Teologia e Hermenêutica

Formas práticas de se aplicar as “5 solas”.

reforma-protestante_charge

 

Formas práticas de se aplicar as “5 solas” da reforma em sua vida!
Fiz essa lista, pois muitas vezes nós reformados ficamos aplicando os 5 pilares da reforma para os católicos ou neopentecostais, precisamos também aplica-las para nós, pois nossa vida precisa sempre estar se reformando.

SOMENTE A BÍBLIA
– Estude a bíblia diariamente, não adianta você ter acesso a ela e não colocar em prática sua vida devocional.
– Frequente uma igreja em que o pastor pregue com frequência de forma expositivo: focando em um único texto podemos entender claramente o contexto em que o texto foi escrito. Isso facilita muito o entendimento do texto, sem contar que ninguém aguenta mais pregação colcha de retalhos (muitos versículos e pouca profundidade)
– Participe de um pequeno grupo durante a semana; você não precisa de um pastor para entender a Palavra de Deus, mas a interpretação indutiva comunitária ajuda muito, sem contar que facilita muito a aplicação da Palavra.
– Busque informações sobre o livro da bíblia que você vai estudar. Sempre é bom entender o contexto de um texto antes de estudar, isso pode ser na EBD, em cursos livre de EAD, em podcasts ou comentários bíblicos. Mais >

Cabeça & Coração

  

Existem conflitos que é melhor não resolvermos porque senão piora.

Por exemplo a natureza de Jesus. Se afirmamos que ele é 100% divino, abandonamos dezenas de versículos e fatos que mostram que ele foi e é humano; se afirmamos que ele é 100% humano, abandonamos muitos versículos e provas que falam que ele era e é Deus; e se falarmos que ele é mesclado, que é 50% cada um, cometeremos um erro pior, pois tiramos a integralidade das naturezas do Cristo.

Esse conflito não podemos resolver, temos apenas que aceitar que ele é 100% Deus e 100% homem. Administramos isso com fé e discernimento.

A mesma coisa é o conflito entre coração e cabeça, ou fé e a razão!

Por um lado todos nós buscamos algo racional, que faça sentido, que possamos mensurar e avaliar. Nos sentimos seguros quando encontramos realidades racionais. Afinal a razão é o que nos diferencia dos animais.

Mas por outro lado, algo em nós pede transcendência, pede fé, pede um sexto, sétimo e oitavo sentido. Nos sentimos desafiados a viver uma vida de impossíveis. Afinal de contas, a fé é que nos faz viver a realidade do alto.

As vezes queremos resolver esse conflito e escolhemos um lado e acabamos matando os dois. A solução é não resolver o conflito escolhendo um lado, e sim viver os dois lados 100% ao mesmo tempo, administrando com fé e discernimento.

Mais imagens e reflexões no Instagram @marcosbotelho

Bíblia do Thalles e outras bíblias | Teologeeks #01

Conheça o novo vlog dos teólogos Marcos Botelho e Victor Fontana, nesse episodio vão falar de como chegamos a ter bíblia para tudo…

As fases dos adjetivos da Bíblia:
– Tradução da Bíblia
– Bíblia comentada
– Bíblia para grupo sociais
– Bíblia personificada no artista.

Qual o bordão que eles podem ter no Teologeeks?

Mais >

Pregando Jesus no Antigo Testamento

yeshua

Jesus é o verdadeiro e melhor Adão, que passou pelo teste no jardim e cuja obediência é imputada a nós.

Jesus é o verdadeiro e melhor Abel que, apesar de inocentemente morto, possui o sangue que clama, não para nossa condenação, mas para completa absolvição.

Jesus é o verdadeiro e melhor Abraão que respondeu ao chamado de Deus para deixar todo o conforto e a família e saiu para o vazio sem saber para onde ia, a fim de criar um novo povo de Deus. Mais >

10 observações do filme Noé (2014)

noé-blog

Fui ao cinema ver o filme Noé preparado para me decepcionar, pois tinha ouvido péssimos comentários da turma da minha igreja. Mas para a minha surpresa gostei do filme como entretenimento e como um bom canal para começar alguns debates teológicos.

Eu já fiz um vídeo, com o diretor de cinema Felipe Cagno, falando sobre minha visão do filme (assista aqui), mas vou escrever mais um pouco para os que gostam de ler e não de assistir vlogs.

Vou fazer uma crítica abaixo só com algumas observações e insights que tive ao ver o filme. Não vou me aprofundar, pois o texto ficaria enorme. Também estou interpretando o roteiro inclinado a uma crítica boa, primeiro porque gostei do filme, segundo porque se fosse encontrar “erros” não sobraria nada e nem me daria ao trabalho de escrever esse artigo.

Observações, críticas e analogias teológicas:

Mais >

Sem perdão não há criação!

Nelson-Mandela-fe-em-jesus

Nesse último mês de setembro, eu e minha esposa fomos para a África do Sul.

No meio da viagem pegamos um taxi  para percorrer uma estrada e isto levou cerca de  uma hora. O motorista era um homem de aproximadamente 42 anos, negro, e como a maioria dos africanos, muito bem educado e bem humorado.

A Natália não aguenta ficar de boa no banco de trás, logo começou a puxar assunto com o motorista. Descobrimos que ele morava em uma pequena cidade, era casado e pai de 3 filhos.

Ela perguntou como estava a educação e os hospitais das cidades, e ele respondeu que estava indo muito bem, viviam os melhores anos da história da África do Sul. O papo foi fluindo e eu decidi entrar na conversa, pois minha curiosidade para saber os bastidores do pós apartheid era grande. Mais >

O céu não é o meu lugar

ceu

Quem nunca ousou imaginar como será o céu?

Nuvens brancas, fofas e planas, pessoas com mantos brancos. Todos falam bem baixinho, de forma controlada, harpas por todos os lugares com músicas suaves.

Ninguém anda, todos flutuam. As vestes estão impecáveis de tão limpas, afinal não tem onde se sujar. Temos algumas frutas servidas na mesa, mas não precisa comer, é apenas decoração. Ninguém sente cheiro de nada.

Tem muitos abraços, carinho no rosto, mas não tem beijos “calientes” com a amada, não tem mordida, não tem sexo…, socorro! Acho que virei um anjo!!!

Nunca gostei desse céu mitológico da sociedade.

Cadê as cores das matas? O marrom das montanhas? O céu preto da noite nublada? Aqui na terra tive todas as experiências boas com as cores, não quero deixá-las.

Cadê aquele meu amigo que não sabe falar baixo? Cadê o silencio sendo rompido com uma risada escandalosa do meu pai? Cadê o grito da torcida do time do meu coração? Cadê o Rock and Roll? Aqui na terra tive todos os sons, todas as músicas, todos os instrumentos, não quero deixá-los. Mais >