Fórum

Embora "missão integral" seja uma expressão conhecida, prevalece a necessidade de, como cristãos, vivermos nossa vocação revolucionária, atentos ao desafio de manter unidas palavra e ação na missão cristã. Não basta falar do amor de Deus em Cristo Jesus: é preciso vivê-lo e demonstrá-lo em termos de serviço.

Em que área você ou a sua igreja podem atender aos desafios da missão integral? Aponte alguma experiência ou caminho que revelem o compromisso prático da fé cristã.

Responda e ganhe* exemplares do livro "O Que É Missão Integral?"

* Sorteio de 5 (cinco) livros O Que É Missão Integral? entre os participantes deste fórum. Resultado dia 19 de outubro.

RESULTADO DA PROMOÇÃO
Hoje no nosso momento de café 5 funcionários sortearam os ganhadores do livro "O Que é Missão Integral?". Confira os "felizardos":
- Thiago César de Siqueira
- Carlos Lúcio Garcia Costa
- Isabella Passos
- Barbara HP
- Carlos Muniz
Parabéns!

Agradecemos a todos que participaram neste espaço contribuindo para um diálogo interessante sobre missão integral. Muito bom conhecer pontos de vista, projetos etc. Mas vocês podem, e "devem", continuar usando este fórum para novas opinões e discussões. Tem sido edificante!

Só um aviso: vem aí os devocionários de bolso para começar bem 2010! E com eles mais promoções. Aguardem.

  1. #1 por Saimon Dias em 21/09/2009 - 11:54

    Na área da Educação. A realidade das escolas públicas é cada vez mais penosa. Escolas sem princípios, professores sem afeto, sem respeito, sem discernimento. Alunos agressivos, as vezes alunos marginalizados. Marginalizados pelo sistema educacional, nivel de educação formal muito baixo, etc. Precisamos como igreja nos manifestar nessa área em busca de ensino digno, com valores cristãos, de bom nível educacional e de preferencia para aqueles que estão a margem nas vilas e favelas…

  2. #2 por Rogers Wendel (Gito) em 21/09/2009 - 12:04

    A atuação prática em políticas públicas! Sim! Política faz parte da missão toda! Não necessariamente a política partidária! Se organizar politicamente é mais que criar partidos ou revoltas. No Brasil, muitas ações políticas estão sendo feitas pelos missionários Edson e Márcia Suzuki, junto a ONG ATINI, na luta contra o infanticídio indígena. Na grande São Paulo, há diversos movimentos na luta contra a miséria! Missões Sal, CENA e o Movimento contra a Miséria. A escola de missões urbanas voltado ao público underground, Avalanche, em Vitória – ES; estará realizando uma escola de História cristã e política. Organizações missionárias como a JOCUM e a Aliança Bíblica universitária fazem parte do CONJUV, Conselho nacional de Juventude, um órgão consultivo do governo federal. Se as igrejas adotassem uma política fora as politicagens doutrinárias ou para obter cargos, e alguns (não poucos) casos, visar lucros seria bom. Muito bom! Não entendo como a igreja luta tanto contra a política (no bom sentido do termo), se dentro de seu sistema, política é o que não falta! Só falta direcioná-la para produzir o bem entre todos os homens. Afinal de contas, creio e sirvo a Jesus! Como diz Frei Betto, somos discípulos de um preso político.

  3. #3 por Fernando Moraes Oliveira em 21/09/2009 - 12:22

    Em nossa igreja temos um serviço de assistência social a comunidade em nossa volta, onde destribuimos cestas-básicas e semanalmente temos atendimento para suporte jurídico. Temos reuniões nos lares, onde e compartilhada a Palavra para os problemas das familias ali reunidas. Mas ainda falta muito e poderíamos estar fazendo mais.

  4. #4 por Danilo Elias em 21/09/2009 - 12:30

    Acho que há um certo erro em como a missão integral é vista. Recentemente estava batendo um papo sobre o que é missão integral.
    Missão integral não é somente abrigar o morador de rua, libertar os cativos, alimentar os famintos ou auxiliar o pobre. Isso na verdade é AÇÃO SOCIAL, e está dentro também da MISSÃO INTEGRAL.
    A missão integral é uma cosmovisão, onde o todo de todos é considerado.
    A missão integral é função de TODOS os cristãos.
    Para realizar a missão integral a igreja deve entender que sua preocupação é com a pessoa não somente em seu estado espiritual. Mas tratando de seu corpo, sua alma e seu espirito. Em nossa igreja (IPI do Ipiranga) possuimos um albergue que atende aprox 200 pessoas/dia. Ao realizarmos esse trabalho suprimos a carência do corpo (dando onde dormir e onde comer), incentivamos sua alma (ao incentivarmos a busca pela melhora de sua situação de dependência, fazendo assim com que sua auto-estima melhore) e suprimos seu espirito (dando lhes alternativa de se decidir por Cristo sem realizar proselitismo, permitinado também da escolha contrária a Cristo se for este o desejo).
    Mas venho me perguntando o que eu, Danilo, jovem de 21 anos, posso fazer.
    Olhando pela perspectiva da missão integral, a melhor coisa que posso fazer é além de auxiliar os projetos sociais (realizando assim a ação social), é ser integral chorando com os que choram, me alegrando com os que se alegram. Ter a missão integral como uma bandeira cristocentrica, onde quem olhar verá que eu sou Cristão pelas minhas atitudes, e não pelas minhas regras.
    Sendo o amigo que ouve, sendo o filho que obedece, sendo o namorado que ama, sendo o colega que respeita, sendo o Cristão que pode ser chamado de mini-Cristo e não de mais um crentino(crente com cretino).

