Por Maurício Avoletta Júnior Amar é sempre ser vulnerável. Ame qualquer coisa e certamente seu coração vai doer e talvez se partir. Se quiser ter a certeza de mantê-lo intacto, você não deve entregá-lo a ninguém, nem mesmo a um animal. Envolva-o cuidadosamente em seus hobbies e pequenos luxos, evite qualquer envolvimento, guarde-o na segurança […]

Continue lendo →

Por Maurício Avoletta Júnior “Ele foi maltratado, humilhado, torturado; contudo, não abriu a sua boca; agiu como um cordeiro levado ao matadouro; como uma ovelha que permanece muda na presença dos seus tosquiadores ele não expressou nenhuma palavra. Por intermédio de julgamento tirano ele foi preso. E quem pode falar dos seus descendentes? Pois ele […]

Continue lendo →

Por Maurício Avoletta Junior “Se você abandona uma cosia a própria sorte, você a deixa à mercê de uma torrente de mudanças. Se você abandona um poste branco à própria sorte, ele logo será um poste preto. Se você deseja particularmente que ele seja branco, precisa pintá-lo continuamente; isto é, você precisa estar sempre promovendo […]

Continue lendo →

Por Maurício Avoletta Junior “A igreja é uma sociedade, o corpo de Cristo e o templo do Espírito. É uma sociedade visível que existe em meio à outras sociedades”. – Peter Leithart   Não, Cristo não foi morto pelo Estado. Não, Cristo não lutou pelas liberdades individuais e nem pelas minorias. Não, Cristo não defendeu […]

Continue lendo →

Por Maurício Avoletta Júnior Um dos problemas mais antigos da filosofia e da teologia é conhecido como o problema do mal, ou como o problema do sofrimento. Sua proposta é questionar e, por ventura, encontrar uma resposta para aquela clássica dúvida: se Deus realmente existe e é tão bom quanto dizem, por que o mal […]

Continue lendo →