Poesia fotográfica – texto de Zenilda Lua e foto de John Medcraft A plenitude divina excede qualquer invento toca a brisa chama o vento deixa a tarde prazenteira mistura cor e perfume e sem provocar ciúmes nos alcança de primeira Vai salpicando de flor tudo pra virar poema do concreto para o lírico todo o […]

Continue lendo →

Poesia fotográfica – texto de Zenilda Lua e foto de John Medcraft   As aves também procuram um lugar de conforto na efemeridade do tempo. As aves sabem discernir o tempo. E o tempo é de aço. E o tempo às vezes parece uma poça d’água salobra, represada de tristeza. Se Jeremias estivesse nesse tempo […]

Continue lendo →

Poesia fotográfica – texto de Zenilda Lua e foto de John Medcraft Ando incompleta de vazios. Em tudo dei de achar graça. Passei da angústia dolorida para um sentimento docíssimo que imita o cintilar dos lírios brandos. Aprendo de azul mais que tudo. Aprendo também de milagres, de pássaros, de cânticos e até de miçanga […]

Continue lendo →