  5. #5 por Thiago em 21/09/2009 - 14:16

    Em nossa igraja estamos querendo entrar com um projeto onde adotaremo alunos de locais carentes e acompanhar como está seu convivio familiar, formação escolar, saúde etc… para garantir que nao perderá sua dignidade com o correr de seu crecimento. Estamos no início, entao ainda estamos desenvolvendo projetos (por acaso sábado vamos reunir todo pessoal para traçar os planos. (O livro do Rene padilha seria ótimo!!

  6. #6 por Jason Costa em 22/09/2009 - 00:41

    Missão Integral é olhar o ser humano de forma completa, é saber ser relevante de modo que as pessoas, sejam assistidas pela igreja de forma integral, não apenas focando-se no espiritual, mas na totalidade da vida do individuo. Uma vez que, não se pode dissociar o individuo do seu contexto social que abrange não só o espiritual como as demais áreas da vida humana. MI, é uma fé que estar com os olhos abertos para o conjunto das implicações da vida humana, num todo, que valoriza o ser por completo. Missão Integral é colocar o Cristo na vida do ser humano na sua integralidade, um cristianismo que se preocupa não em apenas na salvação o homem apos a morte, mas, que dá vida plena com Cristo na abrangência total do viver. MI, é a evangelização que leva o individuo a uma mudança sócio-religiosa. O trabalho social, não é um meio mais uma conseqüência na forma de proclamar Cristo na sua integralidade. Um Evangelho integral é Missão Integral.

    A proposta de MI, não é transforma a igreja numa agencia sóciopolitica mas, de integra pessoas a Cristo para sendo relevantes vivenciar a centralidade do Evangelho abrangente que responde aos anseios de uma real necessidade humana, que é o homem ser assistido na sua totalidade. MI é Jesus!

  7. #7 por Rodomar R. Ramlow em 22/09/2009 - 11:47

    Estamos desenvolvendo um projeto com Universitários em nossa comunidade. Acreditamos que o ensino é fundamental no contexto da igreja brasileira. Ajudar o jovem universitário a fazer o diálogo entre a sua fé e os desafios reais do dia-a-dia é ajudá-lo na reflexão que compreende o cristianismo como um sistema total de vida.

  8. #8 por Andrea Espirito Santo em 22/09/2009 - 11:52

    pela graça e misericordia de Deus entendi que cada ato de minha vida deve ser em direçao a glorificar o nome de Deus, sinalização do Reino de Deus e edificação do meu proximo. Embora seja um caminho dificil, de tomar a minha cruz a cada dia e seguir o meu Senhor, cujo caminho culminou na cruz e consequentemente assim tambem deve ser o caminho daquele que o serve e serve as pessoas, creio que Deus está me dando a alegria de caminhar nele. Entao uma das minhas açoes hoje é a prevenção da violencia e dos maus tratos as crianças e adolescentes atraves de um programa com jogos e brincadeiras para falar desse tema dificil, em especial abuso sexual. Nao só a conscientizaçaõ e prevenção para com as crianças como tambem a promoção de bons tratos pela familia e comunidade. Fui capacitada pela CLAVES para poder trabalhar com isso e ainda busco e buscarei muito mais capacitação, porque entendo que precisamos melhorar nossa açao e isso acontece a medida que entendemos mais o que é a MISSAO INTEGRAL. Por isso esse livro será de extrema valia para a continuidade desse processo. Alem disso trabalho numa ong cristã que tem um projeto com crianças em situação de risco e menos favorecidas atraves da educação. Esse projeto está presente em5 paises em Africa e America Latina com parceria de agencias missionarias. Aguardo ansiosamente esse livro para crescer no conhecimento e poder continnuar glorificando a Deus, edificando o proximo e sinalizando o Reino! Juntos pela causa do Mestre, Andrea.

  9. #9 por Markeetoo em 22/09/2009 - 11:53

    Temos tentado mudar a realidade onde estamos inseridos. Acho que o papel da Igreja (nós, não um prédio um denominação) é transformar a triste e dura realidade de tantos que vivem uma vida miserável (em todos os aspectos) através das boas novas, que não é somente dizer que Deus as ama e esperar que apareçam todos os domingos em nossa igreja, e sim através do amor (que só pode ser resultado de comunhão com Deus) e de buscar através de atitudes práticas instituir o Reino de Deus ali.

  10. #10 por Itamar da Silva em 22/09/2009 - 11:53

    Que Deus continue a ser uma benção em sua Vida – E que Êle possa: Através de Cristo Jesus,
    proporcionar felicidade em abundância com os seus queridos e que esté livro abençõe a vida de seus leitores… Missão Integral: No meu modesto pensar é mudança de vida de testemunho através de meu relacionamento intimo e pessoal com Cristo. Ser o bom perfume de Cristo aos que estão a minha volta.
    E fazer diferença no meio em que estamos inseridos na sociedade bem como na vida comunitária.

  11. #11 por Tiago César de Siqueira em 22/09/2009 - 11:57

    Missão Integral é um estilo e vida! É o estilo de vida que todo verdadeiro cristão deve adotar! É estar pronto e disposto pra cumprir nosso chamado com qualquer pessoa, em qualquer lugar, de qualquer maneira…
    Eu faço parte de um grupo da ABU (Aliança Bíblica Universitária) e levar o evangelho entre os estudantes é uma tarefa árdua, mas tenho ciência que devo ser exemplo, não só falar do amor de Cristo, mas principalmente vivê-lo, amar as pessoas, me compadecer de suas dores e me dedicar a elas. Através de uma mudança no meu comportamente e estilo de vida, algumas pessoas tem reparado que há algo diferente, que uma luz especial é transmitida em minha vida e, se Deus quiser, muitas almas se renderão ao amor do Pai através da minha vida.
    Espero que todos os irmãos entendam o sentido da Missão Integral e apliquem em suas vidas, pois é um modo de vida que o próprio Cristo viveu e quer que vivamos
    Deus abençõe
    abraços

  12. #12 por Deivys em 22/09/2009 - 11:57

    Não tenho nenhuma experiência para contar, estou conhecendo mais sobre o assunto agora.

