Por Daniel Theodoro Desde cedo alvo do adaptado trocadilho da piscicultura, “filho de crente, crentinho é”, a criança nascida em família evangélica tem forte tendência a se sentir um peixe fora d’água quando se descobre parte do errante mundo e nele se vê obrigada a nadar contra a corrente até quando Deus quiser. Um fator […]

Continue lendo →