A missionária indígena (da etnia Tukano) Leonízia Jutzi e seu esposo, Markus, estão envolvidos em vários ministérios, inclusive na coordenação do Curso de Tradutores Indígenas da Bíblia, um projeto inovador de inclusão dos cristãos indígenas em um trabalho por décadas feito por não-indígenas. Outro ministério de Leonízia, que foi bolsista do Paralelo 10 no curso de mestrado em missiologia do Centro Evangélico de Missões (CEM), são as oficinas sobre alcoolismo para indígenas. Leia abaixo a carta de outubro com notícias do casal.

 

Em julho, Markus e eu estivemos no Amazonas, onde participamos da Conferência Regional do CONPLEI (Conselho Nacional de Pastores e Líderes Indígenas). Foi um tempo abençoado que Deus nos deu, onde compartilhamos sobre o Curso de Tradutores e oferecemos oficinas sobre o alcoolismo entre indígenas. Oferecemos esta mesma oficina numa Aldeia Tukano. Pude rever também a minha família e amigos queridos. Após este tempo em São Gabriel da Cachoeira (AM), fomos para uma outra cidade. Visitamos uma aldeia, para onde temos possibilidade de ir no ano que vem a fim de nos juntarmos à equipe do Projeto Amanajé que lá trabalha.

Neste bimestre demos aulas para os alunos do primeiro ano aqui do AMI. Para nós dois, foi uma grande alegria compartilhar e aprender com os alunos de diversas etnias. Aqui no Centro de Treinamento AMI, em Chapada dos Guimarães (MT), os alunos realizam estágios práticos. Desta vez fomos com mais seis alunos para a Reserva Rio Branco, lugar onde moram diversas etnias indígenas, no estado de Rondônia. Ficamos uma semana na aldeia Cajuí e alguns dias na aldeia São Luis, onde oferecemos oficinas sobre alcoolismo e testemunhamos o amor de Cristo.

No início de setembro, fui à Brasília para uma reunião com nossos parceiros para acertos finais do Curso de Tradutores Indígenas da Bíblia. Coordeno este curso e peço que Deus me dê muita sabedoria para liderar este projeto. O curso começa dia 16 de janeiro, com a presença de representantes de 20 etnias indígenas, além de um grupo de ciganos.

Como CONPLEI, estamos envolvidos nos preparativos do Congresso Nacional no ano que vem aqui no AMI. Orem pelos diversos projetos do CONPLEI.

 

Leia mais

Indígenas assumem desafio de traduzir a Bíblia
Brasil corre para registrar línguas indígenas que estão desaparecendo

  1. Ezequiel da Silva Sanches

    ola! meu nome é Ezequiel da Silva Sanches, tenho 26 anos de idade, sou indígena Koripaco, passei visitando este site, pois achei muito interessante este trabalho, gostaria de fazer parte. pois so estou muito longe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>