    Acredito que Missão Integral é algo fundamental para que a Igreja faça diferença num mundo onde as pessoas estão cansadas de filosofias e de ouvir discursos sobre Deus.

    É uma forma de usarmos tudo o que temos, sabemos e somos para contribuir na implantação do Reino de Deus quebrando assim o paradigma evangélico dos últimos dias de que só “faz a obra” quem é um pastor, missionário, ministro de louvor, etc..

  13. #13 por Thiago Surian em 22/09/2009 - 11:58

    Antes que alguém aqui me detone por minha opinião, já vou explicando que ela é baseada no que estudei sobre “Missão Integral” e no que tenho visto e sentido na maioria dos meus amigos que aderiram à essa nova onda.

    Eu confesso que achei pontos muito positivos na proposta da Missão Integral, mas o que estou vendo na prática é só mais uma moda inútil para intelectualóides usarem como desculpa para criticar os outros trabalho históricos e atuais, cruzando os braços com “desculpa perfeita”para isso, como aconteceu com tantas outras modas que já passaram e não acrescentaram em nada, mesmo com boas intenções, dentro da nossa religião, o Cristianismo.

    Acho interessante qualquer proposta que una Ação Social com evangelização. O embaçado é ficar ouvindo que “Jesus fazia Missão Integral”, que “Missão Integral é dever de todo cristão” e blá blá blá.. Como se o a obra de Jesus fosse social, sendo que foi. O trabalho social de Jesus foi CONSEQÜÊNCIA de sua Obra, mas não a essência da mesma (Jo 3:16).

    Vejo tanta gente FALANDO de Missão Integral, principalmente para agredir outros modelos missionários, mas PRATICANDO a MI tá difícil de ver, eu confesso a vocês.

    Se pararem de absolutizar essa onda de “Missão Integral” e a tratarem como ela realmente é, apenas uma proposta, e colocarem em prática sem ficar detonando os trabalhos e modelos missionários já existentes, a MI poderá acrescentar bastante na evangelização, mas da maneira como está sendo executada pelos que estão próximos a mim, sinceramente, eu dispenso qualquer contato. Obrigado.

  14. #14 por Ninna Amaral em 22/09/2009 - 12:18

    A missão integral está relacionada à relação igreja/sociedade, e como o corpo de Cristo, deve se portar frente às situações atuais. Tendo em vista a visão integradora que, que Jesus propôs.
    Levanto em conta as questões sociais, e práticas de vida, e as questões que mostram a proclamação da graça de Jesus, que muda a nossa realidade interior. Essas questões devem caminhar unificadas, e se estabelecerem como um todo na vida do Cristão, tendo como ponto de partida a fé em Jesus, e o reconhecimento de tudo que ele tem feito pelos teus filhos.
    A missão integral é um chamado para todos os cristãos que de alguma forma entenderam que a justiça e o amor de Deus se aplicam pela proclamação do reino, através de palavras e de mudanças práticas que afetarão a vida do indivíduo por completo.

  15. #15 por Saimon Dias em 22/09/2009 - 12:31

    Acho q esse forum não é pra ficar debatendo o que é Missão Integral. Está escrito lá em cima “Em que área você ou a sua igreja podem atender aos desafios da missão integral? Aponte alguma experiência ou caminho que revelem o compromisso prático da fé cristã.”

  16. #16 por Thiago Surian em 22/09/2009 - 12:44

    Entrei aqui para ver outras opiniões e exemplos práticos do que pode ser uma bem sucedida “Missão Integral”. O que vi aqui, não me pareceu ainda “Missão Integral”, mas trabalhos já realizados sob outras bandeiras e que agora são nomeados como “Missão Integral”. Gostaria de saber como os irmãos estão PRATICANDO a Missão Integral em suas vidas e comunidades, mas como algo que se encaixa nessa nova onda, não trabalhos já existem que apenas estão tendo suas bandeiras trocadas.

    O pedido “Aponte alguma experiência ou caminho que revelem o compromisso prático da fé cristã.” não é necessariamente remetido à MI, mas pode abrangir diversas outras experiências de Missões, como as descritas até agora nesse fórum.

    Espero que a MI se torne mesmo algo positivo, como é em seu ideal, mas, pessoalmente, ainda gostaria de ver algo concreto do sucesso dessa nova proposta.

    Deus abençoe a todos.

  17. #17 por Leonardo Caldeira em 22/09/2009 - 15:11

    Respondendo à pergunta proposta pelo Fórum:

    Não somente estando INSERIDO nas problemáticas sociais, mas sendo RELEVANTE e oferecendo respostas claras e eficazes para essa sociedade. Apresentando como igreja, a verdadeira proposta de Cristo de transformação integral do ser humano.

    *Em nossa comunidade temos um projeto voltado para a área da educação, localizado em um contexto social de extrema desigualdade, pobreza e violência. Temos o sonho de transformá-lo em uma escola de tempo integral oferecendo amor, valores cristãos vividos na prática, educação de inclusão e qualidade.

    *Não somente com “ação social” mas no contexto cultural, e artístico. Com eventos gratuitos em locais estratégicos da cidade, investindo em relacionamento e explicitanto aspectos de cidadania moral e ética baseados no cristianismo, buscando corresponder integralmente com as problemáticas existênciais e comunitárias de cada indivíduo.

