Participe: 17º Mutirão de Oração

 

 

Caso não esteja visualizando corretamente esta mensagem [clique aqui]

 

É hora de orar pelas crianças!

Encorajados pela oração de Jesus, milhares de cristãos do mundo todo vão participar
neste fim de semana do 17º Mutirão de Oração pelas Crianças em Vulnerabilidade
Social. Começa na sexta, dia 01, e vai até domingo, dia 03. Não perca tempo. Junte-se a
nós! Leia mais

Por que orar?

 

Porque a oração é poderosa. Porque Deus realmente ouve e responde. E porque quanto
mais tempo o povo de Deus passar com ele, mais parecido com ele nos tornamos e,
assim, mais saberemos como viver o seu amor pelas crianças em risco.
Mas como fazer?
Faça download do Guia de Oração com histórias de crianças, conteúdo bíblico e
motivos de oração. Há também um guia especial para crianças.- Guia de Oração: para crianças / para adultos- Motivos de oração (apresentação em PowerPoint)

Ultimato apoia e participa
Desde o início da campanha no Brasil, em 2002, a Editora Ultimato não somente apoia,
mas também participa realmente do Mutirão de Oração. Toda primeira sexta-feira de
junho, mobilizamos nossos funcionários e oramos juntos em favor das crianças em
vulnerabilidade social. Leia mais Mais >

A missão integral de Jesus, segundo os líderes de Nova Cruz (RN)

Jean Rodrigues, representante do Paralelo 10, e seu grupo de leitura

É comum divulgarmos aqui eventos de reflexão sobre missão integral. Sempre são oportunidades excelentes. No entanto, às vezes podemos nos esquecer que os mais duradouros e constantes encontros de reflexão acontecem em nossas igrejas locais com nossos líderes locais. Não são eventos, divulgados e cheios de gente, mas são encontros (no melhor sentido da palavra), que nos unem e nos formam.
Por isso, nos alegramos com notícias como esta abaixo, enviada pelo Jean Rodrigues, que mora em Nova Cruz (RN). Ele é um dos representantes do Paralelo 10 em sua igreja local, a Assembleia de Deus, e realizou um encontro com oito pessoas que lideram junto com ele diversas ações missionárias na cidade. Ao todo, o grupo tem onze pessoas.

Leia o relato de Jean e a reflexão feita pelos líderes


Fizemos o primeiro encontro e nele entregamos a Revista Ultimato nº 335 (março-abril de 2012). Mais >

Quiche de tucumã e provolone

O tucumã é uma frutinha comum no norte do país, consumida como recheio de tapioca, sanduíche e em alguns restaurantes como ingrediente de receitas mais rebuscadas como risotos. Ela não rende quase nada de polpa mas é deliciosa e salgadinha, e se tornou a protagonista de um dos lanches mais populares na culinária amazonense, o x-caboquinho (sauduíche de queijo e tucumã, cm banana frita). Aqui ela entrou no recheio da quiche, que é uma torta aberta, que fica douradinha por cima, cremosa por dentro e crocante por fora.

 

Quiche de tucumã e provolone

Para a massa:

150g de provolone picado/ralado
250g de farinha de trigo
140g de manteiga
2 ovos
1 colher de sopa de leite frio

Mais >

Campanha “Bola na Rede” no Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra crianças e adolescentes

18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra crianças e adolescentes e neste dia os articuladores da Campanha Bola na Redeparticiparão de diversas atividades – como marchas, teatros interativos, oficinas e histórias contadas – nas 12 cidades sede dos jogos da Copa do Mundo.

O convite é para que você ore diariamente por estas atividades, durante 15 minutos, em todo o mês de maio. A aproximação com os comitês estaduais de enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes e a realização de parcerias com órgãos de defesa dos direitos são alguns dos pedidos de oração.

Fonte: Boletim Tearfund Brasil

500 militares são enviados para socorro a vítimas de cheia na Amazônia

O governo federal determinou a mobilização de 500 militares das Forças Armadas, um hospital de campanha e três navios da Marinha para socorrer as vítimas de uma grande enchente no Amazonas, segundo o Ministério da Defesa.
O transbordamento dos rios Negro, Solimões e Madeira começou em março e já deixaram 70 mil famílias desabrigadas – sendo 10 mil só em Manaus.
Segundo o vice-governador do Amazonas, José Melo, 39 municípios estão em “situação crítica”.
De acordo com o governo, essa pode ser a maior cheia da história do Estado. Até então, o último recorde havia sido registrado em 2009, quando o Rio Negro atingiu o nível de 29 metros e 77 centímetros.
Nesta quarta-feira, o nível do rio estava em 29 metros e 57 centímetros. A cheia, no entanto, ainda não chegou ao seu ápice e o nível das águas continua a subir cinco centímetros por dia.
Ajuda
Os 500 militares que participarão do socorro já estão na região amazônica. Eles começaram a ser deslocados para as regiões mais afetadas pela cheia nos últimos cinco dias, segundo o general José Carlos De Nardi, chefe do Estado Maior Conjunto do Ministério da Defesa. O contingente mobilizado é formado por 200 militares do Exército, 260 da Marinha e 40 da Força Aérea.
Hospital de campanha da Força Aérea montado sobre uma balsa ajudará no socorro às vítimas
O hospital de campanha da Aeronáutica – que já atuou no Haiti e no México – foi montado sobre uma balsa, atualmente ancorada no município de Barcelos (a 490 km de Manaus).
Ele se deslocará para regiões afetadas ao longo dos 60 dias previstos para durar a operação de socorro.
Outras centrais de atendimento a feridos funcionarão nos navios de assistência hospitalar Soares de Meirelles, atualmente atracado em Santo Antônio do Içá (região do Alto Solimões) e Doutor Montenegro, em Tefé (Médio Solimões).
A terceira embarcação da Marinha, o navio patrulha Pedro Teixeira, já está em Manaus socorrendo moradores em áreas de risco.

Fonte: BBC Brasil

Foto: Chico Batata/Agecom

Virou tradição

Já virou tradição na Editora Ultimato comemorar o aniversário do Paralelo 10 com bolinho de mandioca (ou aipim ou macaxeira, dependendo do estado em que você mora). Como a sede da Editora Ultimato fica no interior de Minas Gerais o único jeito de celebrar com mais “proximidade” dos nortistas e nordestinos é por meio da culinária. Que bom!E foi assim na última sexta-feira quando festejamos os 4 anos do projeto.

Além de toda a equipe Ultimato participaram também a equipe do CEM (Centro Evangélico de Missões), organização parceira do projeto. Depois da leitura de alguns testemunhos de participantes do Paralelo 10, ficamos todos cheios de certeza de que Deus tem abençoado muitas vidas por meio do projeto. Somos muito gratos a Deus pela alegria de celebrar mais um ano e por podermos perceber os frutos.

E a todos os nossos amigos, nosso muito obrigado.

__________

Ivny Monteiro é coordenadora do Paralelo 10