Blog

Corpo, o templo do Espírito

  
O argumento “seu corpo é o templo do Espírito” (ICo 6:19) sempre foi usado para o antitabagismo aqui nas Américas, mas esse já não é o argumento na Europa.

Quando era seminarista estranhava muito ver os teólogos que lia e admirava fumando nos poucos retratos que tinham (culpa da internet, porque as editoras fizeram de tudo para esconder essas fotos)

Sou super a favor da luta para ter mais pessoas livres do fumo, mas como sempre a religião tem essa velha mania de eleger uns pecados como piores que os outros.

Se levarmos a sério esse argumento, mesmo sabendo que o contexto do texto era a sexualidade, deveríamos estar na luta contra a obesidade, pois essa é a verdadeira doença que está “destruindo” o templo do Espírito.

Falo isso porque vivo na pele. Cada dia sou levado a comer pior e a ter uma vida sedentária na transição entre o banco do carro, cadeira do escritório, sofá de casa e cama.

Deveríamos ser mais coerentes com nossos argumentos, e usar nossa fé para fazer uma auto análise e pensar na saúde do corpo, não de forma hedonista, como vemos tanto hoje, mas sabendo que Deus se importa com o ser humano por completo de forma integral.

Que tal os líderes religiosos fazerem mais convocações para exercícios e menos para comer?

Charge de @jasielbotelho

COMPARTILHE essa mensagem com teus amigos usando os botões aqui das redes sociais.

Mais imagens e reflexões no Instagram @marcosbotelho

CIÚMES | Até que a Internet nos separe!

Conheça a nova serie ATÉ QUE A INTERNET NOS SEPARE!

Nesse episídio o assunto é DINHEIRO! #CasalBotelho #Mulher3em1

Assine o canal no Youtube para receber o vídeo assim que for lançado!

Embaixadores da Visão Mundial

Nessa última sexta-feira na FLIC tive a honra de fazer o meu primeiro evento como um dos embaixadores da Visao Mundial no Brasil ao lado dos cantores Paulo Cesar Baruk e Samuel Mizrahy.

Convido a todos a conhecerem essa organização fantástica.

Foto do Portal Guiame

É off line que a vida acontece

11845061_936917193018066_6225105307199635668_o
As redes sociais mostram apenas o lado bem sucedido e as conquistas das pessoas. Isso cria uma ilusão, uma falsa impressão de que os outros são mais felizes e bem sucedidos que a gente.

Isso acontece comigo como pastor. No Facebook, Twitter, Instagram, Periscope, etc., acabo mostrando as festas de casamento que faço, lançamentos de livro, viagens para pregar, almoços com amigos, etc.

Mas não tem espaço para os velórios, os enterros, o aconselhamentos com muito choro, compromissos desmarcados na nossa família para atendermos a nossa vocação, a insegurança nas decisões que temos que tomar que envolvem vidas.

Sempre bom lembrar que somos muito mais do que aparece na rede social, no chão da vida tem muito mais tristezas, dificuldades, lutas e choro. É off line que encaramos a nossa humanidade, nossas fraquezas, a nossa vocação. Não se iluda achando que só você passa por muitas lutas e que não é bem sucedido.

Hoje foi um dos dias que chorei com os que choram, onde as redes sociais não abrem espaço para a dor.

COMPARTILHE essa mensagem com teus amigos.

Mais imagens e reflexões no Instagram @marcosbotelho

Nomes Bíblicos | Teologeeks #09

Os teologos geeks, Marcos Botelho e Victor Fontana, nesse episodio vão falar sobre os nomes bíblicos que tem significado muito bom, mas que todos desprezam. Por que será?

PERGUNTA DA SEMANA:
Qual o nome mais estranho que você já conheceu pessoalmente? Mais >

Fazendo a paz com seus medos

  
O que tem te deixado com medo nos últimos dias? Saiba que geralmente com o medo vem a ansiedade e a paralisia.

Quando eu estava aprendendo a dirigir, às vezes eu trocava de marcha e acelerava sem tirar o pé da embreagem. O carro fazia o barulho de aceleração, mas não saia do lugar.

É assim que alguns medos fazem com a gente, mesmo colocando nossa potência máxima não saímos do lugar.

Ser corajoso não é não ter medo, é mesmo com medo continuar seguindo firmemente!

Entender melhor os perigos e ameaças nos ajuda a enfrentar nossos medos, mas acreditar que não vamos mais tê-los é uma ilusão.

Temos que aprender a conviver com os nossos medos, e a melhor forma de fazer isso é amar muito as coisas e pessoas dos quais o medo nos separa. Esse amor vai diminuir o medo e transformá-lo em companheiro e quem sabe em um amigo chamado prudência.

No amor não existe medo, antes o perfeito amor lança fora o medo. I João 4:18

COMPARTILHE essa mensagem com teus amigos. 

Mais imagens e reflexões no Instagram @marcosbotelho

Plenamente satisfeito com Deus

  
Aprender a se alegrar com pequenas coisas é uma dádiva divina.Somos bombardeados de propaganda todos os dias, o dia todo. Dizem que hoje em um dia recebemos a mesma carga de propagandas que alguém recebia em uma vida toda no século XIX.

Pra vender alguma coisa na TV, revista, App, outdoor, etc… é inerente que se transmita uma mensagem logo no começo de que você está insatisfeito do jeito que está, e que consequentemente você precisa do produto que a propaganda está querendo vender.

Isso acontece o tempo todo, as propagandas nos mostram corpos perfeitos, e você com seus pneuzinhos; praias paradisíacas, e você no seu trabalho; pessoas com dinheiro, e você duro; pessoas comendo suculentos hambúrgueres, e você com fome; famílias felizes com seus Goldens, e você morando sozinho em um apê minúsculo.

Com essa enxurrada de “perfeição” vamos começando a ficar insatisfeitos com nossas vidas e vamos consumindo na esperança de encontrar a satisfação que vemos nos olhares dos atores das propagandas.

Como não é mais possível viver sem se deparar com centenas de propagandas todos os dias, temos que nos blindar com uma satisfação interior que nos mostre que mesmo sendo incompletos somos plenos.

Plenos no Deus que nos ama e cuida de nós. “O Senhor é o meu Pastor, e por isso não preciso de mais nada!” Salmos 23:1

Mais imagens e reflexões no Instagram @marcosbotelho