11055336_895180270525092_8073272911100068186_n
Depois de anos, a chamada “Marcha para Jesus” firmou-se como um evento da cidade de São Paulo. Ela não trás tanto dinheiro como a marcha do orgulho gay, nem posso usar a expressão que a cidade de São Paulo parou porque faz um bom tempo que não anda, mas não podemos negar que se firmou como evento.

Nunca entendi direito este nome, pois alguém que marcha, marcha para algum lugar. Nesse caso estão marchando para alguém: Jesus. Será que ainda não o encontraram?

Hoje a Marcha para Jesus deveria ter outro nome para ser mais honesta com o que acontece, deveria se chamar Parada do Orgulho Evangélico. “Orgulho” porque o que mais acontece é que a maioria sai nas ruas para afirmar a sua fé e não para confirmar seu compromisso com a vida cristã. “Evangélicos” porque não vejo nos palanques desses eventos católicos ou outros representantes de outra religião, Jesus não é propriedade dos evangélicos e nos palanques só aparecem aquelas cartas marcadas evangélicas.

Nos evangelhos as pessoas que tiveram um encontro com Jesus acabaram recebendo o convite de marchar com ele e não para ele. Este é o grande chamado de Jesus, o grande desafio.

Aí caímos em uma outra dúvida, se não temos que marchar para ele ou por ele e, sim com ele, para onde Ele esta marchando?

Jesus estava marchando para cruz, e ninguém poderia impedi-lo, nem satanás, nem seu amigo e discípulo Pedro. Ele marchava para nos dar vida às custas da Sua própria. Devemos sempre pegar nossa cruz e ir com Ele até o calvário e morrer a nossa velha natureza lá.

Mas de uma forma concreta, para onde deveríamos marchar? Deveríamos ir até os necessitados, os presos, os que têm fome, os que estão com frio, os que estão com sede. Pois, afinal de contas, Jesus está lá com eles desde o começo.

Quem sabe um dia, o povo na Marcha para Jesus, não marche para shows e discursos em palanques, mas sim para encontrar Cristo nos necessitados. Marche com Jesus para que o reino de Deus se estabeleça aqui em São Paulo.

Foto: @FaysonMerege

  1. vc sempre gosta de cutucar ná, já que é assim, da proxima vez vou para a parada gls. brincadeira.Qeuro aproveitar o ensejo pra dizer para todos que ta cada vez mais dificil enocntrar o marcos, ele ta virando uma lenda, nao o vejo mais.

  2. MARCHA PARA JESUS. O SENTIDO NÃO É QUE ESTAMOS MARCHANDO PARA ENCONTRÁ-LO. JÁ O ENCONTRAMOS. É UM EVENTO EM QUE AFIRMAMOS NOSSA FÉ E MARCHAMOS PARA ELE: PARA LOUVÁ-LO, ADORÁ-LO. VC JÁ FOI ALGUMA VEZ?ACREDITO QUE NÃO. É UM VERDADEIRO CULTO A CÉU ABERTO.CONVIDO-TE PARA IR NO ANO QUE VEM.

  3. Caro Marcos, Obrigado pela lucidez de sua fé. Gostei muito do artigo. Estarei postando no meu blog, pois muito precisam ouvir isso, espero que me conceda a autorização, pois acabei de postar.Um forte abraço do seu irmão em Cristo, Isaac Melo do Blog Alma Acreana.

  4. Feroz!!!Cara.. descobri seu blog faz pouco tempo, mas ja li quase todos os posts desde o primeiro..Acho que gosto tanto do que vc escreve porque no meio cristão falta muito do que vc faz e escreve: crítica. Como cristãos nos deveriamos pensar um pouco mais..abrass

  5. Boa tarde querido Marcos e queridos amigos q vão ler meus comentários, primeiramente Marcos tenho virado seu fã pelo q tenho visto de seu trabalho através do pessoal da SEPAL, Weston, Audrey, @ e cia, e pelo q tenho lido no site sexxchurch.com.br e agora no seu site, a Audrey da SEPAL digital q me encaminhou seu blog, cara gostei muito desse texto há respeito de marcha pra Jesus ou com Jesus, e como Cristão (pequeno Cristo) tbem acho q o nome da marcha deveria mudar, e gostaria de chamar o nosso amigo anônimo q te escreve logo à cima a refletir no texto não como um texto de cutuco, mas um texto para realmente ode queremos chegar, eu estava analisando a marcha, e meu irmão anônimo, eu já fui na marcha, posso dizer pq estive lá algumas vzs, mas creio q seria mais impactante fazermos um dia de arrastão contra a sujeira na cidade de São Paulo, imagine o q isso não causaria de impacto na sociedade, um milhão de cristãos varrendo as ruas de SP, coletando lixo e dando palestras de cidadania? Isso q é agir na sociedade, é gostoso ir na “marcha pra Jesus” mas isso é um evento para os cristãos, e um evento para mostrar q existimos, como a passeata do orgulho gay, é um evento para eles e para mostra para a sociedade q cada vez são mais fortes. Creio q devemos como cristão nos envolvermos e amarmos e lutarmos por almas como Cristo veio fazer aqui na terra. Bom, não estou aqui para defender a marcha e nem para atacar, apenas Marcos gostei do texto, achei nele algumas coisas profundas e Deus abençoe sua vida, q ela possa continuar a fazer barulho no reino e por os cristãos para pensar. Grande abraço de companheiro de luta.M.Alvarenga

