Celebre as pequenas vitórias

Por Elsie Gilbert
0
Imagine que você faz parte de um povo em fuga. Desde a sua infância você sabe que a sua raça é perseguida e que há tentativas de genocídio em andamento contra a sua etnia. Pior, são tentativas que viraram política pública, são sancionadas pelo estado.
 0
Imagine também que um líder comunitário se levanta e um movimento de libertação é instaurado. O seu povo resolve se colocar em uma rota de fuga em direção a um lugar onde poderão ter autonomia e autogoverno.
 0
Só que, após alguns dias de caminhada, você descobre que não há como avançar, pois há um grande lago bloqueando o caminho. Ao mesmo tempo você recebe a notícia alarmante de que seu povo está  sendo perseguido por um exército sanguinário.

Foi isto que Miriam vivenciou bem no comecinho da grande travessia do seu povo, de uma existência em estado de escravidão para a liberdade e prosperidade em terra própria.
 0
O fantasma da aniquilação do povo seguirá se fazendo uma ameaça por mais de quarenta anos.
 0
Miriam atravessa o mar de água à sua frente andando em terra seca por providência divina. O mar se fecha em seguida, afogando os inimigos. Vitória!
Há uma estrada enorme a percorrer, outros inimigos surgirão, internos e externos. A nuvem como uma expectativa de grandes tempestades  a serem vencidas no futuro próximo está lá.
Mas não é hora de contemplá-la. A hora é de celebração porque o Senhor agiu com seu braço forte. Miriam viu. Aconteceu.
 0
Então ela pega um tamborim, reúne suas amigas e sai dançando e cantando:
Cantai a Jeová, porque gloriosamente triunfou, precipitou no mar o cavalo e o cavaleiro.
Esta reflexão me leva à seguinte pergunta: que pequenas vitórias você tem a celebrar? No caminho em direção à vida plena para todas as crianças, suas famílias e comunidades, quando foi que você viu o Senhor agir com braço forte?
 0
Pegue o pandeiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>