segundasPor Elsie Gilbert

Eu já elegi minhas prioridades, as minhas “pedras grandes” estão no lugar. Posso dizer honestamente que procuro o reino de Deus e a sua justiça no meu dia a dia. Mas todo o resto está completamente fora do lugar. O que fazer?

Comecei a minha vida adulta com um tema que perdurou os primeiros sete anos de meu casamento: mudança. Mudamos 9 vezes neste período! Numa destas mudanças nós perdemos praticamente todos os nossos documentos (uma pasta inteira foi deixada para trás no banco de uma parada). Não há nada mais desconcertante que viver numa situação em que tudo está fora do lugar, do talão de cheque à pasta de dente. Socorro!

Asas de Socorro in Sabina PAVivo assim nestes dias. Estou no meio de uma mudança que já completa dois meses e ainda não entrei na casa onde vou habitar. Escrevo este post do estacionamento, dentro de um carro, aproveitando a internet do prédio ao lado. Minha família está dividida em três países diferentes: o filho mais velho na Inglaterra, o segundo no Brasil e o restante da família aqui nos EUA, tentando ajudar a minha sogra que está doente.

No meio desta bagunça, pergunto ao meu Senhor: o que se deve fazer quando tudo está fora do lugar?

A primeira resposta que ele me deu: pratique a gratidão!

A lista de razões pelas quais eu devo estar grata a Deus é tão grande que é melhor eu não começar a enumerá-las aqui. Este exercício diário me dá a serenidade e o equilíbrio para navegar estes dias caóticos. Uma coisa é certa, o fato de eu ter perdido momentaneamente algo precioso faz com que eu perceba aquilo que via de regra é meu para desfrutar. No momento consigo ver, mais do que nunca, o valor da estabilidade. E quantas crianças e adolescentes crescem e vivem no meio do caos?

Talvez seja justamente este o nosso chamado no trabalho social: ajudar as pessoas a encontrarem uma estabilidade possível e nos momentos de caos aprenderem a dar graças à Deus pela sua companhia, pela sua provisão, pelo fato de que ele nunca nos abandona.

A ele seja dada toda a glória.

 

    • Saudações Etel, bom dia!

      Que bom poder receber o seu contato. Você tem toda a razão, gratidão é uma palavra mágica! Já pensou se todos nós pedíssemos gratidão para Deus em nossas orações? O mundo seria bem melhor, não é mesmo?

      Um abraço forte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>