  6. Achei o blog do Marcos por acaso a algum tempo e me gosto muito da maneira “critica” como disse nosso irmão acima que ele escreve. Confesso que ao começar a ler esse artigo sobre a marcha dá pra parar e pensar “Meu, qq esse cara tá falando?”, mas no final das contas a coisa muda. Não vejo também como um cutuco mas como uma reflexão que a igreja de Cristo deve fazer.Parabéns irmão em Cristo

  7. a marcha já foi tudo isso, um evento de denúncia das injustiças e dos pecados sociais e morais, um evento “profético” portanto, de anúncio das boas-novas, de chamado ao arrependimento.infelizmente, como já dizia o poeta, “no meio do caminho havia um pedra”. aconteceu de apadrinharem a marcha, patentearem, transformarem em marca, com slogan, com patrocinadores oficiais e até um partido que não aparece muito mas está por trás de tudo. quem olhar com cuidado vai ver. e aí fica fácil entender porque não mais se denuncia profeticamente as injustiças sociais, a miséria, a exploração dos trabalhadores e do povo – como fazê-lo tendo à frente empresários e administradores de grandes empresas, donos de terras…? a marcha, nesse sentido, mudou de lado.::

  8. Antes de aceitar Jesus me falaram que eu precisava ter uma experiência com Ele. Como poderia falar de alguém ou julgar alguém sem nunca ter caminhado com ele…Gostaria de saber se você já participou de alguma marcha.Jesus disse que o joio ia crescer junto com o trigo até o dia da colheita. Até mesmo dentro das igrejas e das GRANDES OBRAS SOCIAS nos confrontamos com hípócritas. É fato.Todavia eu já participei de várias marchas no meu estado e… o que senti? A majestosa presença de Jesus se derramando pela cidade, isso para mim é o amém de Deus, pois pelos seus “frutos os conhecereis”.Um bj santo mano.

  9. O ponto de vista depende da vista do ponto?…Talvez…rsrsrSe participamos ou não talvez não nos cegue para alguns fatos dignos de atenção.É verdadeira a observação do Marcos aí nesse artigo, é verdadeiro o fato de que há muita coisa por trás da marcha (como a Denise comentou),mas caminhar com Jesus e viver em função dele não excluí o fato de não O adorarmos e não nos alegrarmos em nossa salvação (o principal milagre).Com certeza seria muito mais impactante fazer algo que acrescente para a sociedade (seria muito mais gratificante), não concordo com o orgulhar-se por ser evangélico, concordo em orgulhar-se por ser salvo…Agora, se vou fazer algo beneficente ou adorar a Deus com meus irmãos não importa…Importa sim andar com Ele adorando-O ou ajudando-os.

  10. Não necessitamos de criticos e sim de adoradores,porque o verdadeiro adorador não critica,mas sim ora, sabendo que há um maior,que já critica e julga,sem contar a mais ninguém e ainda ama,mesmo sabendo que os erros fazem parte do aprendizado;e Ele ri e ama e torce, pois Ele é Pai e o Pai ama os filhos mesmo se eles não sabem o que fazem ou dizem,amém.

  11. Caraca, é impressionante como as pessoas tem dificuldade na interpretação de textos… rsrs…Quem for falar mal do artigo, por favor, leia-o novamente… rs…

  12. Paz amigos… Desculpe a forma que irei falar, mas não tenho outro jeito para falar isso, então…
    O problema da marcha para Jesus é que a maioria que vão não entendem o propósito, além de dizer que boa parte não nasceu de novo, logo querem participar do movimento.
    A marcha para Jesus surgiu nos avivamentos, vemos claramente isso no avivamento do país de Gales, onde os cristãos saiam orando, chorando e profetizando sobre os perdidos… Isso mesmo, chorando pelos pedidos.
    Infelizmente a maioria não tem a mínima ideia do que estão fazendo, do poder que há na marcha.
    Mas oro para que Deus levante pessoas cheias do Espírito Santo que entendem o poder que há neste evento e que realmente cumpra o propósito.
    Fiquem na paz de Mestre. Abraços

  13. A MARCHA PARA JESUS não tem nada de errado e apenas um trio elétrico tocando musicas evangélicas e pessoas a traz dele orando e cantando e principalmente PULANDO MUITO eu não vejo nada de errado os que gostam vão e os que não gostam que fiquem em casa de boca fechada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>