Uma jovem pobre de um lugarejo desimportante. Em suas mãos uma missão nunca antes realizada. Em seu ventre o Divino vira embrião e cresce. O transcendente se encontra com o singelo cotidiano (aconteceria novamente no encontro do exército de anjos com os pastores na noite campestre). Perguntas e respostas não estão em jogo, mas tão […]

Continue lendo →

Na sala empoeirada, euforia. Arrumando a bagagem, a mãe não sabia como fazê-la. Sua geração não estava acostumada com tal tarefa. O pai, apressado, preparava o fogareiro, juntando brasas e soprando o vento para o mesmo local. O menino brincava com o cordeirinho, lindo, em seus últimos momentos de vida. Já haviam se tornado amigos […]

Continue lendo →