COLAGEM: Última ceia, Rappa e Anjos Cantando


Pra quem tem fé no Cristo a vida nunca tem fim!
COLAGEM: Juntando o que originalmente nasceu separado!

Se você tem conta no Youtube se inscreva no canal COLAGEM

10 observações do filme Noé (2014)

noé-blog

Fui ao cinema ver o filme Noé preparado para me decepcionar, pois tinha ouvido péssimos comentários da turma da minha igreja. Mas para a minha surpresa gostei do filme como entretenimento e como um bom canal para começar alguns debates teológicos.

Eu já fiz um vídeo, com o diretor de cinema Felipe Cagno, falando sobre minha visão do filme (assista aqui), mas vou escrever mais um pouco para os que gostam de ler e não de assistir vlogs.

Vou fazer uma crítica abaixo só com algumas observações e insights que tive ao ver o filme. Não vou me aprofundar, pois o texto ficaria enorme. Também estou interpretando o roteiro inclinado a uma crítica boa, primeiro porque gostei do filme, segundo porque se fosse encontrar “erros” não sobraria nada e nem me daria ao trabalho de escrever esse artigo.

Observações, críticas e analogias teológicas:

Mais >

Noé (2014) o filme | Crítica do Roteiro e Teológica #ForaDaCaixa

Marcos Botelho e Felipe Cagno fizeram uma análise crítica do filme Noé – o fim do mundo… é apenas o começo, estrelado por Russell Crowe, Jennifer Connelly e Emma Watson. Dirigido por Darren Aronofsky. Nos cinemas em 2014.

Assine o canal Marcos Botelho no Youtube para assistir os videos antes de todos. Clique Aqui!

Conheça o Ministério JV na Estrada

Conheça o site do JVnaEstrada

Improvável amor

improvavel amor

Não sei se essa nossa história vai dar certo
Parece que não estamos falando a mesma língua
Eu tente te entender, mas sempre é uma surpresa
Sou como previsão do tempo, a aposta errada.

A culpa de não estar dando certo não é tua, isso eu sei
É que as intenções são bem diferentes entre nós
Você quer algo serio e eu sempre quis só prazer
Pelo amor de Deus, você veio com aliança no primeiro encontro

Mais >

Enfrentando os Fantasmas – PREGAÇÃO

 

Assine o SoundClound do Marcos Botelho e ouça e baixe os audios produzidos.

Um golpe chamado cansaço

JUSTIÇA

Nas últimas semanas tenho tentado entrar com uma ação no juizado de pequenas causas. O valor das minhas coisas furtadas não é alto, mas aprendi a sempre lutar pelos meus direitos e por justiça.

Eu e minha esposa temos juntado todo tipo de documento, provas e papéis possíveis para simplesmente entrar com o processo. Tem sido difícil, pois toda vez que vou lá eles falam que preciso de algo a mais (podiam ter feito isso de uma vez). Chegou ao ponto que, se eu somar minhas idas e vindas no juizado, horas de trabalho perdidas, tempo gasto pesquisando e correndo atrás de documentos, já vai ter passado do valor dos objetos furtados. Sei até que isso pode ser compensado com os danos “morais” ou sei lá o que. Mais >