Arquivo | julho, 2016

Semelhança com Cristo – um molde pra chamar de seu

ESTUDO 2 – Série Livros – “O Discípulo Radical”, John Stott

Deus quer que o seu povo se torne como Cristo, pois semelhança com Cristo é a vontade de Deus para o povo de Deus” (p. 23). O que significa ser mais parecido com Jesus?
Em que áreas da minha vida ainda é perceptível uma distância entre o que eu digo e o que eu faço? Como a sociedade em geral (no seu bairro, na sua cidade) avaliaria a sua igreja em termos de coerência e autenticidade?

Continue lendo

Maturidade – Abandonando a infância espiritual

ESTUDO 3 – Série Livros – “O Discípulo Radical”, John Stott

Um dos grandes desafios enfrentados pelo cristianismo atual tem a ver com os “muitos ‘Cristos’ sendo oferecidos nas religiões comerciais do mundo. Cristos distorcidos, caricaturas do Jesus autêntico”. Como a nossa visão sobre Cristo, sendo correta ou distorcida, pode influenciar nossa busca pela maturidade cristã? Onde podemos encontrar uma visão autêntica sobre o verdadeiro Cristo? Que passos práticos e simples podemos tomar rumo a maturidade cristã?

Continue lendo

Cuidado com a criação – e Deus viu que era bom

ESTUDO 4 – Série Livros – “O Discípulo Radical”, John Stott

O cuidado com a criação, é um lembrete de que os aspectos de um discipulado radical não devem estar limitados às esferas pessoais e individuais. Como uma perspectiva correta da natureza como criação de Deus pode nos ajudar a evitar os extremos da “deificação da natureza” e da exploração inconsequente? Que atitudes práticas você e sua comunidade cristã poderiam adotar como expressão de que o nosso entendimento bíblico de missão inclui o cuidado com a criação?

Continue lendo

Simplicidade – um só Senhor

ESTUDO 5 – Série Livros – “O Discípulo Radical”, John Stott

Todos os cristãos dizem ter recebido de Jesus Cristo uma nova vida. Mas qual o estilo de vida certo? Se a vida é nova, o estilo de vida precisa ser novo também. Como Jesus desafiou seus discípulos acerca deste tema? Como eles deveriam reagir diante da posse de bens materiais? Por que a avareza representava um perigo constante? Onde deveriam depositar sua confiança?

Continue lendo

Equilíbrio – nem tão lá, nem tão cá

ESTUDO 6 – Série Livros – “O Discípulo Radical”, John Stott

Nosso comportamento e nossas atitudes são influenciadas, ou mesmo determinadas, pelas convicções que possuímos acerca de quem nós somos. Neste estudo, nossa principal preocupação é definir quem nós somos, como discípulos e discípulas de Cristo. Para John Stott, “não há no Novo Testamento um texto que apresente um registro mais variado e equilibrado do que significa ser um discípulo do que o texto do Apóstolo Pedro que vamos estudar.

Continue lendo