“Jó, se eu fosse você…. Feliz é aquele a quem Deus corrige!” (NTLH) Reflexão As indelicadezas de Elifaz se agravam mais. Na passagem anterior,  ele havia quebrado o silêncio de solidariedade com o sofrimento de Jó, e resolvido dar o seu “palpite”. Começou até bem, pedindo licença para falar (4.2) e elogiando o bom testetmunho […]

Continue lendo →

A aflição não brota da terra; a desgraça não nasce do chão: somos nós mesmos que causamos o sofrimento, tão certo como as faíscas das brasas voam para cima. (Jó 5.6-7 NTLH) Reflexão Desculpe te dar este trabalho, mas realmente é preciso ler a passagem toda, todo o capítulo 4 e os primeiros sete versículos […]

Continue lendo →

[1] Finalmente Jó quebrou o silêncio e amaldiçoou a dia do seu nascimento….[6] “que aquela noite fique escura e desapareça do calendário!….[8] que seja amaldiçoada pelos feiticeiros!…[20] por que os infelizes continuam vendo a luz? Reflexão Se você consegue ler o capítulo 3 de Jó, devagar, assimilando um pouquinho o seu repúdio, então está de parabens. […]

Continue lendo →