IGREJA AMIGA DA CRIANÇA

Uma Igreja Amiga das Crianças

Ao entrar na sua igreja local, será que toda criança respira um ar impregnado pelo amor de Jesus? Como trabalhar para que isto aconteça sempre, não apenas às vezes? Quando Jesus chamou para perto de si as crianças e as abençoou, podemos dizer que ele se preocupou com a inclusão, a escuta, o toque, a benção e o serviço. Uma igreja amiga das crianças age como Jesus.

1. Acolhe e inclui as crianças. Jesus incluiu todas as crianças. Uma igreja amiga se preocupa com a criança em toda e qualquer circunstância em que viva, aceitando-a como se encontra e enfrentando qualquer obstáculo que exista no seu caminho para que ela tenha condições de participar de forma plena.

2. Ouve as crianças. Jesus estava sintonizado com as crianças, percebeu que queriam se aproximar. Ele sabia escutar com os ouvidos e com  coração. Os adultos de uma igreja amiga têm a prática de ouvi-las (também com os ouvidos e coração). Ouvir uma criança envolve prestar atenção em todo o seu comportamento, não apenas no que diz. A igreja amiga respeita o que a criança pensa e valoriza seu discernimento espiritual porque entende que ela também tem acesso a Deus.

3. Traz cura para as crianças. O toque de Jesus opera milagres na vida de uma criança. A igreja amiga reconhece

 

isso e busca todas as maneiras de ministrar esse toque curador na vida de cada criança. Isto significa trabalhar para fortalecer a família. Essa igreja se envolve no trabalho de fortalecimento e restauração emocional de crianças e suas famílias e dá atenção especial às que estão sofrendo, ou que foram vítimas de maus-tratos.

4. Abençoa as crianças. A igreja amiga abençoa as crianças fazendo questão de reconhecer suas conquistas em público. Aloca recursos, pessoal qualificado, para construir bons programas para cada faixa etária, e se esforça para fortalecê-las na fé e no conhecimento de Cristo.

5. Inclui a criança na sua missão. A igreja amiga da criança acredita que esta não só é capaz como também, quando lhe é dada a oportunidade, traz grande entusiasmo para o serviço cristão. Nessa igreja as crianças desfrutam do privilégio de abençoar os outros com seus dons espirituais e talentos naturais.

Como vai sua igreja local?

Ela é uma igreja amiga das crianças? Mãos Dadas criou um teste para descobrir quão perto a sua igreja está destes ideais.

Baixe aqui o teste

Baixe aqui o resultado para o teste

 

  • #1 escrito por Guiomar Soares Ferreira
    há 2 anos atrás

    Olá eu congrego na Assembléia de Deus, aqui todas as crianças estudam a Bíblia, tem o seu culto, com ótimas professoras, aprendem a cantar, fazem peças, são organizadas em tudo que se diz respeito à igreja e em casa também, é útil os pais começarem a levar seus filhos para a igreja desde cedo, e assim vão aprendendo a seguir os caminhos de Deus,

  • #2 escrito por PREGADOR ZAQUEU
    há 2 anos atrás

    Infelizmente muitos responsáveis não incentivam seus filhos caminhado juntamente com Eles para Igreja. Eu digo para os pais toda vez que prego no culto dos pequeninos que a igreja não vai fazer o papel que é para os pais fazerem. Alguns pais obrigam seus filhos irem à Igreja e dentro de casa fazem tudo errado na frente deles, dão mal exemplo e até os desrespeitam. Mais tarde quando o filho desobedece, chora alegando: Mas eu criei todos os meus filhos na Igreja. Toma vergonha na cara pai e mãe e aprendam a educar seus filhos dentro de casa, deem exemplos e amem eles de verdade. Tem pai e mãe que humilham os seus filhos na frente de todo mundo só para mostrar que tem autoridade e domínio sobre eles, se preparem porque vão ser humilhados por eles mais tarde. Tem pai que enche o filho de tecnologia, mas não é capaz de dar um abraço, um beijo ou sentar pra conversar. Deixa eu para por aqui meu irmão, se não o negócio vai ficar estreito. Parabéns a todos pelas palavras do site, muito boa a matéria e as palavras.

  • #3 escrito por Jean Oliveira
    há 2 anos atrás

    A Igreja Assembleia de Deus (CONAMAD) de Nova Cruz/RN, dá todo material didático as professoras e crianças na EBD, todo mês tem um culto especial para as crianças, anualmente fazemos com elas o mutirão de oração pelas crianças em situação de risco e um gde congresso infantil com brindes, lanches, músicas, danças, etc.

  • #4 escrito por João Joaquim Bié
    há 1 ano atrás

    Ha muitos anos fui assinante da Revista ULTIMATO, tenho aproximadamente mais 40 revistas dos anos anteriores. INFELISMENTE devido a um cancer eu fiquei muito tempo impossibilitado de contiuar. Agora cura do 100% volto assinar.

    Que Deus continui abensoando este MINISTERO.