Por Elsie Gilbert

Estamos muito felizes e gratos a Deus por tanto entusiasmo pela intercessão por crianças e adolescentes que vivem em situações de grande vulnerabilidade social espalhadas pelo mundo. O Mutirão Mundial de Oração mobilizou milhares de cristãos no Brasil e centenas de milhares ao redor do mundo. Nosso esforço coordenado termina agora, mas a necessidade de intercessão continua. Daqui a alguns dias, começaremos a reunir as histórias do Mutirão. É sempre um prazer ouvir de você sobre o que Deus tem feito no seu cantinho do universo!

Pensando na nossa necessidade de perseverar em oração, veja que ideia interessante registrada no livro “The Prayer List” de Jane Knuth:

“Orações em família podem ser por pessoas completamente desconhecidas. Quando eu era criança na escola, se ouvíssemos o barulho da sirene de uma ambulância, as freiras que nos ensinavam paravam a aula e faziam com que a classe toda orasse por quem quer que fosse o beneficiário daquela ambulância. Ainda hoje faço isto e ensinei às minhas filhas a fazer o mesmo. Em geral dizemos, ‘Senhor, por favor, ajude quem quer que seja a pessoa que precisou desta ambulância’. Isto inclui a pessoa que precisa—que pode estar passando pelo pior dia de sua vida—os membros de sua família, os paramédicos. Pode ser até alguém relacionado à pessoas que você conhece mas que você ainda não sabe.”

Fiquei pensando num relato que recebi da Cátia Vilaça. Há algumas semanas, duas meninas do projeto Curta a Infância da Comunidade de São Cristóvão no Rio de Janeiro estavam passando pela praça quando ouviram tiros. Lembraram do que tinham aprendido sobre oração, procuraram um cantinho e em meio ao tiroteio foram interceder a Deus para que a violência cessasse e que vidas fossem salvas.

Quais são os barulhos que podem te ajudar a orar pelo seu próximo?

Para contar o seu relato sobre oração, sobre como você mobilizou outras pessoas para orar ou como Deus respondeu as orações das crianças e adolescentes, clique aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>