Eu sempre quis viver aqui perto do interior, porque eu queria viver com meu pai. Durante a minha infância, ficar longe dele muito pesado pra mim. Eu tive uma consciência muito triste, angustiado… Perdi boa parte da minha vida, vivendo quase quinze anos longe. Eu sempre tive esse peso dentro de mim. Eu pensava que […]

Continue lendo →

Na planície avermelhada, os juazeiros alargavam duas manchas verdes. Os infelizes tinham caminhado o dia inteiro, estavam cansados e famintos. Trecho do livro Vidas Secas, de Graciliano Ramos Os infelizes estão nas primeiras palavras de Vidas Secas e não são apenas personagens do olhar de Graciliano Ramos, em meio ao sertão, no ano de 1938. […]

Continue lendo →