Curiosidades

Vocação Missionária

Quando se fala de “missões”, um dos problemas mais complexos, um verdadeiro quebra-cabeça para jovens que estão considerando um ministério transcultural é a questão de um chamamento missionário. Neste capítulo trataremos da necessidade e da natureza de tal chamamento, distinguiremos entre o chamamento e a direção de Deus e ainda daremos algumas sugestões de como receber este chamamento.

Primeiro, vale a pena logo advertir sobre duas posições extremas. Por um lado, alguns insistem que há um chamamento sobrenatural como o que Paulo experimentou para ir à Macedônia (At 16.9-10) e que este é o padrão para todo chamamento missionário. Geralmente se pensa em vozes, visões e acontecimentos misteriosos através dos quais Deus fala audivelmente. Outros alegam que não há nenhum tipo de chamamento exigido, já que a tarefa missionária cabe a todos os cristãos. Parecem duas posições extremamente contrárias. E para complicar mais, as duas demonstram um pouco a perspectiva bíblica, mas nenhuma a revela totalmente. Podemos desemaranhar esta questão? Mais >

10 casos de ressurreição na Bíblia…

Os milagres da Bíblia são ocasião de embaraço para algumas pessoas, mas isto é uma pena. Pois a Bíblia está repleta de relatos de milagres. Historiador sobre o século I, Robert Grant, ressalta, “é difícil achar qualquer grão não milagroso no Evangelho”. Por exemplo, dos 661 versículos que se encontram no Evangelho Segundo Marcos, 209 tratam de milagres. Há 35 milagres atribuídos a Jesus nos Evangelhos. Jesus não só pregou a chegada do reino de Deus como também a demonstrou através do ministério de cura, expulsão de demônios e outros milagres. Estes faziam parte normal do seu ministério (Mateus 4.23). Até os judeus mais hostis a Jesus reconheceram-no como operador milagroso de maravilhas e exorcista. Também Jesus deu aos seus doze discípulos a autoridade para realizar estas operações, como sinal e demonstração de que o reino estava próximo (Mateus 10.7), e fez o mesmo para com os setenta discípulos (Lucas 10.8-9). Estes sinais evidenciaram a chegada do reino e a vitória conseqüente sobre Satanás e seu poder (Mateus 11.22-28 par.)

C. S. Lewis escreveu:

a crença em Deus inclui a crença nos seus poderes sobrenaturais.

Mas o maior milagre de todos inegavelmente era a ressurreição, tanto que muitos judeus da época de Jesus entenderam que era a maior das obras apocalípticas de Deus e pôde ocasionar a conversão do maior perseguidor da igreja primitivo, o Rabino farisérrimo Saulo transformado no Apóstolo apaixonado Paulo. Havia vários casos de ressurreição na Bíblia. São dez, a saber:

No Antigo Testamento:

  • O filho da viuva (1Reis 17.17-24)
  • A mulher sunamita (2Reis 4.32-37)
  • O homem que foi encostado nos ossos de Eliseu (2Reis 13.20-21)

No Novo Testamento:

  • O filho duma viuva (Lucas 7.11-15)
  • A filha do Jairo (Lucas 8.41-42; 49-55)
  • Lázaro (João 11.1-44)
  • Muitos santos que haviam morrido, depois da morte de Jesus (Mateus 27.52)
  • Jesus (Mateus 28.1-8)
  • Tabita (Atos 9.36-43)
  • Êutico, o jovem que dormiu e morreu durante o sermãozão de Paulo! (Atos (20.9-10)

Mas a ressurreição de Jesus não era como outras que a precederam e a sucederam. Todas as outras pessoas na Bíblia (e fora dela!) que foram ressuscitadas eventualmente morreram de novo. Jesus entretanto, está vivo no Espírito, para sempre.

