Arquivo de janeiro 2006

duvidar

Sou uma pessoa de fé. Aprendi a amar o grão de semente de mostarda que move montanhas. Mas sei que a fé é tanto maior quanto maior for a sombra da dúvida.

Também sou apaixonado pelo sabor do conhecimento, mas sei que o conhecer só é possível pelo exercício saudável do duvidar, por isso “a dúvida me agrada não menos que o saber” (Dante Alighieri).

incompletude

“Nada do que é digno de ser feito pode ser realizado em nosso período de vida;
por isso somos salvos pela esperança. Nada do que é verdadeiro e belo ou bom faz sentido pleno em qualquer contexto imediato da história; por isso somos salvos pela fé. Nada do que fazemos, por mais virtuoso que seja, pode ser realizado sozinho; por isso somos salvos pelo amor” (Reinhold Niebuhr).


Sol mordendo a pele clara
Gota de suor
Mas é só segunda-feira!!