E como é que a mensagem será anunciada, se não forem enviados mensageiros? As Escrituras Sagradas dizem: “Como é bonito ver os mensageiros trazendo boas notícias!”. (NTLH)

Reflexão

A mensagem mencionada no versículo acima se refere à ação de Deus na morte e ressurreição de Jesus para redimir o mundo. Para Paulo, e fundamental para os primeros onze capítulos de Romanos, este “mundo” é feito de judeus e não-judeus e Paulo gasta muita tinta para dizer que Deus ama ambos os grupos e está redimindo ambos os grupos sem que este último grupo, os não-judeus, tenha que se tornar, antes, judeus (isto é, circuncidar-se). Mas o final de capítulo 8 deixa claro que, por mais importante que seja este conceito de “mundo” para Paulo e para a sua missão, a sua perspectiva é ainda mais abrangente. O “mundo” para ele inclue todo o mundo físico que Deus criou. Abrange toda a criação.

Pois bem, tudo isto é para dizer que enquanto a “mensagem” mencionada no versículo acima se refere à ação redentora de Deus para todos os povos, também abrange a criação toda no qual a humanidade vive. Se esta observação compete, há uma boa lição para nós que entendemos que parte da missão da igreja é a transformação socio-ambiental. E a lição é esta: a mensagem é essencialmente boas notícias, não notícias ruíns. Deus deu à igreja uma missão que ela é capaz de realizar com o poder do Seu Espírito. A renovação dos céus e da terra de acontecer.

Isto significa que na educação cristã socio-ambiental o tom principal da nossa fala tem que ser positiva. Tem que parecer boas notícias, porque são boas notícias. E isto é coisa bonita. Assim disse Paulo pela inspiração do Espírito Santo. E disse o que já foi dito anteriormente no Antigo Testamento.

Oração

Pai, embeleze as nossas palavras. Nos ajude a manter o enfoque na redenção já conquistada por meio da cruz. Permaneçamos firmes em Jesus, nossa Rocha. Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>