Por Karol Coelho O medo paralisa e há dias em que ele entra com tudo. Exaltando nossa fragilidade, nossa covardia, e até nossa finitude material, ele pode mudar não só uma segunda-feira, mas o que nos resta de uma vida. Ele derrama em nossa cabeça a ideia de que não dá mais para ficarmos em […]

Continue lendo →