    Abraço a todos. DEUS abençoe

  18. #18 por Saimon Dias em 22/09/2009 - 19:00

    Thiago, tem muita gente fazendo missão integral mano. Irmãos trabalhando seriamente em todos as areas da sociedade – politica, economia, educação, artes, musica, etc. Sugiro que vc navegue no site http://www.renas.org.br/ e de uma olhada no mapa da Ação Social. Missão Integral não é moda, não é onda, é atitude. Atitude de confronto com os nossos paradigmas. Abraço.

  19. #19 por guimard em 23/09/2009 - 03:34

    Missaõ integral disse respeito ao ser humano como um todo. È a relação entre ‘ser’ e ‘fazer’, o ‘espiritual’
    e o ‘físico’, o ‘indivíduo’ e o ‘social’, o ‘sagrado’ e o ‘secular’, a ‘justiça’ e a
    ‘misericórdia’, o ‘testemunho’ e a ‘unidade’, a ‘pregação da verdade’ e o ‘praticar a
    verdade’, e assim por diante.
    Na nossa igreja temos um ministerio de ação social e impacto pessoal que desenvolve um trabalho excelente de evangelismo e impactos sociais em todas as classes sociais.
    um abraço.

  20. #20 por barbara HP em 23/09/2009 - 22:58

    queridos…

    Entendemos que Missão Integral não tem absolutamente nada a ver com uma “moda inútil para intelectualóides usarem como desculpa para criticar os outros trabalho históricos e atuais”…

    …e muito menos inclui em sua proposta “ficar detonando os trabalhos e modelos missionários já existentes”

    A nomenclatura utilizada, é “Missão Integral” simplesmente porque é uma definição que exprime bem o significado a ser expressado atravéz das ações, e não tem a intenção de DIVIDIR, SEGREGAR, menos ainda de se apresentar como uma MODA, ou ONDA gospel.

    Vamos parar de reproduzir esse modelo “academiscista” irmãos… estamos falando de REINO de DEUS, uma proposta de ação não exclui outra e nem se coloca numa posição SUPERIOR.

    Não precisamos querer “ver algo concreto do sucesso dessa nova proposta” pois além de não nos encaixarmos nessa lógica de “produtividade, mérito (se der certo é bom se não der é ruim…)”, não precisamos EXALTAR e “TESTAR” um “modelo” ou proposta… creio que o propósito até mesmo deste FORUM é apenas compartilhar dificuldades, e experiências para crescermos em qualidade na propagação do REINO de DEUS

    Obrigada. DEUS abençoe a TODOS

  21. #21 por barbara HP em 23/09/2009 - 23:09

    em nossa comunidade, estamos inseridos em várias áreas da sociedade tentando levar o Cristianismo e seus valores e propostas éticas atravéz de ações de cidadania e inclusão.

    Encontramos dificuldades de recursos (principalmente financeiros) para guiar os projetos… mas temos experiências maravilhosas de transformação e restauração de indivíduos, e comunidades.
    Temos missionarios executando trabalhos lindos em varios locais em todo o Brasil, inseridos em várias questões politicas (em elaborações de politicas publicas voltadas para povos que carecem de representação e que muitas vezes são excluídos desses processos fundamentais), culturais… etc.

  22. #22 por Marcos em 24/09/2009 - 02:40

    Confesso que sempre tive vontade de me envolver visceralmente com a missão cristã de forma integral, mesmo quando não conhecia o termo tão em voga ultimamente. As oportunidades institucionais eclesiásticas não foram muitas, mas não uso isso como desculpa. Assim, em momentos pontuais de minha vida, participei de algumas campanhas, bem assistencialistas, nada a longo prazo, por falta de um plano estratégico. Mas não me arrependo. Hoje, procuro me capacitar em minha área de atuação profissional para auxiliar pessoas (pertencentes ou não à minha comunidade cristã) tanto com informação quanto com o próprio serviço. Participo também da Aliança Bíblica Universitária e da RENAS Jovem, entidades que têm praticam a Missão Integral. Sem tender a extremismos, concordo, em parte, com o que o Tiago escreveu…

    Na graça e amor de Cristo.

  23. #23 por Erasmo Porto em 24/09/2009 - 14:14

    Em nossa Igreja ( Evangélica Congregacional Campograndense, em Campo grande-RJ ) tem sido realizado, um trabalho com população de rua. Uma vez por semana com distribuição de alimentos, roupas, calçados, além de corte de cabelo, barba e higiene pessoal, etc. Após um lanche, todos se reunem para ouvir a pregação da Palavra. Um passa a notícia para outro e o grupo sempre tem cara nova. Uma equipe do Departamento de Ação Social da Igreja realiza este trabalho há vários anos. Já colhemos alguns frutos. Alguns tem voltado à Igreja para os cultos e até já se tornaram alunos da EBD. Além disso, o DAS distribui cestas básicas e remédios à diversas familias carentes.Louvamos a Deus pelo privilégio de poder cumprir esta missão.

  24. #24 por Débora Ramlow em 27/09/2009 - 11:28

    Compreender o cristianismo como um estilo de vida abrangente, integral, eis o desafio.
    Nossos projetos são apenas um reflexo de uma compreensão que precisa acontecer antes em nossos corações.

