Marcos Botelho

Marcos Botelho Missionário da Missão Jovens da Verdade e da SEPAL (Servindo Pastores e Líderes). Fundador e líder do ministério JV na Estrada que trabalha em congressos e acampamentos com recreação, teatro e preleção. Criador e professor do curso modular chamado Ministério com Juventude, liver e pós-graduação, realizado no seminário do JV/FLAM desde 2006. Fundador do ministério Terra dos Palhaços Brasil vinculado ao JV e a MPC. Pastor de Jovens da igreja presbiteriana em Alphaville.

Homepage: http://www.marcosbotelho.com.br


Artigos por Marcos Botelho

Você deve ofertar tudo que tem? #95Mentiras | 3/95

As mentiras impares sairão no canal do Marcos Botelho 
As mentiras pares sairão no canal do Victor Fontana  Mais >

Deus existe para te fazer feliz! #95Mentiras | 1/95

As mentiras impares sairão no canal do Marcos Botelho 
As mentiras pares sairão no canal do Victor Fontana  Mais >

95 vídeos novos para você! #95mentiras #Teologeeks

As mentiras impares sairão no canal do Marcos Botelho 
As mentiras pares sairão no canal do Victor Fontana 

Mais >

PÁSCOA: Última ceia, Rappa e Anjos Cantando #COLAGEM

 

o Reino do bem chegou!

É obvio que não crescemos todos iguais em oportunidades! Tudo depende de qual família, país, educação, religião e necessidade especiais que alguém teve durante a sua vida.

Mesmo não existindo naturalmente essa igualdade, Deus nos ensina que temos que estabelecer o Seu Reino trazendo justiça e amor, ou seja, trazendo essa igualdade ao próximo.
Não estou falando em sistema político, estou falando de consciência e coração transformado pelo evangelho de Jesus, o Cristo.

Assim como o Deus se curvou para se igualar aos seres humanos e assim resgata-los em seus pecados e dificuldades (Filipenses 2), também todo aquele que se vê no corpo de Cristo também deve se curvar abrindo mão dos seus privilégios, ou usando essa vantagem, para resgatar o próximo e construir uma sociedade onde todos tenham oportunidades iguais, uma sociedade de justiça e amor.

Não existe sociedade justa se os que receberam mais não lutarem de forma voluntaria e generosa no resgate dos injustiçados e oprimidos.

– Mas Marcos isso é impossível? Mas “o que é impossível para os homens é possível para Deus”. Lucas 18:27

Por isso que não acredito em sistemas políticos e sim no poder do evangelho!

COMPARTILHE essa mensagem com teus amigos.

Mais videos e reflexões no Instagram @marcosbotelho

Os líderes religiosos vendidos ao estado


Reflexão em João 7:45-49

“Finalmente, os guardas do templo voltaram aos chefes dos sacerdotes e aos fariseus, os quais lhes perguntaram: “Por que vocês não o trouxeram (Jesus)?”
“Ninguém jamais falou da maneira como esse homem fala”, declararam os guardas.
“Será que vocês também foram enganados?”, perguntaram os fariseus. “Por acaso alguém das autoridades ou dos fariseus creu nele? Não! Mas essa ralé que nada entende da lei é maldita.”

Como os Sacerdotes e os Fariseus (líderes religiosos) tinham soldados romanos a seus serviços??? Lógico, fizeram um grande acordo com Roma (o estado dominador) para mesmo vendo o povo judeu ser esfolado na exploração, com violência e impostos, pudessem não ser incomodados nos seus atos religiosos, não profetizarem contra o império e também poder ter certas regalias como menos impostos e uma guarda pessoal.

Até os guardas romanos enxergaram o óbvio ululante, que Jesus tinha autoridade celestial ao ensinar as verdades eternas.

Essa loucura e ironia do evangelho, onde a maioria dos lideres religiosos não enxergarem o que Deus está fazendo, mas ao contrario, em nome de deus lutam contra o próprio Deus, não é privilégio do primeiro século com Jesus e os apóstolos. Vemos hoje claramente essa cegueira religiosa.

Cegueira que se completa com a arrogância da ultima frase: “essa ralé que nada entende da lei é maldita. Desmerecer com palavras preconceituosos, quem interpreta as coisas de Deus de forma diferente, com palavra pejorativas, argumento ad hominem, e maldições baratas é algo que vemos todos os dias hoje dos falsos profetas!

COMPARTILHE essa mensagem com teus amigos.
Mais imagens e reflexões no Instagram @marcosbotelho

 

A esperança ilusória do feliz ano novo!


Todo fim de ano invade uma esperança coletiva que nos toma e nos faz acreditar que o próximo ano será melhor, ela nos impulsiona coletivamente para fazermos novos planos, encararmos nossas mazelas de forma diferente e principalmente empreendermos para uma vida melhor.

O interessante é que no final do ano que vem pensaremos a mesma coisa, vamos querer deixar o ano para trás e com “fé” acreditar que o próximo será melhor.

Nesse loop infinito vamos vivendo de ano em ano, da ilusão para a decepção, que nos faz nos apegar a outra proposta ilusória, a de que no futuro virá algo melhor.

Essa é a consequência de uma sociedade que decidiu acreditar e se apegar no pensamento positivo, a acreditar em si mesmo. A “esperança ilusória do feliz ano novo”, porque o presente sempre é insuportável! Mais >