Por muitos anos fui pastor de jovens e adolescentes. Sou da geração seguinte à “revolução” musical nas igrejas, com a entrada da guitarra, bateria e atabaque (esse ainda está se convertendo). Por isso, me sentia na obrigação de, sempre que íamos nos reunir em culto, fazer um louvor “completo”, com todos os instrumentos, os cantores, […]

Continue lendo →

Esta semana participei de um encontro para discutir a liberdade religiosa no Brasil. Estive ao lado de líderes das religiões budista, muçulmana e do candomblé. Confesso que geralmente não aprecio esses debates, pois vejo da parte de alguns uma teologia muito “liberal”, em que os pilares da revelação são relativizados. Mas foi tão bom ouvi-los […]

Continue lendo →

O jornal francês satírico Charlie Hebdo, veio essa semana, depois de um ano do atentado terrorista que sofreu, com uma capa com “Deus” vestido de terrorista sujo de sangue e o título: O assassino continua solto. O assunto é tão complicado que pensei duas vezes em escrever, mas decidi fazer em forma de observações.

Continue lendo →