Ou tudo isso é um grande engano? Desde o início é isso que muitos querem crer. Até ANTES da ressurreição de Jesus havia uma preocupação por parte dos líderes religiosos de evitar uma história (falsa) de Jesus havia morrido. Por isso, mandaram guardaram bem o túmulo (Mateus 27.62-66). E quando, para a surpresa deles e apesar desta vigilância toda, Jesus ressuscitou, os mesmos líderes inventaram uma história de roubo do corpo para explicar o ocorrido (Mateus 28.11-15). Mas nada disto adiantou, porque Jesus foi VISTO VIVÍSSIMO por muitos nos dias seguintes. Sabe por quantos? 517. Todos mentirosos? Todos loucos? Todos enganados? Impossível! Veja quais eram:

  • 1 = Maria Madelena (João 20.10-18)
  • 2 = dois discípulos andando para Emaús (Lucas 24.13-31)
  • 11 = os discípulos, sem e depois com Tomás (João 20.19-24; 25-29)
  • 500 = pelo menos 500 pessoas na Galiléia (1Coríntios 15.7)
  • 1 = Tiago (1Coríntios 15.7)
  • 1 = Estevão (Atos 7.55)
  • 1 = Paulo (1Coríntios 15.8)
  • 517 total

Termino com as palavras de Paulo:

E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. E ainda mais: os que dormiram em Cristo pereceram. Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens. Mas, de fato, Cristo ressuscitou dentre os mortos, sendo ele as primícias dos que dormem. — 1Coríntios 15.17-20

Nossa fé não é vã, não permanecemos nos nossos pecados, temos a vida eterna, e somos os mais felizes de todos os homens

VERSÍCULOS PARA DEVOCIONAL:

SEGUNDA-FEIRA: João 20.10-18
TERÇA-FEIRA: Lucas 24.13-31
QUARTA-FEIRA: João 20.19-24; 25-29
QUINTA-FEIRA: 1Coríntios 15.7
SEXTA-FEIRA: Atos 7.55
SÁBADO: 1Coríntios 15.8
DOMINGO: 2Timóteo 2.8

10 visões de Deus por 82 pessoas…

extraído de The Bible Made Easy (A Bíblia facilitada), 1997

Toda boa visão parte duma visão do próprio Deus. Ninguém nunca viu Deus. Mas as Escrituras dizem que Moisés falou com Deus, face a face, “como um homem fala ao seu amigo” (Êxodo 33.11). Aqui se seguem 82 pessoas que receberam 10 visões de Deus. A visão de Jacó é provavelmente a mais famosa, e já foi tema de muitas pinturas.

  • Visão 1: a escada de Jacó

Partiu Jacó de Berseba e seguiu para Harã. Tendo chegado a certo lugar, ali passou a noite, pois já era sol-posto; tomou uma das pedras do lugar, fê-la seu travesseiro e se deitou ali mesmo para dormir. E sonhou: Eis posta na terra uma escada cujo topo atingia o céu; e os anjos de Deus subiam e desciam por ela. Perto dele estava o SENHOR e lhe disse: Eu sou o SENHOR, Deus de Abraão, teu pai, e Deus de Isaque. A terra em que agora estás deitado, eu ta darei, a ti e à tua descendência. A tua descendência será como o pó da terra; estender-te-ás para o Ocidente e para o Oriente, para o Norte e para o Sul. Em ti e na tua descendência serão abençoadas todas as famílias da terra. Eis que eu estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores, e te farei voltar a esta terra, porque te não desampararei, até cumprir eu aquilo que te hei referido. Despertado Jacó do seu sono, disse: Na verdade, o SENHOR está neste lugar, e eu não o sabia. E, temendo, disse: Quão temível é este lugar! É a Casa de Deus, a porta dos céus. (Gênesis 28.10-17)

  • Visão 2: 74 pessoas

E subiram Moisés, e Arão, e Nadabe, e Abiú, e setenta dos anciãos de Israel. E viram o Deus de Israel, sob cujos pés havia uma como pavimentação de pedra de safira, que se parecia com o céu na sua claridade. (Êxodo 24.9-10)

  • Visão 3: Moisés

Então, ele disse: Rogo-te que me mostres a tua glória. Respondeu-lhe: Farei passar toda a minha bondade diante de ti e te proclamarei o nome do SENHOR; terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia e me compadecerei de quem eu me compadecer. E acrescentou: Não me poderás ver a face, porquanto homem nenhum verá a minha face e viverá. Disse mais o SENHOR: Eis aqui um lugar junto a mim; e tu estarás sobre a penha. Quando passar a minha glória, eu te porei numa fenda da penha e com a mão te cobrirei, até que eu tenha passado. Depois, em tirando eu a mão, tu me verás pelas costas; mas a minha face não se verá. (Êxodo 33.18-23)

  • Visão 4: Micaías

Micaías prosseguiu: Ouvi, pois, a palavra do SENHOR: Vi o SENHOR assentado no seu trono, e todo o exército do céu estava à sua direita e à sua esquerda. (2Crônicas 18.18)

