RENAS e LAM – Latin America Mission promoveram encontro em Curitiba para discussão sobre enfrentamento do abuso e exploração sexual de crianças.

No dia 21 a 23 de agosto de 2012, aconteceu no Residencial Laggus, em Curitiba um encontro inédito, liderado pela Renas- Rede Evangélica Nacional de Ação Social, com a campanha Bola na Rede. O evento juntou alguns líderes de organizações evangélicas, que trabalham com famílias e crianças em situações de abuso e exploração sexual. O objetivo desse encontro foi criar ações em conjunto. O desejo é que as organizações disponibilizem seus recursos e assumam alguns compromissos para assim poderem se complementarem, e assim melhorar a resposta contra o abuso e exploração sexual de crianças.

Esse encontro contou com a participação de organizações como CPPC – Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos, Eirene, Claves, Aliança Pro Família e Mãos Dadas, para um trabalho com o Dr. Steve Mounce, especialista americano no tratamento em situações de abuso sexual.

Vemos abaixo o que Débora Fahur, membro da coordenação nacional da RENAS, tem a nos contar sobre o evento:

“ Pudemos falar sobre nossos limites de atuação e buscar parcerias para enfrentar o tema do enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes, seja nos mega eventos esportivos – Copa do Mundo e Olimpíadas, ou nas ações propostas por igrejas evangélicas. Fomos ainda ministrados pela Palavra de Deus, que nos ensina sobre o perdão, e a necessidade de ver a igreja como espaço de cura e transformação para famílias envolvidas na questão do abuso sexual. O meu desejo é que no processo de resposta redentora, estejamos com nossos ouvidos atentos e sensíveis a ouvir e acolher vítimas de abuso e exploração sexual. Precisamos buscar um ambiente redentivo, cheio de amor, um ambiente envolto com o poder do sangue de Jesus. Como RENAS, tivemos a oportunidade de exercitar pela primeira vez, o aprendizado de encontrar com diferentes redes de atuação, neste caso, organizações e pessoas que trabalham com o fortalecimento da dinâmica familiar em ambientes terapêuticos, visando principalmente a cura emocional.”

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>