Um feixe de luz, que vem de um buraco no teto, entra na sala escura e ilumina um jovem, com roupas sujas, deitado no chão. O seu olhar é uma mistura de medo, esperança e sofrimento.

No canto mais escuro da sala, senhores com roupas bonitas e com muitos babados, seus olhares se confundem em medo, ódio e soberba.

Após uma palavra, o jovem, com um salto, se põe em pé. Uma multidão abre um corredor para ele sair pela porta pela primeira vez, o olhar deles era uma mistura de medo e deslumbro.

No fim do corredor humano 4 amigos esperam o jovem sujo do lado de fora da porta, eles se abraçam, choram e saem os cinco correndo, gritando. Aparentam estar brincando de pega-pega.

Todos ficam olhando para fora da casa, com olhos arregalados, os cinco brincando. Menos um homem na casa, que se encontrava sentado conversando com algumas crianças, o único na casa que em seus olhos, em nenhum momento, conjeturou o medo.

[Não li, mas vi em Lucas 6: 25,26]

  1. oie marcos, mto legal seu blog 🙂 vim bisbilhotar pq seu pai (P. Jaziel – aliás que pai singular esse!!! Foi um prazer conhecê-lo! )mencionou nesse último encontro de líderes do teen aki em mgá(fim de semana) sobre um artigo q tinha escrito e que tinha criado um auê no público(vc deve lembrar , sobre os orgãos genitais…). Acho mto legal a liderança tratar do assunto de modo claro e mostrando que Deus realmente criou -nos totalmente… Creio ser a falta de discernimento qto à questão sextual (a identidade, os relacionamentos…)um dos maiores problemas que o teen e o jovem cristão enfrenta no mundo moderno….por isso, discussões saudáveis são sempre bem vindas ;)Agradeço! Grande abraço. Deus abençoe!!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>