  25. #25 por Isabella Passos (BH.MG) em 27/09/2009 - 13:28

    Não me iludo que se dermos educação a população as coisas naturalmente irão melhorar, mas creio sim, que o mínimo que cada igreja possa fazer, é se responsabilizar por uma escola, creché, um centro educacional/ cultural numa localidade na qual esteja inserida … Imagina se cada igreja cuidasse de uma pequena escola? Obviamente sem interferência do Estado …

  26. #26 por Carlos Lucio Garcia Costa em 29/09/2009 - 10:28

    Ano de 2001. Deus colocou no meu coração a necessidade de trabalhar com a liderança cristã na cidade de Varginha (MG), uma cidade com cerca de 100 mil habitantes. A princípio pensava que existiam apenas seis igrejas na cidade: Presbiteriana, Batista, Assembléia de Deus, IEQ, Sara Nossa Terra e Renascer em Cristo. O desejo para conhecer a Igreja de Deus naquele lugar fez-me começar a percorrer cada rua e viela da cidade em busca dos trabalhadores na vinha do Senhor. Anotava o nome e endereço de cada igreja e congregação cristã que encontrava pelo caminho. Fiquei surpreso ao cadastrar mais de setenta ministérios trabalhando em prol do Reino. Meu desejo era compartilhar com todos os líderes das igrejas as coisas que Deus falava ao meu coração a respeito da Igreja e do Reino de Deus. Para ajudar nessa missão criei um jornal de nome “Urro do Leão” onde escrevia sobre amor, perdão, unidade, etc. Fazia uma impressão a laser A4 da matriz do jornal e reproduzia em cópias distribuídas pessoalmente para cada pastor (o jornal era endereçado para o pastor da igreja). Iniciava uma solitária campanha em prol da unidade me apresentando, conversando e orando com os pastores e líderes eclesiástico das mais diferentes denominações cristãs evangélicas. Alguns se juntaram e começamos a reunir alguns pastores para orar durante 30 dias pela Igreja. A partir daí Deus foi movendo seus filhos em diferentes sentidos até que nossos encontros se transformaram em um café da manhã mensal com os pastores e líderes evangélicos da cidade. Não demorou muito para que em 2002 fosse criado o primeiro conselho de pastores, CONPEV – Conselho de Pastores Evangélicos de Varginha – MG. Em mais de 70 anos de evangelho desde a primeira igreja protestante ser fundada em Varginha, o número de cristãos evangélicos não chegava a 5% da população da cidade. Não havia um crescimento real da Igreja, mas membros mudavam de igreja para outra igreja, levando consigo fofocas e intrigas; causando inimizades entres os pastores e ministérios. Mas Deus com grande amor e misericórdia começou a mudar a história da Igreja na cidade de Varginha, em Minas Gerais. Muitos feitos foram relatados durante esse tempo: comercio de artigos de rituais afro-brasileiro foi fechado, peregrinações mensais de idolatria à Aparecida em torno de uma árvore cessaram, pessoas converteram-se a Cristo, as igrejas se aproximaram e passaram a ser mais presente na vida social e política da cidade. Varginha foi o campo experimental daquilo que Deus quer fazer conosco em unidade. Tenho em meu coração um projeto chamado REIS – Rede de Evangelização Integrada do Sul de Minas Gerais – esperando parceiros, cooperadores e trabalhadores para esse desafio. Veja: http://www.urrodoleao.com.br/sul-de-minas-para-cristo.htm

  27. #27 por Carlos Muniz em 30/09/2009 - 09:40

    A Bem Estar do Menor, uma entidade fundada em 1973 por um casal missionário holandês aqui em Sabinópolis, interiorzão de Minas Gerais, é uma ação típica de Missão Integral (visite http://www.bem-br.org). Foi fundada a partir do reconhecimento prático de que é impossível pregar o evangelho num contexto de extrema pobreza, miséria mesmo, fome, desigualdades, injustiças e não fazer nada para “curar os cegos, visitar as viúvas, atender os órfãos…”. Hoje a BEM está presente em 8 cidades de nossa região (uma das mais pobres de Minas, ao lado aqui do “famoso” Jequitinhonha), atendendo milhares de pessoas, entre crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos. São 36 anos mudando os rumos de vidas e de famílias inteiras sem perspectivas, tanto pela ação social, pela pregação pura e simples do evangelho… como pela “vivência” do evangelho sem alardes, sem buzinas, sem mídias.
    E a glória… disso tudo… pertence a Deus.

  28. #28 por Carlos Lucio Garcia Costa em 30/09/2009 - 10:27

    Danilo Elias :Acho que há um certo erro em como a missão integral é vista. Recentemente estava batendo um papo sobre o que é missão integral.Missão integral não é somente abrigar o morador de rua, libertar os cativos, alimentar os famintos ou auxiliar o pobre. Isso na verdade é AÇÃO SOCIAL, e está dentro também da MISSÃO INTEGRAL.A missão integral é uma cosmovisão, onde o todo de todos é considerado.A missão integral é função de TODOS os cristãos.Para realizar a missão integral a igreja deve entender que sua preocupação é com a pessoa não somente em seu estado espiritual. Mas tratando de seu corpo, sua alma e seu espirito. Em nossa igreja (IPI do Ipiranga) possuimos um albergue que atende aprox 200 pessoas/dia. Ao realizarmos esse trabalho suprimos a carência do corpo (dando onde dormir e onde comer), incentivamos sua alma (ao incentivarmos a busca pela melhora de sua situação de dependência, fazendo assim com que sua auto-estima melhore) e suprimos seu espirito (dando lhes alternativa de se decidir por Cristo sem realizar proselitismo, permitinado também da escolha contrária a Cristo se for este o desejo).Mas venho me perguntando o que eu, Danilo, jovem de 21 anos, posso fazer.Olhando pela perspectiva da missão integral, a melhor coisa que posso fazer é além de auxiliar os projetos sociais (realizando assim a ação social), é ser integral chorando com os que choram, me alegrando com os que se alegram. Ter a missão integral como uma bandeira cristocentrica, onde quem olhar verá que eu sou Cristão pelas minhas atitudes, e não pelas minhas regras.Sendo o amigo que ouve, sendo o filho que obedece, sendo o namorado que ama, sendo o colega que respeita, sendo o Cristão que pode ser chamado de mini-Cristo e não de mais um crentino(crente com cretino).

