Por Carolina Chueire

300 crianças assistidas pelo Centro de Educação e Inclusão Social Betânia participaram de ação da Samaritan’s Feet do Brasil
As 300 crianças atendidas pelo Centro de Educação e Inclusão Social Betânia, em Colombo, no dia 28 de outubro, foram surpreendidas com atividades especiais! Tiveram seus pés lavados, um momento de carinho e conversa sobre seus sonhos com voluntários, e ganharam meias e calçados novos. A doação faz parte do programa “Calçados Podem Salvar Vidas”, parceria entre Samaritan’s Feet Brasil com a Merkator Feira e Eventos. A ação contou com a participação de cerca de 60 voluntários.

Lava-pés demonstra doação de amor pelas crianças

Lava-pés demonstra doação de amor pelas crianças

“Por meio do exemplo de lavar seus pés, mostramos que o futuro das crianças pode mudar a partir daquele momento. O calçado é apenas um sinal de que as coisas podem melhorar. O impacto para quem doa e quem recebe vai muito além do calçado”, explica Wesley Oliveira, diretor executivo da Samaritan´s.

Diversos parceiros foram responsáveis pela iniciativa junto com a Samaritan´s, como a Merkator, que doou os tênis, Puket e Crossfit Widia, que doaram as meias; Cargolift, no transporte dos calçados, e a Advocacia Arns. Também várias instituições participaram através do voluntariado, como a Ong Amor Viral, Atletas de Cristo e Projeto Atleta Bom de Nota. “Conversamos com as crianças no momento do lava-pés, mas quando pegávamos o tênis, a reação delas era inexplicável! Já fui ajudada quando era criança, isso marcou minha vida. Sei que essa ação vai fazer a diferença na vida delas. Isso é muito gratificante!”, afirmou a voluntária Camila Xavier, da Ong Amor Viral.

A ação contou com a presença do ex-jogador uruguaio Marcelo Lipatín, que iniciou a carreira em Curitiba, ainda no futebol de salão, tendo jogado no Coritiba, Paraná Clube, Grêmio e Paris Saint Germain ao longo de 17 anos de carreira. Hoje é um dos coordenadores da entidade Atletas de Cristo Curitiba.

“Mesmo quando servimos por alguns minutos, somos abençoados pelas crianças. A gente vê o rosto ingênuo delas, abraça, conversa e passa amor”, conta Marcelo.

Veja mais fotos das crianças (Aqui!)