De modo geral, folhas em branco incomodam. Poucos têm desembaraço a ponto de rabiscar nelas sem antes tropeçar em milhões de ideias. Poucos – poucos mesmo! – sabem lidar facilmente com o milagre de colocar em palavras os pensamentos. Por outro lado, muitos travam. E eu sou desses. Quando se escreve em uma folha, a […]

Continue lendo →