  • Visão 5: Isaías

No ano da morte do rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as abas de suas vestes enchiam o templo. Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas: com duas cobria o rosto, com duas cobria os seus pés e com duas voava. E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, santo, santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória. As bases do limiar se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça. Então, disse eu: ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros, habito no meio de um povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o SENHOR dos Exércitos! Então, um dos serafins voou para mim, trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; com a brasa tocou a minha boca e disse: Eis que ela tocou os teus lábios; a tua iniqüidade foi tirada, e perdoado, o teu pecado. (Isaías 6.1-7)

  • Visão 6: Ezequiel

Veio uma voz de cima do firmamento que estava sobre a sua cabeça. Parando eles, abaixavam as asas. Por cima do firmamento que estava sobre a sua cabeça, havia algo semelhante a um trono, como uma safira; sobre esta espécie de trono, estava sentada uma figura semelhante a um homem. Vi-a como metal brilhante, como fogo ao redor dela, desde os seus lombos e daí para cima; e desde os seus lombos e daí para baixo, vi-a como fogo e um resplendor ao redor dela. Como o aspecto do arco que aparece na nuvem em dia de chuva, assim era o resplendor em redor. Esta era a aparência da glória do SENHOR; vendo isto, caí com o rosto em terra e ouvi a voz de quem falava.(Ezequiel 1.25-28)

  • Visão 7: Daniel

Continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e o Ancião de Dias se assentou; sua veste era branca como a neve, e os cabelos da cabeça, como a pura lã; o seu trono eram chamas de fogo, e suas rodas eram fogo ardente. 10 Um rio de fogo manava e saía de diante dele; milhares de milhares o serviam, e miríades de miríades estavam diante dele; assentou-se o tribunal, e se abriram os livros. (Daniel 7.9-10)

  • Visão 8: Estevão

Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, fitou os olhos no céu e viu a glória de Deus e Jesus, que estava à sua direita… (Atos 7.55)

  • Visão 9: Paulo

Conheço um homem em Cristo que, há catorze anos, foi arrebatado até ao terceiro céu (se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe) (2Coríntios 12.2)

  • Visão 10: João

Imediatamente, eu me achei em espírito, e eis armado no céu um trono, e, no trono, alguém sentado; 3 e esse que se acha assentado é semelhante, no aspecto, a pedra de jaspe e de sardônio, e, ao redor do trono, há um arco-íris semelhante, no aspecto, a esmeralda. (Apocalipse 4.2-3)

Paulo, que também teve grandes visões, uma vez deu uma advertência em relação a visões. Leia este aviso em Gálatas 1.6-9.

REFLEXÃO PARA DEVOCIONAL:
1. Leia a visão indicada para o dia.
2. Pense no que esta visão diz a respeito de Deus e a Sua glória.

SEGUNDA-FEIRA: 2Crônicas 18.18
TERÇA-FEIRA: Isaías 6.1-7
QUARTA-FEIRA: Ezequiel 1.25-28
QUINTA-FEIRA: Daniel 7.9-10
SEXTA-FEIRA: Atos 7.55
SÁBADO: 2Coríntios 12.2
DOMINGO: Apocalipse 4.2-3

16 modelos de oração…

Falar com Deus é o maior privilégio que se pode ter. Também é uma pista de mão dupla porque como Pai, Deus se agrada quando Seus filhos abrem os seus corações para Ele. Quando era bem pequeno, com cerca de cinco anos, tomei os primeiros passos em direção a uma vida de oração. Toda noite, antes de dormir, eu falava que tinha que falar e sempre terminava dizendo, “E me ajude a crescer forte e sadio, Amém”. Foi então que minha carreira na sala de emergência no hospital se encerrou. É que nos meus primeiros cinco anos de vida, eu era levado tanto para a emergência que as enfermeiras e os médicos chamavam minha mãe pelo seu primeiro nome (eu era um pouquinho levado). Praticamente nunca mais adoeci, salvo um resfriado de vez em nunca. Não me lembro bem de todos os fatores que me levavam a orar, mas me lembro de um que foi marcante. Foi quando meu avô pregou um sermão simples (sempre era pastor de igrejas pequenas e rurais) sobre a oração e sem restrições, nos falou que Jesus disse que poderíamos pedir qualquer coisa em oração e, se orarmos em nome de Jesus, isto é, procurando nos afinar à sua vontade, Deus, de alguma forma nos atenderia. Com meus cinco anos ainda não havia desenvolvido um senso muito crítico, mas sabia que meu avô era homem de Deus e que eu poderia confiar na palavra dele sobre a palavra de Jesus sobre a promessa de Deus!

