P10_21_09_15_SamaúmaÉ indiscutível a importância das árvores para a biodiversidade e para a própria existência humana. Além de reduzir a poluição sonora e os ventos, elas mantêm a umidade do ar e a regularidade das chuvas. Suas raízes promovem saúde dos solos e evitam erosão. De quebra, proporcionam beleza natural para nossos olhares e almas. Sobre elas, Alberto Caeiro (ou Fernando Pessoa) escreveu:

Sejamos simples e calmos
Como os regatos e as árvores,
E Deus amar-nos-á fazendo de nós
Belos como as árvores e os regatos,
E dar-nos-á verdor na sua primavera,
E um rio aonde ir quando acabemos!
(Alberto Caieiro)

Hoje, dia 21 de setembro, quando é comemorado no Brasil o Dia da Árvore reproduzimos a publicação sobre a música Sumaúma, parte do projeto “Canções da Floresta”, de Gladir Cabral. A Sumaúma, ou Samaúma como é popularmente chamada, é uma árvore típica da floresta amazônica. Leia a publicação:

 

*****

O projeto musical “Canções da Floresta” de Gladir Cabral em parceria com Thiago Azevedo, Mário Valladão e Fabrício Matheus terá no blog do Paralelo 10 seu trapiche*. Você vai ouvir e conhecer as composições do projeto na seção “Arte e Cultura” do blog.

Você que já ouviu a primeira canção Uirapuru, agora conhece a segunda Sumaúma. O título é referência a uma frondosa árvore da Amazônia.

Sumaúma
Thiago Azevedo & Gladir Cabral

Olha dos altos sua flora
Como quem cuida dos seus filhos
Chora seus sonhos de outrora
E padece ao vê-los ruídos

Verde pastora da floresta
Guardiã de todos os abraços
Convida as aves para a festa
E margeia límpidos regatos

Sumauma
Uma só e muitas são em uma
Sumauma
Sumo da beleza, leve pluma
Sumauma
Toca no seu tronco o seu tambor

Ao seu redor há muita história
Votos de amores e saudades
Se enraizaram na memória
Tantos segredos milenares
Hoje é escada do infinito
Portal das estações que passam
Vento e folhagem num só grito
Chuva, sereno e estiagem

Belém do Pará & Criciúma, 25 de janeiro de 2012

* Armazém onde se guardam mercadorias para embarque, junto ao cais.

  1. CORRIJAM LÁ: NÃO É SAMAMÚMA.

    Hoje, dia 21 de setembro, quando é comemorado no Brasil o Dia da Árvore reproduzimos a publicação sobre a música Samaúma, parte do projeto “Canções da Floresta”, de Gladir Cabral. A Samamúma é uma árvore típica da floresta amazônica.

    Samaúma. Nome vulgar: SUMAÚMA Nome científico: Ceiba pentandra (L.) Gaertn Família: BOMBACACEAE.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>