    O Danilo Elias falou algumas coisas bem legais. Uma vez um missionário disse que o Evangelho é a obra social. Mas lembremos que o Evangelho é primeiro a boa nova do Reino de Deus. O Reino é uma realidade, mas o coração humano é a porta para nos adentramos no Reino como súditos-filhos. E a chave para abrir o coração humano? É o amor. Deus é amor. Missão integral é também amar.

  29. #29 por Carlos Lucio Garcia Costa em 30/09/2009 - 11:00

    Débora Ramlow :Compreender o cristianismo como um estilo de vida abrangente, integral, eis o desafio.Nossos projetos são apenas um reflexo de uma compreensão que precisa acontecer antes em nossos corações.

    Gostei do que a Débora Ramlow disse.

    O termo missão integral nos chama a atenção, nos faz os olhar novamente para o Evangelho. O seu significado é justamente esse, a missão do jeito e como Jesus ensinou, sem nenhuma modificação ou beneficiamento. Em outras palavras, Missão Integral é voltar ao primeiro amor (AP 2:4). Missão* é a função ou o poder conferido a alguém para fazer alguma coisa; comissão diplomática; o trabalho dos missionários ou dos comissionados. Esta função, poder ou autoridade Jesus Cristo deu a Igreja. A obra social pode ser uma conseqüência desta missão*. A pergunta é qual é a missão que nos foi dada por Cristo? A missão* principal é anunciar o Evangelho (Jo 3:16) e através dele levar a salvação de Deus a todo homem pelo arrependimento e remissão dos pecados através de Jesus Cristo. Subsequentemente libertar cativos, destruir as fortalezas do diabo, curar enfermos, ensinar a doutrina dos apóstolos, comungar e viver em comunhão, amar… São conseqüências daquilo que contemporaneamente estamos chamando de Missão Integral. O amor é a força impulsora para se fazer missão integral.

  30. #30 por Carlos Lucio Garcia Costa em 30/09/2009 - 11:11

    Carlos Lucio Garcia Costa :

    Débora Ramlow :Compreender o cristianismo como um estilo de vida abrangente, integral, eis o desafio.Nossos projetos são apenas um reflexo de uma compreensão que precisa acontecer antes em nossos corações.

    Gostei do que a Débora Ramlow disse.
    O termo missão integral nos chama a atenção, nos faz os olhar novamente para o Evangelho. O seu significado é justamente esse, a missão do jeito e como Jesus ensinou, sem nenhuma modificação ou beneficiamento. Em outras palavras, Missão Integral é voltar ao primeiro amor (AP 2:4). Missão* é a função ou o poder conferido a alguém para fazer alguma coisa; comissão diplomática; o trabalho dos missionários ou dos comissionados. Esta função, poder ou autoridade Jesus Cristo deu a Igreja. A obra social pode ser uma conseqüência desta missão*. A pergunta é qual é a missão que nos foi dada por Cristo? A missão* principal é anunciar o Evangelho (Jo 3:16) e através dele levar a salvação de Deus a todo homem pelo arrependimento e remissão dos pecados através de Jesus Cristo. Subsequentemente libertar cativos, destruir as fortalezas do diabo, curar enfermos, ensinar a doutrina dos apóstolos, comungar e viver em comunhão, amar… São conseqüências daquilo que contemporaneamente estamos chamando de Missão Integral. O amor é a força impulsora para se fazer missão integral.

    E disse Jesus: Vamos fazer Missão Integral! Perguntam então os seus discípulos: Mas como se dará isso? Respondeu Jesus: Descerá sobre vocês o Espírito Santo e o poder do Altíssimo envolverá vocês. E disse-lhes: Ide (dando passos e acompanhando alguém) por todo o mundo, pregai (falando por meio de palavra, manifestando idéias, conversando, discursando) o evangelho a toda criatura. (Mc 16:15)

  31. #31 por Isaac em 30/09/2009 - 11:18

    Missão integral é levar a verdade do Evangelho de uma maneira prática e completa , sem excluir nenhum aspecto da existencia humana , ou seja levar o evangelho todo para o homem todo.

  32. #32 por Isaac em 30/09/2009 - 11:28

    Podemos agir em muitas areas social ,ecologica ,politica e até mesmo dentro da igreja. Com criatividade e sabedoria que Deus deu para nós , expressando aquilo que tanto dizemos acreditar no Amor de Jesus pelos homens .Missão integral na verdade é ser um Cristão de verdade.

  33. #33 por Carlos Lucio Garcia Costa em 30/09/2009 - 11:31

    Isabella Passos (BH.MG) :Não me iludo que se dermos educação a população as coisas naturalmente irão melhorar, mas creio sim, que o mínimo que cada igreja possa fazer, é se responsabilizar por uma escola, creché, um centro educacional/ cultural numa localidade na qual esteja inserida … Imagina se cada igreja cuidasse de uma pequena escola? Obviamente sem interferência do Estado …

    Olá, Isabella. O pastor Ed. Silvoso tem uma teoria muito interessante a respeito da integração do individuo, da Igreja, do Reino de Deus, do Mercado, da Cidade e da Nação. (www.urrodoleao.com.br/estudos-0019.htm ). Acho que vale a pena se discutir essa integração também porque faz parte do contexto de missão integral. Mas pessoalmente tenho muito receio de escolas administradas por igrejas. Se sua gestão não for bastante saudável não fará nenhuma diferença das escolas públicas. Falo isso pelo modelo das escolas “cristãs” que temos hoje onde o ensino é ruim, o preço é salgado, se doutrinam (não a doutrina dos apóstolos) usos e costumes, e cristão é só parte do nome em uma placa publicitária. Acredito que os líderes têm a incumbência de ensinar (e no púlpito), de ser um farol, uma placa indicativa; instruindo o povo de Deus numa cosmovisão neo-testamentária. Assim como Moisés foi e fez com o povo hebreu no deserto.