Embora crescesse, e estudasse, nunca me esqueci das muitas experiências de respostas de oração de lá para cá, primeiro sem muita profundidade espiritual (o trailer dos sonhos para meu pai, uma namorada para o coitado do meu irmão mais velho meio nerd, e assim vai). Hoje, os meus motivos de oração me parecem muito mais desafiadores, mas continuo crendo que Deus tanto escuta quanto me atende, mesmo do Seu jeito. Eu gostaria de sugerir alguns modelos bíblicos de oração. Apenas lembre-se que a sinceridade e a transparência são os primeiros dois pré-requisitos essenciais para a oração.

Modelos de Oração no Antigo Testamento:

  1. Oração pelos outros: Gênesis 18.16-33; Êxodo 32.1-20
  2. Orações de confissão: Salmo 32; Salmo 51; Esdras 9.5-15
  3. Uma oração de dedicação: 2 Crônicas 6.14-42
  4. Uma oração de confiança: 2 Crônicas 20.6-12
  5. Bênção: Salmo 90
  6. Cura: Isaías 38.3, 9-20
  7. Agradecimento: 1 Samuel 2.1-10; Salmo 16
  8. Confiar em Deus: Salmo 23
  9. Quando está desesperado: Salmo 73; Jonas 2.2-9

Orações de Jesus:

  1. A oração dominical: Mateus 6.9-13; Lucas 11.2-4
  2. Louvor pela revelação de Deus: Mateus 11.25-26; Lucas 10.21
  3. Quando ressuscitou Lazare: João 11.41-42
  4. Confrontando a morte: João 12.27-28
  5. Pelos seguidores: João 17
  6. No Getsêmani: Mateus 26.36-44
  7. Da cruz: Mateus 27.46; Lucas 23.34, 46

REFLEXÃO PARA DEVOCIONAL:
Leia a oração do dia e use como modelo para suas orações durante o dia.

SEGUNDA-FEIRA: Mateus 6.9-13
TERÇA-FEIRA: Mateus 11.25-26
QUARTA-FEIRA: João 11.41-42
QUINTA-FEIRA: João 12.27-28
SEXTA-FEIRA: João 17
SÁBADO: Mateus 26.36-44
DOMINGO: Lucas 23.34, 46

16 orações com os Salmos…

Orando com os Salmos

Os Salmos são excelente fonte de instrução acerca da oração e do louvor, isso, porque, é a parte da Bíblia onde o povo de Deus se dirige mais a Deus do que Deus se dirige a nós. Nesta comunicação antiga exprimida tanto pela prosa (oração) quanto pela poesia (louvor), podemos encontrar modelos fantásticos de falar com Deus e cantar para Deus. Pessoalmente eu preciso disto. Creio que nós, coletivamente como povo de Deus, também podemos aprender valiosas lições que nos aproximam de Deus e do nosso próximo.

Recomendo o recorte dos exemplos a seguir, e que cada um procure seguir o exemplo durante as suas orações. Vamos tentar fazer isso também no culto coletivo e nas nossas reuniões:

  1. Oração noturna (Salmo 4)
  2. Oração matutina (Salmo 5)
  3. Oração pastoral (Salmo 23)
  4. Louvor e culto (Salmo 24; 67; 92; 95-98; 100; 113; 145; 148; 150)
  5. Orientação (Salmo 25)
  6. Confiança (Salmo 37; 62)
  7. Libertação (Salmo 40; 116)
  8. Saudades de Deus (Salmo 27; 42; 63; 84)
  9. Perdão (Salmo 51; 130)
  10. Gratidão (Salmo 65; 111; 136)
  11. Socorro (Salmo 66; 69; 86; 66; 102; 140; 143)
  12. Cuidado de Deus (Salmo 89; 103; 107; 146)
  13. Majestade de Deus (Salmo 8; 29; 93; 104)
  14. Presença de Deus (Salmo 139)
  15. Palavra de Deus (Salmo 19; 119)
  16. Proteção de Deus (Salmo 46; 91; 125)

18 profecias no Evangelho de Mateus…

É fácil ver Jesus Cristo como a figura central no Novo Testamento, mas ele é também o enfoque de atenção no Antigo Testamento. O Evangelho de Mateus mostra como 17 profecias acerca de Jesus como Messias se cumpriram. As profecias messiânicas acerca de Jesus falam desde o seu nascimento até as últimas palavras para seus seguidores.

