Por Daniel Theodoro O recente cancelamento da mostra Queermuseu, em Porto Alegre, motivado por protestos nas redes sociais, revela como pode ser difícil pintar um quadro sobre a arte no Brasil em tempos atuais tão monocromáticos. Anda tudo tão preto no branco, tão branco no preto, que nem parece que, na realidade, vivemos diluídos em […]

Continue lendo →

Por Maurício Avoletta Júnior Um dos meus aurores preferidos, o antropólogo francês René Girard, disse em seu livro “Mentira Romântica e Verdade Romanesca” que uma literatura só se explica com a outra, ou seja, que um tema tratado em determinado autor só faz completo sentido quando colocado de frente com outro autor tratando do mesmo […]

Continue lendo →

Planeta Terra, vida sem vida. Temor, terror. Descaso. Religar, religião. Sensação, emoção. A vida, esfera, gira. Afetada pela intervenção, manipulação, exploração. Leva condenados à destruição de si. Em si mesmo o ser humano, desumano, buscando interesses próprios. Desmatando, devastando, sujando, minando sem pudor o clamor inocente da nascente que aborta a vida que brota. O […]

Continue lendo →