Conteúdo extraído da revista Passo a Passo, edição 102, publicada pela Tearfund

Imagem ilustrativa (google.com)

Os prédios das nossas igrejas são um ótimo recurso para divulgar mensagens e saúde em nossas congregações e comunidade. Aqui estão algumas ideias…

1 – Mostre filmes educativos

Você pode usar o prédio da sua igreja para mostrar filmes sobre cuidados de saúde à sua comunidade. A Medical Aid Films produz filmes sobre temas como nutrição, saúde materna e saúde infantil. Consulte a página de Recursos para obter mais detalhes.

Aqui estão algumas dicas para mostrar filmes no prédio da sua igreja:

  • Pense sobre o som. As pessoas conseguirão ouvir o filme? As pessoas geralmente conseguem entender um filme sem vê-lo, mas é essencial que possam ouvi-lo. Você pode pedir emprestadas algumas caixas de som ou um sistema de som para o evento. Você também pode usar um microfone para a pessoa que for apresentar o filme.
  • Providencie uma tela para projetar o filme. Se não tiver uma tela de projeção, você pode usar uma parede de cor clara, um lençol branco liso ou até folhas de papel.
  • Verifique sua fonte de energia. Use uma fonte confiável de eletricidade, se possível. Você precisará de eletricidade para usar equipamentos como notebooks, leitores de DVD, projetores, caixas de som, etc. Considere a possibilidade de pedir emprestado um gerador a alguém, se necessário.
  • Teste os equipamentos vários dias antes da projeção para garantir que estejam funcionando. Se houver algum problema, você pode tentar corrigi-lo ou encontrar outros equipamentos para substituí-los. Se possível, leve equipamento sobressalente no dia, para o caso de algo dar errado.
  • Bloqueie a luz. Se estiver mostrando um filme durante o dia, cubra as janelas para bloquear a luz. Assim, será mais fácil para as pessoas verem o filme.

2 – Mostre mensagens de promoção da saúde

Você tem algum quadro de avisos dentro ou fora de sua igreja? Você pode usá-lo para afixar pôsteres sobre problemas de saúde (por exemplo, o pôster no centro desta revista).

Você também pode pintar mensagens e figuras relacionadas à saúde nas paredes da igreja.

Uma igreja de Uganda ajudou as crianças a colocar impressões das palmas da mão com tinta na parede, desde a latrina até a torneira tippy tap (uma torneira feita com uma garrafa de plástico). Isso as lembrava de lavar as mãos depois de usar a latrina. (Observação: certifique-se de que a tinta não seja tóxica.)

3 – Organize grupos e cursos

Você pode usar o prédio da sua igreja para organizar grupos de apoio que lidem com problemas de saúde – tanto físicos quanto mentais. Há algum agente de saúde ou conselheiro local que possa ajudá-lo a organizar os grupos?

Aqui estão algumas ideias de tipos de grupos de apoio:

  • Um grupo para mães antes, durante e após a gravidez;
  • Um grupo para pessoas que vivem com HIV;
  • Um grupo para pessoas que estão lutando contra vícios;
  • Um grupo para pessoas que estão lidando com a depressão;
  • Um grupo para pessoas que perderam um ente querido;
  • Um grupo de exercícios para ajudar as pessoas a manter a boa saúde (veja a página12).

Você pode convidar alguma organização para administrar um curso de treinamento de primeiros socorros no prédio da sua igreja. As Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho oferecem cursos de treinamento em muitos países ao redor do mundo, assim como a St John Ambulance. Sua igreja poderia fornecer esse valioso serviço à sua comunidade.

Você pode organizar as pessoas treinadas em primeiros socorros para que participem de encontros comunitários, eventos esportivos, etc.

4 – Ofereça um local para um posto de saúde

Há alguma ONG local que precise de um lugar para um posto de saúde? Talvez você possa oferecer o prédio da sua igreja. Você pode participar divulgando o posto de saúde e identificando as pessoas que poderiam se beneficiar.

As dicas sobre a mostra de filmes educativos foram adaptadas a partir de Community screenings for participatory video – a guide (Projeções comunitárias para vídeos participativos – um guia). Para ler o guia na íntegra, visite www.insightshare.org.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>