SEU NASCIMENTO:

E tu, Belém-Efrata, pequena demais para figurar como grupo de milhares de Judá, de ti me sairá o que há de reinar em Israel, e cujas origens são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade. — Miquéias 5.2

E tu, Belém, terra de Judá, não és de modo algum a menor entre as principais de Judá; porque de ti sairá o Guia que há de apascentar a meu povo, Israel. — Mateus 2.6

SUA PROCLAMAÇÃO ENTRE OS POVOS:

…venho para ajuntar todas as nações e línguas; elas virão e contemplarão a minha glória. Porei entre elas um sinal e alguns dos que foram salvos enviarei às nações, a Társis, Pul e Lude, que atiram com o arco, a Tubal e Javã, até às terras do mar mais remotas, que jamais ouviram falar de mim, nem viram a minha glória; eles anunciarão entre as nações a minha glória. — Isaías 66.18b-19

Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século. — Mateus 28.19-20


PROFECIAS MESSIÂNICAS EM MATEUS:

  1. Mateus 1.23 > nascimento virginal: Isaías 7.14
  2. Mateus 2.6 > local de nascimento: Miquéias 5.2
  3. Mateus 2.15 > retorno do Egito: Oséias 11.1
  4. Mateus 8.17 > curas: Isaías 53.4
  5. Mateus 12.18-21 > serviço: Isaías 42.1-4
  6. Mateus 13.34 > uso de parábolas: Salmo 78.2
  7. Mateus 21.5 > entrada para Jerusalém: Zacarias 9.9
  8. Mateus 21.42 > rejeição: Salmo 118.22
  9. Mateus 22.44 > divindade: Salmo 110.1
  10. Mateus 26.31 > abandono: Zacarias 13.7
  11. Mateus 26.64 > volta futura: Daniel 7.13
  12. Mateus 27.34, 48 > crucificação, vinho com fel e vinagre: Salmo 69.21
  13. Mateus 27.35 > crucificação, divisão das vestes: Salmo 22.18
  14. Mateus 27.39-40 > crucificação, zombaria: Salmo 22.7
  15. Mateus 27.43 > crucificação, zombaria: Salmo 22.8
  16. Mateus 27.46 > crucificação, grito: Salmo 22.1
  17. Mateus 27.57-60 > sepultamento: Isaías 53.9
  18. Mateus 28.19-20 > anúncio entre as nações: Isaías 66.18

REFLEXÃO PARA DEVOCIONAL:
Leia as duas passagens para o dia.
Pense nas maneiras maravilhosas que Jesus cumpriu estas profecias

SEGUNDA-FEIRA: Mateus 1.23 > Isaías 7.14
TERÇA-FEIRA: Mateus 8.17 > Isaías 53.4
QUARTA-FEIRA: Mateus 12.18-21 > Isaías 42.1-4
QUINTA-FEIRA: Mateus 21.42 > Salmo 118.22
SEXTA-FEIRA: Mateus 22.44 > Salmo 110.1
SÁBADO: Mateus 27.39-40 > Salmo 22.7
DOMINGO: Mateus 27.57-60 > Isaías 53.9

22 razões para ler a Bíblia…

A alfabetização bíblica do Salmo 119

Hoje em dia, me parece que a palavra politicamente correta é “letramento” ao invés que “alfabetização”. Deixo os pedagogos explicarem. Mas aqui me refiro à “alfabetização bíblica” por que os judeus antigos usavam o alfabeto (se bem que a gente poderia dizer também, “as letras do alfabeto”) para ensinar os seus filhos sobre o alicerce da fé. É o alicerce da fé se constrói em cima duma elevadíssima estimação da Bíblia.

Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele. — Provérbios 22.6

Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça. — 2 Timóteo 3.16

Desde pequeno, o melhor que os pais podem ensinar aos seus filhos é um amor e uma confiança nas escrituras. Depois, quando crescerem, mesmo tendo se desviado, a Palavra continua agindo nos seus corações.

