Não sou tão fã da história do Homem-Aranha. Talvez seja por não achar muito coerente a explicação de como ele se tornou um homem metade aranha. Acho um pouco estranho ele pegar alguns poderes da aranha, de genética modificada, que o picou e, não ter pego outras características mudando a sua aparência, por exemplo. Outra coisa que me incomoda muito são os seus inimigos, estes, definitivamente, são chatos e forçados. Mas o Homem-Aranha como super herói é fantástico!

É muito bacana vê-lo se balançado de um lado para o outro entre os prédios do Queens, subindo um arranha-céu só encostando as mãos e os pés nas paredes e vidros.

Mas uma coisa que poucos sabem é seu super-poder chamado sentido aranha, que acusa quando o perigo esta próximo a acontecer. Toda vez que algo de ruim vai acontecer com o Homem-Aranha ele sabe um pouco antes e usa o seu reflexo apurado para desviar e fugir do mal.

Na bíblia encontro esse poder no episódio do Getsemani, quando Jesus estava em Jerusalém, já tinha ceado com os seus discípulos e sabia de alguma forma que em breve o mal viria e seria algo terrível. Não foi a única vez que Jesus previu o futuro e a sua morte, mas desta vez foi muito forte. Seus amigos e discípulos não estavam entendendo e se importando, pois tinham caído no sono. A angústia o tomava e suas orações pareciam não ser escutadas. Cristo estava suando sangue ao prever a cruz.

“Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”. Dei este nome a esta série porque vivemos em uma época onde as pessoas buscam em Deus poder, uma fé super poderosa capaz de vencer as doenças e conquistar o poder e o dinheiro. O tio Bem antes de morrer fala isso para seu sobrinho Peter Parker (Homem-Aranha), mas ele não ouviu até experimentar a perda do próprio tio.

A grande diferença, nesse sentido, entre o super-herói Homem-aranha e Jesus é que o Homem-Aranha sempre se desvia do mal, evitando a morte, afinal de contas, por que ele iria morrer se, ele vivo pode evitar a morte de algumas pessoas?

Jesus ao prever o que viria, levanta-se e vai à procura de seu traidor, não para desviar do mal, mas para se entregar a ele, entregar-se a cruz. Jesus não faz o que é melhor para ele, o que seu instinto natural manda. Ele vai até a morte, pois vivo salvaria a si mesmo e a alguns, mas morto salvaria o mundo.

Não quero mais ser um super- herói, pois além deles não existirem, eles agem de acordo com o instinto. Quero ficar do lado de quem abriu mão do poder de ser um herói para ser o verdadeiro servo de Deus, quero ficar do lado de Jesus Cristo de Nazaré.

Que responsabilidade! Deus nos ajude.

[Com Grandes Poderes Vem Grandes Responsabilidades é uma “série teen” de artigos que tem por objetivo fazer um paralelo entre os super-poderes dos heróis de HQ e os personagens bíblicos. Além de destacar o fato de que os poderes de uns são, pela fé ,verdadeiros e, dos outros são apenas poderes fictícios. Os textos também querem mostrar que, na bíblia, o que transforma uma pessoa em um herói não são os super-poderes e sim o evangelho do Reino de Deus.]

  1. Não sei se sou eu que tenho cabeça “teen”, mas gostei demais dos dois textos que li da série grandes poderes…Continue!! Mto original e profundo!

  2. Embora as contradições apresentadas da historia… gosto muito do desenho!

    E saber que existe um super heroi que não se importou em dar sua propria vida por amor a mim… gosto muito mais!

    Que Deus me ajude a compreender Seus feitos e cumprir minha missão aqui na terra 😉

  3. Conheci seu blog a pouco e estou gostando de ver a maneiro com que trata os diversos temas sobre a vida cristã e a Bíblia.

    Gosto desse modo de pensar e de dizer diferente sobre as Escrituras, com imaginação, mas sem perder a coerência do texto bíblico.

    Particularmente gosto muito do Homem-Aranha. Sobre seu ponto de vista quanto ele não ter adquirido todas as qualidades de uma aranha pode não ser tão incoerente pensar que ele não viesse a se tornar uma aranha gigante (rsrsrs). A radiação que afetou a aranha que picou Peter Parker potencializava as qualidades da aranha, ou seja, suas atividades de aranha e não seu ser propriamente aranha. Por isso Parker recebe propriamente as atividades de uma aranha e não se torna em uma aranha. Tanto que, apenas recentemente ele passou a ter teias produzidas de seu próprio corpo. Mas isso é apenas uma tentativa de explicação.

    A analogia que faz sobre o sentido aranha e as previsão de Jesus sobre o mal que viria sobre Ele foi muito interessante. Confesso que não tinha pensado nisso. Parabéns!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>