Por Diego Stallone

Conheci o som da Deise Jacinto por acaso. Zapeando pela infinitude de canais na TV, parei na Rede Novo Tempo (não lembro o programa), em que uma moça com um violão no colo cantava.

O “abalo” foi profundo! Não apenas a música, que é maravilhosa, mas também a poesia, a letra, que é pensada, é profunda, é bíblica. É beleza que fala à mente e ao coração.

Aí fui procurá-la, primeiro no Youtube, depois no Spotify, e que alegria ver que estava lá, o álbum completo. Se fosse CD ou vinil, agora já estaria “furado” de tanto tocar.

Uma após a outra, as canções revelam alguém que entende de música e entende da Bíblia, conseguindo traduzir em verso, prosa e melodia verdades maravilhosas, como na música “Me Leva”, para mim, a melhor!

“Me leva onde o tempo não me encontre
Onde o aroma seja flores
Onde a história seja Tua
E eu conviva com os autores
Onde o som seja bonito
E do medo não me lembre
Onde o coração aumente
Pra caber o infinito
Onde a luz seja o tudo
Pra entender o que é pra sempre…”

Me faz pensar nas lutas e limitações do presente, mas também lembra que aqui e agora já podemos vislumbrar e desfrutar aquilo que Deus tem preparado para aqueles que o amam!

Que Deus abençoe a Deise e continue inspirando essa moça para louvar o Seu Nome, abençoando as nossas vidas!

Boto muita fé!

 

Diego Stallone, 33 anos. Filho de Deus pela Graça, é pai do Davi e esposo da Bianca. Apaixonado por filmes e séries. Serve como pastor auxiliar na Igreja Presbiteriana de Botafogo (RJ).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>