  34. #34 por Ezequais Souza Santos em 30/09/2009 - 11:35

    Na área da educação, temos uma creche e uma escola, uma comunidade terapêutica e ainda uma Fundação, mantenedora destes projetos e de outros sociais que aliam a fé cristã a prática e manifestação das obras por meio de ações concretas para que o mundo veja e glorifique o nosso Pai celestial (mateus 5:16 vss..)

  35. #35 por Lucas Castro (BH-MG) em 30/09/2009 - 12:31

    Missão integral, começa primeiro por transformar humanos com essências de ser humano. Não “corpos ambulantes com um cérebro em cima”. E isso se dá principalmente na esfera da família e da educação (escola). Missão integral é transformar pessoas desintegradas em pessoas integradas, com consciência absoluta de seus papéis sociais e éticos. É agir de maneira ecológica, ou seja, germinando vidas, fazendo pessoas, em suas essências, renascerem (não como Nicodemos pensou).
    Família e Escola (educação), esferas que não podem pertencer ao Estado e ao Mercado, precisam pertencer à Deus. Começa aqui a essência da missão integral.

  36. #36 por Lucas Castro (BH-MG) em 30/09/2009 - 12:35

    Sugiro o CADI. Centro de Assistência e Desenvolvimento Integral (http://www.cadi.org.br/).

    eles conseguiram entender bem o que é Missão Integral, crendo somente na soberania de Deus sobre todas as esferas sociais (SOLI DEO GLORIA)

  37. #37 por Daniel Liberato em 08/10/2009 - 14:07

    Sou pastor auxiliar da Comundiade Evangélica Adorai em São vicente – SP.
    Em nossa comunidade temos um trabalho de recuperação de dependentes químicos.
    Abrigamos em nossas Casas aproximadamente 50 pessoas, entre homens e mulheres, que estão em processo de recuperação.
    Através deste trabalho percebemos que não ajudamos apenas o dependente mas também sua família.

  38. #38 por Leonardo Vicente Ribeiro em 15/10/2009 - 16:51

    Trabalho com o ministério de missões, evangelismo e discipulado na igreja. Tenho a vocação para a obra missionária no momento estou em preparo no CIEM para realizar a obra de Deus de forma certa. Temos muito falado sobre missão integral no seminário e o livro de C. René parece ser uma boa ferramenta para a formação do obreiro transcultural. Para que a missão de Cristo seja realizada corretamente e que nossa igreja e sociedade viva a Glória de Deus em todos os confins da Terra.

  39. #39 por Eliandro Viana em 17/10/2009 - 02:28

    Não tenho pretensões, de dar uma “nova” contribuição, nem de responder a celebre pergunta, apenas quero manifestar algumas impressões a respeito. Missão Integral seria o esforço da limitação humana em compreender a dimensão da Missio Dei? Seria a busca reflexiva que se propõe extrair do evangelho todo seu conteúdo em relação a doutrina e práxis? Aprecio a frase do Pacto de Lausane: “O evangelho todo, para o homem todo e para todo o homem em todos os lugares (em todas as esferas da vida humana e do planeta).” Esta apresenta o evangelho aplicado a todas as esferas da vida. Seria, portanto o evangelho em sua totalidade alcançado o homem na sua mais complexa totalidade pessoas e circunstancial?
    Missão Integral seria…

    1. Responder (cumprir) a Grande Comissão?
    Mateus 28:19-20 “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos”.

    2. Movido (obedecendo) pelo Grande Mandamento ?
    Mateus 22.35 a 39 – “Um doutor da lei interrogou a Jesus, para experimentá-lo, dizendo: Mestre, qual é o grande mandamento da lei? E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.”
    O grande mandamento é o amor e o amor é o que amor faz.

    3. Suprindo (atendendo) a Grande Necessidade?
    Mateus 25. 35 – 40 “Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me. Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.”

    A graça comum desenvolve o senso de direitos humanos, cidadania, justiça, planejamento e aplicação de políticas públicas nas mais complexas áreas da vida humana e do meio ambiente. Todo esforço feito hoje pelo homem comum (Também chamado de ímpio) é fruto de algo que Deus comunicou a ele por meio da graça comum. Maior sensibilidade, estratégia, planejamento e implementação de conjunto de ações sejam curadoras, sejam preventivas ou sejam para assegurar direitos; devem (deveria) partir daqueles (Cristãos evangélicos) que desfrutam não só da Graça comum, mas também da Graça especial que é Palavra de Deus e o próprio Cristo?

    Missão Integral ainda está para se tornar o vernáculo da igreja brasileira? Missão Integral ainda está para sair da discussão ortodoxa e tornar-se a ortopraxia da igreja brasileira?

    Assim como a “igreja” instituição, se fragmenta ou é mutilada pelas dissidências, assim o conteúdo delas (evangelho) vai se reduzindo ou se partindo ao ponto de quase não ser possível remontá-lo a forma plena. Com a fraqueza pintada neste quadro, faz-se necessário falar sobre uma mensagem inteira, uma missão integral, um fé operante, uma vida plena e abundante. Faz-se necessário reformar, remontar o quebra cabeça daqueles que perderam a cabeça, se corromperam e corromperam a mensagem de Jesus Cristo. Além de juntar os pedaços quebrados de uma mensagem de redenção e justificação, também se faz necessário colocá-la no centro, pois a pureza da mensagem deixou o centro da pregação, lugar hoje ocupado pelo homem e seus próprios interesses e vaidades. Integralizar a missão, centralizar quem comissionou significa quase o mesmo que despregar um “outro evangelho” que está sendo pregado e feito isso, pregar o evangelho do Reino.

