castelo_cartas

Castelo de cartas

O castelo está fechado. Ouve-se sons de risos, mas também gritos. O deus-desejo toma forma. Amores roubados. Sem escrúpulos, sem caráter, sem inocência.

As palavras não são suficientes. São frágeis diante da podridão humana. Mas uma onda varre a areia e destrói o castelo de cartas. Tão imponente, tão fraco! Vira Mais >

4. Luz

Série #PequenosPoemasDeNatal

 

“Viu uma grande luz…”

Vaga-lumes como que anunciam Nos pingos luminosos, Que principia a aurora.

Serena, novo dia! Discerne a confusão, Ilumina a verdade.

Faces mil, cores mil. De pequenos e grandes, Brotam sentidos, gostos, alegria.

Não há mais esconderijos. A luz penetra recônditos.

E a salvação é um dia ensolarado Para os que Mais >

3. Conspiração

Série #PequenosPoemasDeNatal

Conspiram estrelas, anjos e lugares. Movem-se desejos, corações e certezas.

Na manjedoura tu estás. Mas a cruz ainda te espera.

Doce amarga vida! Quem espera poder verá humildade, Quem espera ufanismo verá dor. Quem espera derrota verá ressurreição.

A revolução está em pequenas mãos.