“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso” (Mt 11.28)

O primeiro passo para nos tornarmos um seguidor de Jesus Cristo é a admissão humilde de que precisamos dele. Nada nos distancia mais do reino de Deus do que o nosso orgulho e a nossa autossuficiência.

Tendo considerado a quem Jesus dirige o seu convite, podemos considerar aquilo que ele oferece. Ele promete aliviar o nosso jugo, erguer o nosso fardo, libertar-nos, dar-nos descanso, se formos a ele.

Há alguns anos visitei um grupo de estudantes em Cuba, que vivia uma desilusão generalizada em relação ao marxismo. Um jovem descreveu a sua experiência. Ele tornara-se cristão havia quatro meses. Antes, como a maioria das pessoas em Cuba, ele se sentia sobrecarregado por privações e pobreza, vazio existencial e alienação, até que pediu a Jesus Cristo que lhe desse paz e tranquilidade e o livrasse de seus fardos. Ele recebeu a libertação a partir da promessa de Mateus 11.28 e mal podia dormir. No dia seguinte, percebeu que estava diferente. Nenhum medicamento havia sido capaz de lhe dar tranquilidade. Ele não deixara de ser pobre, mas Jesus Cristo lhe dera descanso.

Mais >