Fato histórico

domingo
domingo

Esse Jesus ressuscitou, e cada um de nós aqui é testemunha disso. (At 2.32)

Não foi só a visão do corpo ressuscitado que provocou uma profunda mudança de fé e vida nas mulheres da Galileia, nos apóstolos, nos primeiros cristãos e em Paulo.

Eles viram detalhes significativos, como a pedra do túmulo removida (Mc 16.4), o túmulo vazio (Lc 24.3), os lençóis de linho que envolviam o corpo de Jesus (Lc 24.12; Jo 20.5) e o lenço da cabeça separado dos lençóis (Jo 20.7).

Viram também as marcas dos cravos nos pés e nas mãos (Sl 22.16) e o lado do Senhor que havia sido aberto por um dos soldados (Jo 19.34; 20.27).

Viram ainda Jesus comer um pedaço de peixe assado (Lc 24.42-43), para provar que era ele mesmo, e não um espírito incorpóreo.

Depois os dois discípulos que o hospedaram em Emaús viram-no fazer à mesa os mesmos gestos que ele havia feito no Cenáculo de Jerusalém quatro dias antes, quando instituiu a Santa Ceia – em ambas as ocasiões, Jesus tomou o pão, abençoou-o e o partiu (Lc 22.19; 24.30).

E, por último, eles viram Jesus sendo elevado ao céu, com as mãos erguidas.

Radicalmente transformados por tudo que viram a partir do domingo da ressurreição, esse pequeno punhado de mulheres e homens revolucionou o mundo.

>> Retirado de Cuide das Raízes, Espere pelos Frutos, [Elben César]. Editora Ultimato.

Print Friendly, PDF & Email

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário