos alcançar a marca dos 100 estudos bíblicos publicados. Fique à vontade. Fraternalmente, Marcos.

  2. Geasy Moreira Santana 5 de janeiro de 2015 at 14:21 #

    Estava procurando um estudo sobre Jonas, tem uma história maravilhosa. pude ler e aprendi muito. parabéns. DEUS abençoe.

  3. Zelina Miranda Pinheiro 20 de fevereiro de 2015 at 0:46 #

    Para mim, foi muito proveitoso esse estudo bíblico sobre Jonas, ampliou meus conhecimentos. Agradeço a Deus pela vida de vocês que se preocupam em nos ensinar a Palavra de Deus. Parabéns! Que Deus continue lhes abençoando.

  4. Dalva Helena Rangel Lima 14 de agosto de 2015 at 23:14 #

    Maravilhoso o que Deus, na sua soberania, faz na vida do homem que Ele quer usar!!

  5. Valmiro Augusto Ribeiro 10 de outubro de 2015 at 9:24 #

    Abençoador, cada estudo nos permite uma visão mais profunda de Deus.
    Obrigado por compartilhar conosco essas maravilhas.

  6. waulina lemos 17 de outubro de 2015 at 21:43 #

    agradeso a deus por vceis mim encinar

  7. waulina lemos 17 de outubro de 2015 at 21:43 #

    obrigadoa prendil muito

  8. Tarcisio berto 17 de novembro de 2015 at 12:35 #

    Gostei do estudo de Jonas tirei duvidas e importante para o nosso crescimento espiritual

  9. sedrone bezerra da silva 28 de março de 2016 at 10:18 #

    ha algum tempo venho pesquisando sobre jonas e muito me satisfez esse estudo, pois me identifico bastante com esse profeta.

    • VAGNER SOUZA 27 de dezembro de 2019 at 13:22 #

      ESTUDO RICO,NAO PODEMOS FUGIR

  10. Tayara 7 de maio de 2016 at 2:09 #

    Estudo muito edificante. Deus vinha falando comigo sobre missão e chamado e iniciei o estudo sobre Jonas a um tempo. Mas hj esse estudo fez eu concluir e entender melhor sobre esse profeta. Deus abençoe sempre cada um.

    • Nelba Paula 23 de novembro de 2017 at 16:42 #

      Irmão vc tem algum estudo sobre missão e chamado?

  11. Presiolino Raimundo Ramos 23 de maio de 2016 at 17:36 #

    Quero parabenizar pelo estudo do profeta Jonas eu compreendi que Deus envia numa missão de fogo ai vir que o profeta não foi covarde querer fugir eu ouvir muitos que ele foi medroso mais lendo este estudo me abril o entendimento sobre o profeta a razão dele, vocês foram brilhante neste esclarecimento que muitas dúvidas me sanou dentro do contexto de Jonas o brigado continua livrando nós das falsas doutrinas.

  12. Marcelo 26 de junho de 2016 at 10:29 #

    Otimo para crescimento espiritual e me chama atencao para mc 16 15 q da para incluir no chamado

  13. Luiz Carlos Imediato Junior 14 de julho de 2016 at 9:33 #

    Muito edificante

  14. WILSON DE JESUS FIEL DOMINGOS 5 de setembro de 2017 at 8:20 #

    Foi bom esta matéria.Deu-me mas propriedades para estabilizar um sermão que venho preparando a dias.Deus seja louvado pela vossa iniciativa,pois é necessário que prossigamos em conhecer a Deus e quais são os seus planos para os seus servos.

  15. Rosenilda 8 de março de 2019 at 17:08 #

    Ótimo estudo, deixo uma reflexão​ para minha vida em relação ao meu chamado. Muito edificante.

  16. Paulo chicuave 20 de novembro de 2019 at 6:12 #

    Obrigado pelo estudo gostaria de receber os estudos se possivel

    • Ultimatoonline 4 de dezembro de 2019 at 9:40 #

      Paulo, você pode ter acesso a diversos estudos bíblicos clicando aqui.

Deixe um comentário