No trecho do livro Os Cristãos e os Desafios Contemporâneos em que fala sobre a atuação dos cristãos num mundo complexo, John Stott lembra que é importante que eles estejam seguros dos fundamentos teológicos do envolvimento social. Como cristãos, é preciso que estejam certos de ter uma cosmovisão cristã, o que só acontece se tiverem um entendimento bíblico completo sobre as doutrinas básicas da sua fé. Segundo o autor, somente isso os preservará de simplificações ingênuas e do senso de desespero que pode acometer os cristãos.

Além de dar-se conta das doutrinas sobre Deus, sobre o ser humano, sobre Cristo, sobre a salvação e sobre a igreja, os cristãos podem lembrar-se, para o seu encorajamento, de dons dados por Deus:

A mente
O primeiro dom é a mente, com a qual pensamos. Deus nos fez criaturas racionais, inteligentes. Ele ainda nos proíbe de comportarmos como cavalos ou burros, que não têm entendimento, e nos diz para não sermos crianças quanto ao modo de pensar, mas adultos (Sl 32.9; 1Co 14.20).

A Bíblia
Em segundo lugar, ele nos deu a Bíblia e seu testemunho de Cristo, para direcionar e guiar nosso raciocínio. Ao absorver o ensino bíblico, nossos pensamentos se conformarão cada vez mais com os de Deus. Isso não acontece por memorizarmos vários textos-prova, os quais recitamos em momentos convenientes, cada um rotulado para responder a uma pergunta. Antes, isso acontece por termos compreendido os grandes temas e os princípios das Escrituras.

O Espírito Santo
O terceiro dom de Deus é o Espírito Santo, o Espírito da verdade, que nos abre as Escrituras e ilumina nossa mente de tal maneira que podemos entendê-las e aplicá-las.

A comunidade cristã
Em quarto lugar, Deus nos deu a comunidade cristã como o contexto dentro do qual raciocinamos. Sua heterogeneidade é a melhor defesa contra uma visão limitada. A Igreja tem membros de ambos os sexos, de todas as idades, temperamentos, experiências e culturas. Cada igreja local deve refletir essa diversidade multicor. Com compreensões tão valiosas contribuindo para a interpretação das Escrituras a partir de diferentes experiências, será difícil manter nossos preconceitos.

Ao usarmos esses quatro dons juntos – uma mente, um livro, um professor e uma escola –, deve ser possível desenvolvermos cada vez mais uma mente cristã e aprendermos a pensar corretamente. Independentemente de o assunto ser o processo político, ou temas ligados a sexualidade, guerra ou meio ambiente, a mente cristã é diferente na abordagem, humilde na atitude e piedosa no caráter”.

Trecho extraído do livro Os Cristãos e os Desafios Contemporâneos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>