Arquivo de setembro 2013

A conversão do Zaqueu

Semana 70: Lucas 19.1-10

Jesus entrou em Jericó e estava atravessando a cidade. Morava ali um homem rico, chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores de impostos. Ele estava tentando ver quem era Jesus, mas não podia, por causa da multidão, pois Zaqueu era muito baixo. Então correu adiante da multidão e subiu numa figueira brava para ver Jesus, que devia passar por ali. Quando Jesus chegou àquele lugar, olhou para cima e disse a Zaqueu:— Zaqueu, desça depressa, pois hoje preciso ficar na sua casa. Zaqueu desceu depressa e o recebeu na sua casa, com muita alegria. Todos os que viram isso começaram a resmungar:— Este homem foi se hospedar na casa de um pecador! Zaqueu se levantou e disse ao Senhor:— Escute, Senhor, eu vou dar a metade dos meus bens aos pobres. E, se roubei alguém, vou devolver quatro vezes mais. Então Jesus disse:— Hoje a salvação entrou nesta casa, pois este homem também é descendente de Abraão. Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar quem está perdido.

Jericó era uma das últimas paradas de Jesus na sua jornada para Jerusalém, onde ele sabia que destino lhe aguardava. Mais do que nunca era a hora de decisão. Quem estava com ele estava com ele. As pessoas precisavam decidir uma vez para todos qual seria o seu relacionamento com Jesus e isto significava primeiro o reconhecimento no seu interior de quem ele realmente era. Porque se era mesmo o messias, se era, como falava, o portador de salvação, a decisão era mais clara. Precisava ficar corpo e alma do lado dele. Mas a medida que Jesus se aproximava de Jerusalém esta decisão precisava ser tomada. E, às vezes, era tomada pelas pessoas que menos se esperava. A história do Zaqueu era um destes casos. A história é simples, simples, simples. Não exige nenhum esforço intelectual para entendê-la. Mas exige uma quantidade enorme de coragem e decisão para ouvir esta história no miolo do seu coração e agir de acordo.  Mais >

Ver não depende só de olhos

Semana 69: Lucas 18.31-43

…Os discípulos não entenderam nada do que Jesus disse. O que essas palavras queriam dizer estava escondido deles, e eles não sabiam do que Jesus estava falando (v.34)…

..Senhor, eu quero ver de novo! — respondeu ele. Então Jesus disse:— Veja! Você está curado porque teve fé. No mesmo instante o homem começou a ver e, dando glória a Deus, foi seguindo Jesus…(vv.41b-43a NTLH)

Em Lucas 18.31-43, doze discípulos, seguidores há três anos e íntimos de Jesus, mesmo com boa visão, não “enxergaram” o que Jesus estava dizendo. Por outro lado, um desconhecido de Jesus, mesmo cego, enxergou direitinho, e pela fé, foi curado. Vamos ver estes dois casos mais de perto… Mais >