A missão brota, portanto, da doutrina bíblica da igreja no mundo. Se não somos a igreja, o povo de Deus santo e distinto, nada temos a dizer porque estamos comprometidos. Se, por outro lado, não estamos no mundo, profundamente envolvidos em sua vida e sofrimento, não temos ninguém a quem servir porque estamos isolados. Nosso chamado é para sermos santos e mundanos ao mesmo tempo. Sem essa eclesiologia bíblica equilibrada nunca recuperaremos ou cumpriremos nossa missão.

John Stott
Trecho retirado de A Igreja Autêntica (p 52, capítulo 3)