    Enfim responder o que é missão integral é sempre perguntar qual foi ou o que é a missão original? Ou qual é a pessoa central nessa comissão e missão? Qual a pretensão sacrifical do salvador? Como se vive este amor redentor? Desencadeando muitas outras perguntas quem sabe ficaremos mais conscientes de que estamos longe de responder com nossa vida prática o que é missão integral.

    Um despedaçado tentando integrar-se a missão.

  40. #40 por Eliandro Viana em 17/10/2009 - 02:30

    Eliandro Viana :Não tenho pretensões, de dar uma “nova” contribuição, nem de responder a celebre pergunta, apenas quero manifestar algumas impressões a respeito. Missão Integral seria o esforço da limitação humana em compreender a dimensão da Missio Dei? Seria a busca reflexiva que se propõe extrair do evangelho todo seu conteúdo em relação a doutrina e práxis? Aprecio a frase do Pacto de Lausane: “O evangelho todo, para o homem todo e para todo o homem em todos os lugares (em todas as esferas da vida humana e do planeta).” Esta apresenta o evangelho aplicado a todas as esferas da vida. Seria, portanto o evangelho em sua totalidade alcançado o homem na sua mais complexa totalidade pessoal e circunstancial?Missão Integral seria…
    1. Responder (cumprir) a Grande Comissão?Mateus 28:19-20 “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos”.
    2. Movido (obedecendo) pelo Grande Mandamento ?Mateus 22.35 a 39 – “Um doutor da lei interrogou a Jesus, para experimentá-lo, dizendo: Mestre, qual é o grande mandamento da lei? E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.”O grande mandamento é o amor e o amor é o que amor faz.
    3. Suprindo (atendendo) a Grande Necessidade?Mateus 25. 35 – 40 “Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me. Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.”
    A graça comum desenvolve o senso de direitos humanos, cidadania, justiça, planejamento e aplicação de políticas públicas nas mais complexas áreas da vida humana e do meio ambiente. Todo esforço feito hoje pelo homem comum (Também chamado de ímpio) é fruto de algo que Deus comunicou a ele por meio da graça comum. Maior sensibilidade, estratégia, planejamento e implementação de conjunto de ações sejam curadoras, sejam preventivas ou sejam para assegurar direitos; devem (deveria) partir daqueles (Cristãos evangélicos) que desfrutam não só da Graça comum, mas também da Graça especial que é Palavra de Deus e o próprio Cristo?
    Missão Integral ainda está para se tornar o vernáculo da igreja brasileira? Missão Integral ainda está para sair da discussão ortodoxa e tornar-se a ortopraxia da igreja brasileira?
    Assim como a “igreja” instituição, se fragmenta ou é mutilada pelas dissidências, assim o conteúdo delas (evangelho) vai se reduzindo ou se partindo ao ponto de quase não ser possível remontá-lo a forma plena. Com a fraqueza pintada neste quadro, faz-se necessário falar sobre uma mensagem inteira, uma missão integral, um fé operante, uma vida plena e abundante. Faz-se necessário reformar, remontar o quebra cabeça daqueles que perderam a cabeça, se corromperam e corromperam a mensagem de Jesus Cristo. Além de juntar os pedaços quebrados de uma mensagem de redenção e justificação, também se faz necessário colocá-la no centro, pois a pureza da mensagem deixou o centro da pregação, lugar hoje ocupado pelo homem e seus próprios interesses e vaidades. Integralizar a missão, centralizar quem comissionou significa quase o mesmo que despregar um “outro evangelho” que está sendo pregado e feito isso, pregar o evangelho do Reino.
    Enfim responder o que é missão integral é sempre perguntar qual foi ou o que é a missão original? Ou qual é a pessoa central nessa comissão e missão? Qual a pretensão sacrifical do salvador? Como se vive este amor redentor? Desencadeando muitas outras perguntas quem sabe ficaremos mais conscientes de que estamos longe de responder com nossa vida prática o que é missão integral.
    Um despedaçado tentando integrar-se a missão.

  41. #41 por Mario Gonçalves em 19/10/2009 - 08:03

    Missão Integral é caminhar rumo ao céu mas com os pés na terra. Por onde passarmos lançarmos sementes do Reino de Deus fazendo daqui (enquanto não vamos para “lá”) um lugar melhor para se viver…

  42. #42 por Daniel De Luca em 19/10/2009 - 08:50

    Sabendo que a redençào opera em todas as esferas do homem, procuramos desenvolver em nossa igreja local trabalhos onde aplicamos os princípios do Reino. Temos um centro educacional infantil, para promover já nos primeiros passos o ensino das Escrituras e da cultura do Reino nas crianças. Temos alguns pontos de pregação em áreas de nossa cidade que carecem de maiores cuidados do poder público; em breve teremos um programa na TV local onde iremos expor os princípios do Reino.
    Creio ser de suma importância que se discuta e se desenvolva o conceito de “Missão Integral”, aprendendo com os sucessos de outros ministérios em sua aplicabilidade, assim como desenvolver uma “nova cultura” entre o povo cristão, uma nova forma de olhar a realidade e a existência do homem na terra, enquanto feito à imagem e semelhança do Criador.

  43. #43 por Júlio Cesar Guimarães em 19/10/2009 - 09:07

    Missão integral é enxergar o próximo e suas necessidades em todos os aspectos de sua vida e tomar atitudes que modifiquem a sua realidade!

(não será publicado)

Current ye@r *