Uma bela “cartilha” de alfabetização de crianças se encontra no Salmo 119. Este salmo é dividido por letras do alfabeto hebraico, começando com o correspondente do nosso “A” (se bem que no hebraico a primeira letra é uma consoante e não um vogal) e trocando de letra de oito em oito versículos até chegar ao final do alfabeto, a letra “tau”, que corresponde ao nosso “T”. São 22 letras no total, e por isso 22 lições. Entretanto cada “lição” é bem parecida. Quer ver?

1. letra “A” da palavra “bem-aventurados”:

Bem-aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na lei do SENHOR. v.1

2. letra “B” da palavra “de”

De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho? Observando-o segundo a tua palavra. v.9

3. letra “G” da palavra “ser generoso”

Generoso sê para com o teu servo, para que eu viva e observe a tua palavra. v.17

4. letra “D” da palavra “se apegar”

Apegada ao pó está a minha alma ; vivifica-me segundo a tua palavra. v.25

5. letra “H” da palavra “ensinar”

Ensiname, SENHOR, o caminho dos teus decretos, e os seguirei até ao fim. v.33

6. letra “V” da palavra “também”

Venham também sobre mim as tuas misericórdias, SENHOR, e a tua salvação, segundo a tua promessa. v.41

7. letra “Z” da palavra “lembrar-se”

Lembra-te da promessa que fizeste ao teu servo, na qual me tens feito esperar. v.49

8. letra “CH” da palavra “porção”

Porção minha é O SENHOR; eu disse que guardaria as tuas palavras. v.57

9. letra “T” da palavra “bem”

Bem tens feito ao teu servo, SENHOR, segundo a tua palavra. v.65

10. letra “Y” da palavra “mão”

Mãos tuas me fizeram e me afeiçoaram; ensina-me para que aprenda os teus mandamentos. v.73

11. letra “K” da palavra “desfalecer”

Desfaleceme a alma, aguardando a tua salvação; porém espero na tua palavra. v.81

12. letra “L” da palavra “para”

Para sempre, ó SENHOR, está firmada a tua palavra no céu. v.89

13. letra “M” da palavra “quanto”

Quanto amo a tua lei! É a minha meditação, todo o dia! v.97

14. letra “N” da palavra “lâmpada”

Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e, luz para os meus caminhos. v.105

15. letra “S” da palavra “duplicidade”

Duplicidade eu aborreço a , porém amo a tua lei. v.113

16. letra “-” da palavra “praticar”

Pratico juízo e justiça; não me entregues aos meus opressores. v.121

17. letra “P” da palavra “admirável”

Admiráveis são os teus testemunhos; por isso, a minha alma os observa. v.129

18. letra “TS” da palavra “justo”

Justo és, SENHOR, e retos, os teus juízos. v.137

19. letra “C” da palavra “invocar”

Invocote de todo o coração; ouve-me, SENHOR; observo os teus decretos. v.145

20. letra “R” da palavra “atentar”

Atenta para a minha aflição e livra-me, pois não me esqueço da tua lei. v.153

21. letra “S” da palavra “príncipe”

Príncipes me perseguem sem causa, porém o que o meu coração teme é a tua palavra. v.161

22. letra “T” da palavra “chegar”

Chegue a ti, SENHOR, a minha súplica; dá-me entendimento, segundo a tua palavra. v.169

Deu para entender? Quero dar esta palavra para mães e pais de crianças menores sobre a importância de inculcar nos nossos filhos um altíssimo apreço pela Palavra de Deus.

VERSÍCULOS PARA DEVOCIONAL:
SEGUNDA-FEIRA: Salmo 119.1-8
TERÇA-FEIRA: Salmo 119.9-16
QUARTA-FEIRA: Salmo 119.17-24
QUINTA-FEIRA: Salmo 119.25-32
SEXTA-FEIRA: Salmo 119.33-40
SÁBADO: Salmo 119.41-88
DOMINGO: Salmo 119.49-56

35 (todos) milagres do Novo Testamento…

Comentando sobre o Evangelho de Marcos, uma vez o historiador sobre o século I, Robert Grant, afirmou, “é difícil achar qualquer grão não milagroso no Evangelho”. Dos 661 versículos que se encontram neste Evangelho, 209 tratam de milagres. Jesus não só pregou a chegada do reino de Deus como também a demonstrou através do ministério de cura, expulsão de demônios e outros milagres. Estes faziam parte normal do seu ministério (Mateus 4.23). Até os judeus mais hostis a Jesus reconheceram-no como operador milagroso de maravilhas e exorcista. Também Jesus deu aos seus doze discípulos a autoridade para realizar estas operações, como sinal e demonstração de que o reino estava próximo (Mateus 10.7), e fez o mesmo para com os setenta discípulos (Lucas 10.8-9). Estes sinais evidenciaram a chegada do reino e a vitória conseqüente sobre Satanás e seu poder (Mateus 11.22-28 par.).

