terças

Chegou em nossas mãos um guia muito especial. Ele contém uma coletânea de brincadeiras e jogos do mundo inteiro! São mais de 100 jogos catalogados para você escolher um que dê certo para o seu espaço, tempo e faixa etária adequada.

O “Guia Prático para Criar Oportunidades Lúdicas e Efetivar o Direito de Brincar” foi produzido pela A Chance To Play – O Direito de Brincar que é uma iniciativa do Comitê dos Trabalhadores da Volkswagen e de Terre des Hommes – Alemanha e é implementado através de parcerias com organizações locais de defesa e de promoção dos direitos de crianças e adolescentes.

Destacamos aqui jogos sul-africanos:

Os jogos africanos são parte de nossa herança e encorajamos você a encontrar pessoas em sua comunidade que possam ensinar as crianças a jogar estes jogos. O Departamento de Esportes e Lazer promoveu ativamente jogos indígenas como opções para o brincar e até mesmo jogos oficiais na África do Sul. Até o ano de 2009, dez jogos foram identificados como parte de um projeto nacional de jogos indígenas. São eles: Dibeke (jogo de bola); Diceto (jogo de coordenação); Kgati (pular corda); Ncuva e Morabaraba (jogos de tabuleiro); Jukskei (jogo de arremesso e de destino); Kho‐Kho (corrida); Lintonga (jogo de luta); Arigogo (semelhante ao Jogo de Taco) e Drie Stokkies (jogos de correr e saltar).

 

Jogos sul-africanos…

3 latasTrês Latas
Jogado por duas equipes. Três latas são colocadas em cima umas das outras. Um jogador de uma das equipes tenta derrubar as latas com mais de uma bola. Depois de três arremessos sem sucesso, um jogador da equipe adversária terá sua vez. Se a bola bater nas latas, o jogador que jogou a bola deve correr para as latas, reposicioná‐las, e desenhar suportes em torno das latas e gritar “quadrado”, então saltar sobre as latas, três vezes. Se a bola é lançada longe demais, os jogadores gritam “thayma” e todo mundo espera que a bola seja encontrada.

 

MorabarabaMorabaraba (umlabalaba)

Objetivo do jogo Remover (eliminar) fichas de seu oponente. Equipamento necessário Jogado por duas pessoas, pode ser praticado em um tabuleiro ou em um desenho feito com um pedaço de pau na areia. Cada jogador tem 12 fichas (vacas “Izinkomo”). Também podem ser utilizadas bolinhas de gude, pedras ou mesmo tampas de garrafas do mesmo tipo ou de cor semelhante. Instruções O jogo pode acontecer em um período de minutos ou horas. As fichas são colocadas, uma de cada vez, em um ponto de intersecção com o objetivo de fazer as fichas formarem uma linha, três consecutivamente. O adversário pode colocar suas fichas em qualquer lugar para impedir o outro jogador de formar a linha. Quando um jogador forma as três fichas, ele ganha a rodada e deve remover as fichas de outro jogador. Mesmo quando todas as fichas são utilizadas, o jogo continua. Os jogadores podem mover suas fichas para novos cruzamentos e seguir tentando obter fichas de cada um. O jogo termina quando um jogador consegue remover todas as fichas de seu oponente.

 

JukskeiJukskei
Este jogo necessita de uma caixa de areia. A madeira ou borracha “Skeet” (algo como um bastão pesado com alça) é jogada em duas “estacas” ou em pinos na caixa de areia. Os jogadores marcam pontos ao bater na estaca ou por estarem mais próximos a ela. Para obter instruções e regras do jogo, visite o site sobre os Jogos sul‐africanos.

 

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

Veja o Guia Prático para Criar Oportunidades Lúdicas e Efetivar o Direito de Brincar (aqui)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>