Ult_Jovem_12_02_16_silencio

O silêncio é o início da sabedoria
[Schlomo Ibn Gewirol]

Gosto do silêncio, pois mata o poder da língua fofoqueira, que destrói, revela as palavras escondidas que habitam no interior das pessoas e ajuda a discernir os corações. Há pessoas que precisam das palavras incessantes para organizar tudo à sua volta, e ainda usam a língua como ferramenta para dominar, para se impor. Mas todo esforço humano sem quietude e contemplação, toda reunião de palavras sem as pausas, toda escrita que não reconhece a importância dos espaços, toda fala que não inspira e respira, toda alma que não descansa e se silencia, se torna fétida, chorona, vazia. Grita, sacode, faz impor seu querer, dando a aparência de força e vitória, mas de fato é alma pequena, domínio apenas dos cacos, é barulho, perturbação na alma e no mundo, é entulho.

 

O silêncio conduz a um novo saber: olho para dentro de mim, vejo a realidade como ela é, não a encubro mais com palavras. Quem silencia torna-se sábio. Essa pessoa sabe mais. Olha para o essencial
[Anselm Grun]

• Fábio Mendes é graduado em Teologia e em Ciências Sociais, mestre e doutorando em Letras/Teoria da Literatura. É professor e expositor bíblico, escritor e missionário colaborador do JV na Estrada.

Visite o blog dele! =>http://fabiomendes.tumblr.com/

Foto: Guido Rooks/FreeImages.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>