2013.03.25_Asas_de_Socorro_Sabina_PA_D800-36

 

Em março, eu tive o privilégio de conversar com um grupo de crianças ribeirinhas que moram às margens do Rio Mamuru, na divisa entre Parintins, AM e o estado do Pará. Estava lá como membro de uma equipe de 30 pessoas alojadas em três barcos que prestavam serviços médicos e dentários para várias comunidades. A viagem faz parte da atuação de Asas de Socorro naquela região.

Perguntei para as crianças sobre o quê proporcionava um sentimento de segurança para elas. Perguntei a elas sobre seus maiores medos. Perguntei a quem pediriam ajuda se estivessem em situação muito perigosa. E finalmente pedi para que desenhassem numa folha o lugar onde elas se sentiam mais protegidas.

Sobre seus medos, as crianças revelaram três: medo de raios, medo de jacaré e medo da poderosa cobra surucucu. Os heróis mais requisitados por elas em caso de emergência foram os pais e os irmãos, seguidos de mães, tios, tias, e demais familiares. Sobre os lugares eleitos como espaços protegidos, aqui está o ranking final:

Primeiro Lugar: A minha casa — 11 desenhos

Segundo Lugar: A igreja — 8

Terceiro Lugar: A comunidade –5 desenhos

Quarto Lugar: Algum lugar perto da casa — 4 desenhos

Algumas observações importantes para mim:

1. Ninguém ousou desenhar a escola! Esta comunidade tinha um prédio grande que servia como escola, e a escola permeia o dia-a-dia da comunidade. Por que será que a escola não entrou em nenhum desenho como um lugar seguro?

2. A maioria das casas desenhadas incluíam muitos detalhes concretos que existem nos quintais como varal, mangueira, campinho de futebol, rede em baixo de uma árvore, muitos pássaros e a chuva! O contado destas crianças com a natureza me causou inveja…

3. E por fim, fiquei impressionada com a importância da igreja e dos espaços comunitários como espaços seguros das crianças. Foi um exercício muito simples, mas que me colocou em diálogo, ainda que breve, com criaturinhas feitas à imagem do Deus altíssimo e que demonstram em suas respostas estarem afinadíssimas com o que ele deseja para a sua criação.

Se você quiser fazer este mesmo exercício de escuta com um grupo de crianças, faça o download do recurso abaixo e use-o. Veja também os desenhos nos slides abaixo. 

 

 

 

Baixe a Serie Mãos na Massa – Fascículo I e realize a dinâmica com as crianças de seu projeto (clique aqui)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>