P10_03_11_14_Conplei_jovem

 

Ricardo Poquiviqui

Deus tem levantado a Igreja Evangélica Indígena para dar continuidade à obra realizada pelos missionários estrangeiros e nacionais, anos de avanços e conquistas, além do reconhecimento de que estamos num novo momento missiológico no Brasil. Para que esse momento/movimento permaneça, precisamos de novos obreiros, líderes em suas aldeias, com formação acadêmica, capacitados e com visão ou que se lancem para o preparo e envio.

O jovem indígena de hoje é o marco de uma nova geração que preserva a cultura dos pais, mas que usa de tecnologias como: celulares, aparelhos eletrônicos, internet e redes sociais, além das formações acadêmicas. É justamente nesse contexto que precisamos despertar o interesse e a vocação missionária da juventude indígena, bem como todo o seu potencial para suprimento de pessoas capacitadas ao campo missionário.

O CONPLEI (Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas) através do CONPLEI Jovem, pretende desenvolver no meio da juventude indígena ações e encontros com essa temática buscando principalmente a participação da igreja brasileira para alavancar ainda mais esse movimento.

Para termos “em cada povo uma igreja bíblica genuinamente indígena”, sem dúvida alguma, vamos precisar usar esse potencial jovem existente nas aldeias. Em décadas passadas formava-se mais obreiros indígenas do que nos dias de hoje. Muitos líderes nas aldeias estão já com idade avançada e sem as mesmas forças do passado.  A transição tem que respeitar a cultura do velho para o novo, por isso tem que haver uma integração e, ao mesmo tempo, o preparo dos jovens, fortalecendo ainda mais a tribo e a igreja local.

Temos condições de reagirmos diante de tantos desafios para alcançar as tribos indígenas, temos potencial para isso, cremos que a integração e a comunhão do povo de Deus (Igreja Estrangeira, Igreja Nacional e Igreja Indígena) minimiza as barreiras e dificuldades existentes.

…Eu vos escrevi, JOVENS, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno.” 1 João 2:14.

Vamos levantar jovens indígenas, de caráter cristão, conhecedores da Bíblia e formados por ela, para que cumpram o papel de expandir o reino de Deus até aos confins da Terra.

Informações: conpleijovem@gmail.com

Ricardo Poquiviqui é pastor indígena e presidente do II CONPLEI Jovem.

 

  1. Milzede Albuquerque

    A história das missões indígenas protestantes ou evangélicas no Brasil é um belíssimo capítulo das missões nacionais e mundiais ou seja, das missões transculturais. É empolgante, rica, cheia de relatos de abnegação, altruísmo, renúncia, amor! Aliás, não apenas um capítulo, mas uma saga, uma epopeia! E, começando das incursões holandesas até os dias atuais, da terceira onda, ou onda verde, onde os próprios indígenas assumem a tarefa da evangelização de suas nações e tribos, dará uma coletânea inspiradora e motivadora. Que se escreva mais, além do que já tem sido escrito, uma obra mais completa. Que se aproveite a presença entre nós dos grandes e dedicados missionários que a escreveram e produza-se esta obra, este relato, com o testemunho vivo dos que foram e ainda são os seus principais protagonistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>