jornalprosertaoA Missão PróSertão já está disponibilizando na internet a edição atual do jornal PróSertão. Desta vez, o conteúdo trata sobre o desafio de educar, ensinar e alcançar a geração infantojuvenil nordestina. Dentre os diversos artigos, tem o relato de uma pedagoga que tem usado sua profissão para impactar positivamente a vida de seus alunos. Confira a seguir o testemunho de Ursula K. Roggensinger, que atua como professora e missionária no Nordeste.

*****

Nos primeiros anos em que cheguei ao Brasil, tive a oportunidade de dar aula de inglês. A experiência foi muito boa e nos abriu os olhos para a situação da educação no Nordeste. Sonhávamos em ter salas de aula sempre cheias de alunos interessados, mas como conseguir isso? Muitas das crianças e adolescentes das nossas igrejas não sabem ler ou não têm uma exata compreensão do que estão lendo. Baseado nisso, me pergunto: Como eles crescerão na vida espiritual?

Há vinte anos, iniciamos nosso projeto educacional na cidade de Colônia do Gurguéia, Piauí, em um colégio evangélico. O objetivo era justamente melhorar e aperfeiçoar a educação para as crianças do interior. Através de bolsas, conseguimos ajudar as famílias carentes. Um exemplo desse projeto foi Rosana que estudou em nosso colégio e hoje tem uma vida e famílias estruturadas. Hoje, ela também é membro de uma igreja evangélica, em Brasília, e os pais congregam em Colônia do Gurguéia.

A escola era, e ainda é, a única escola particular nesse lugar. Os alunos recebem uma educação baseada na fé cristã. O alvo é que nenhum aluno saia do primeiro ano sem saber ler. Com uma cartilha simples e bem estruturada os alunos são alfabetizados. Com projetos de leitura contínuo eles vão se interessar mais pelo assunto da leitura e se aperfeiçoar cada dia mais.

Saindo de Colônia, continuei com o desejo de ajudar as crianças na educação escolar. Surgiu a oportunidade conhecer o projeto dos Pepes (Projeto Evangélico Pré-Escola). Implantamos e coordenamos várias Pepes no

Piauí. Por diferentes razões, após um ano, todos fecharam as suas portas, mas sentimos a urgência e necessidade de ajudar as crianças a ler melhor.

Abrimos na nossa igreja local um trabalho de reforço escolar e notamos mais uma vez a situação precária da escolaridade dos alunos. Com o projeto “Educação para Vida” estamos tentando ajudar a comunidade local.

No mês de férias, julho, a Secretaria de Educação entrou em contato conosco e nos pediu ajuda no acompanhamento dos professores na área da matemática. Estamos ansiosos para ver o que vai surgir dessa nova porta aberta.

Clique aqui para baixar o jornal da Missão PróSertão em PDF.

P10_28_09_15_pedagoga_prosertao• Ursula K. Roggensinger. Missionária e Pedagoga.

  1. Joamingos da Silva Leal

    Olá! Estou tentando baixar o jornal, mas só está dando erro.
    Atenciosamente,
    Joamingos.
    Boa noite.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>