Quando examinamos os momentos “críticos” ou “chaves” na história quando havia um avanço significante nos propósitos redentores de Deus, sempre encontramos a presença de sinais extraordinários. Por quê? Não tanto para o povo de Deus, quer seja Israel ou a igreja, mas para que o mundo, as nações saibam que Iahweh é o Deus verdadeiro e O glorifiquem. Qualquer outra motivação além deste testemunho bíblico deve levar a certa suspeita.

Portanto, os milagres servem a um propósito missionário. Dirigem-se ao mundo com a finalidade de chamá-lo para glorificar a Deus. Relegar-lhes qualquer papel ou nível insignificante só seria desprezar, ou na melhor hipótese, ignorar sua importância no desempenho do desafio missionário. Dizer que não são operantes hoje seria distorcer o testemunho bíblico pelos olhos da incredulidade. Não disse Jesus que o crente nele faria maiores obras que Ele (João 14.12)? Paulo não esclareceu que as manifestações milagrosas, o carismati, só desapareceriam depois da vinda de Cristo glorificado (1 Coríntios 13.10)?

Há 35 milagres atribuídos a Jesus nos Evangelhos. Eis a lista:

  1. Transformou água em vinho — João 2.1-11
  2. Curou o filho dum funcionário público — João 4.46-54
  3. Curou um paralítico no poço — João 5.1-9
  4. Curou um cego de nascimento — João 9.1-41
  5. Alimentou 5.000 pessoas com 5 pães e 2 peixes — João 6.5-13
  6. Pegou altas ondas sem prancha e sem se molhar! — João 6.19-21
  7. Ressuscitou Lázaro da morte — João 11.1-44
  8. Pescou 153 grandes peixes sem se molhar! — João 21.1-11
  9. Expulsou um homem dominado por demônio — Lucas 4.33-35
  10. Curou a sogra de Pedro — Lucas 4.38-39
  11. Pescou peixes que enchiam dois barcos — Lucas 5.1-11
  12. Curou um leproso — Lucas 5.12-13
  13. Curou um paralítico descido pelo telhado — Lucas 5.17-25
  14. Curou o homem de mão aleijada — Lucas 6.6-10
  15. Curou o empregado de um oficial romano — Lucas 7.1-10
  16. Ressuscitou o filho da viúva — Lucas 7.11-15
  17. Acalmou uma tempestade — Lucas 8.22-25
  18. Curou o homem dominado por legião de demônios — Lucas 8.27-35
  19. Curou a filha de Jairo — Lucas 8.41-56
  20. Curou a mulher com hemorragia
  21. Curou um menino endemoninhado — Lucas 9.38-43
  22. Expulso um demônio de mudez — Lucas 11.14
  23. Curou a moça torta de 18 anos — Lucas 13.11-13
  24. Curou o homem com as pernas e braços inchados — Lucas 14.1-6
  25. Curou 10 leprosos — Lucas 17.11-19
  26. Curou um mendigo cego — Lucas 18.35-43
  27. Previu a negação de Pedro — Lucas 22.31-34
  28. Sarou a orelha cortada do empregado do Sumo Sacerdote — Lucas 22.50-51
  29. Curou dois cegos — Mateus 9.27-31
  30. Tirou uma moeda da boca dum peixe — Mateus 17.24-27
  31. Curou a filha endemoninhada da mulher cananéia — Mateus 15.21-28
  32. Alimentou 4.000 pessoas com 7 pães e alguns peixes — Mateus 15.32-38
  33. Secou uma figueira infrutífera — Mateus 21.18-22
  34. Curou um surdo-mudo — Marcos 7.31-37
  35. Curou outro cego — Marcos 8.22-26

REFLEXÃO E VERSÍCULOS PARA DEVOCIONAL:
Para cada dia da semana escolha um milagre da lista acima. Reflita sobre a maneira que este milagre contribuia para os propósitos missionários de Deus. Confie em Deus diante dos desafios que a sua vida apresenta para você. Nas oportunidades que tiver de testemunhar, espere nas manifestações extraordinárias de Deus.